Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/7292
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorNASCIMENTO, Rodolfo Gomes do-
dc.creatorCARDOSO, Ronald de Oliveira-
dc.creatorSANTOS, Zeneide Nazaré Lima dos-
dc.creatorPINTO, Denise da Silva-
dc.creatorMAGALHÃES, Celina Maria Colino-
dc.date.accessioned2017-01-13T16:27:55Z-
dc.date.available2017-01-13T16:27:55Z-
dc.date.issued2016-06-
dc.identifier.citationNASCIMENTO, Rodolfo Gomes do et al. Percepção de idosos ribeirinhos amazônicos sobre o processo de envelhecimento: o saber empírico que vem dos rios. Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia, Rio de Janeiro, v. 19, n. 3, p. 429-440, mai./jun. 2016. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/rbgg/v19n3/pt_1809-9823-rbgg-19-03-00429.pdf>. Acesso em: 13 jan. 2017. <http://dx.doi.org/10.1590/1809-98232016019.150121>.pt_BR
dc.identifier.issn1981-2256pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/7292-
dc.description.abstractObjective: To study and identify the perception of elderly riverside people of the Amazon region regarding old age. Method: An exploratory, descriptive, qualitative study was performed. Data was collected through interviews with 14 elderly riverside residents of the city of Cametá, Pará, Brazil. A script consisting of characterization data and an interview with semi-structured questions was used, guided by the following questions: "What is aging for you?" and "Is aging good or bad?". The participant observation technique was also used, through a field diary. For data analysis, we opted for thematic-categorical content analysis. Results: Generally, the elderly had a heterogeneous perception of old age. However, all saw it as a process anchored to the naturalness of life, as well as death. Some of the elderly persons associated old age with a phase of life with negative repercussions due to the appearance of functional disorders and limitations and especially the reduction of availability for work. It can be conferred that the majority, even with while displaying some limitations in this stage of life, have clear and well defined coping strategies, such as the recognition of their limitations or family and religious support. Conclusion: The study found that aging is the shared result of the experiences and knowledge of the interaction of the elderly persons with the riverside environment around them, resulting in their cultural differentiation.-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Parápt_BR
dc.relation.ispartofRevista Brasileira de Geriatria e Gerontologiapt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectIdosospt_BR
dc.subjectEnvelhecimentopt_BR
dc.subjectPopulação ribeirinhapt_BR
dc.subjectCametá - PApt_BR
dc.titlePercepção de idosos ribeirinhos amazônicos sobre o processo de envelhecimento: o saber empírico que vem dos riospt_BR
dc.title.alternativeThe perception of elderly riverside residents of the Amazon region: the empirical knowledge that comes from riverspt_BR
dc.typeArtigo de Periódicopt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.initialsUFPApt_BR
dc.citation.volume19pt_BR
dc.citation.issue3pt_BR
dc.citation.spage429pt_BR
dc.citation.epage440pt_BR
dc.description.resumoObjetivo: Conhecer e analisar a percepção de idosos ribeirinhos amazônicos acerca do processo de envelhecimento. Método: Estudo exploratório-descritivo de abordagem qualitativa. Os dados foram coletados por meio de entrevistas realizadas com 14 idosos ribeirinhos, moradores de sete ilhas fluviais do município de Cametá, Pará, Brasil. Utilizou-se roteiro constituído de dados de caracterização do idoso e entrevista com perguntas semiestruturadas, orientadas pelas seguintes questões norteadoras: “O que é o envelhecimento para o(a) senhor(a)?” e “Envelhecer é bom ou ruim?”. Foi utilizada também a técnica observação-participante por meio de diário de campo. Para o exame dos dados, optou-se pela análise de conteúdo temático-categorial. Resultados: De modo geral, o grupo pesquisado destacou-se pela percepção heterogênea em relação à compreensão do envelhecimento. No entanto, todos referiram ser um processo ancorado à naturalidade da vida, assim como a morte. Parte desses idosos associou sua velhice a uma fase da vida com repercussões negativas, devido ao aparecimento das doenças e limitações funcionais e, principalmente, à redução da disponibilidade para o trabalho. Pôde-se constatar que a maioria, mesmo apresentando alguma limitação nessa fase, detém estratégias de enfrentamentos claras e bem definidas, como por exemplo: o reconhecimento das suas limitações, o suporte familiar e religioso. Conclusão: Com o estudo, constatou-se que envelhecer é o resultado compartilhado de experiências e saberes próprios da interação dos idosos com o ambiente ribeirinho que os rodeia, e tal circunstância os tornam culturalmente diferenciados.pt_BR
Appears in Collections:Artigos Científicos - NTPC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Artigo_PercepcaoIdososRibeirinhos.pdfPORTUGUÊS276,82 kBAdobe PDFView/Open
Artigo_PerceptionElderlyRiverside.pdfINGLÊS263,15 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons