Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/7909
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorSALES, Cintia Gama-
dc.date.accessioned2017-03-17T16:25:47Z-
dc.date.available2017-03-17T16:25:47Z-
dc.date.issued2015-11-03-
dc.identifier.citationSALES, Cintia Gama. Fibra de curauá como reforço em matriz cimentícia para fabricação de telhas e placas de fibrocimento. 2015. 87 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Tecnologia, Belém, 2015. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/7909-
dc.description.abstractNatural fibers such as reinforcing fragile matrices based on cementitious materials, have attracted great interest in developing countries, because of its low cost, availability, energy saving. The use of composites in plates, roof tiles and prefabricated components, can make a significant contribution to the rapid growth of infrastructure in developing countries. Among the natural fibers, curauá fiber, Ananas erectifolius, has gained prominence because of its high tensile strength. The main objective of this work is the use of curauá fiber as reinforcement matrix with Portland cement, for use in structural elements such as slabs and tiles. For this study, testing and compression modulus of elasticity in mixtures with a volume fraction of 1% and 2.5% and fiber length of 1 cm and 2 cm, and full mortar without fibers were performed. The mixture showed the best results in terms of workability, was the volumetric fraction of 1% and 1 cm fiber length, was chosen for the manufacture of cement tiles and plates. For the evaluation of composites was conducted tensile strength test in bending the plates and tiles with curauá fibers and no fibers, for comparison. The results confirmed the influence of the fibers on the composite deformation capacity increasing by 46% the tensile strength in plate bending with curauá fiber relative to the plate without fiber, and increased tile breaking load of 49% with respect to tile without fiber.pt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Parápt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectFibras naturaispt_BR
dc.subjectFibra de Curauapt_BR
dc.subjectTelhaspt_BR
dc.subjectCimento Portlandpt_BR
dc.titleFibra de curauá como reforço em matriz cimentícia para fabricação de telhas e placas de fibrocimentopt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentInstituto de Tecnologiapt_BR
dc.publisher.initialsUFPApt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA CIVIL::CONSTRUCAO CIVILpt_BR
dc.contributor.advisor1PICANÇO, Marcelo de Souza-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/4535052395600357pt_BR
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/0896822400874611pt_BR
dc.description.resumoAs fibras naturais, como reforço de matrizes frágeis à base de materiais cimentícios, têm despertado grande interesse nos países em desenvolvimento, por causa de seu baixo custo, disponibilidade, economia de energia. O emprego dos compósitos em placas, telhas de cobertura e componentes pré-fabricados, pode representar significativa contribuição para o rápido crescimento da infraestrutura de países em desenvolvimento. Dentre as fibras naturais, a fibra de curauá, Ananás erectifolius, vem ganhando destaque, devido a sua elevada resistência à tração. O principal objetivo deste trabalho é a utilização da fibra de curauá como reforço da matriz com cimento Portland, para o emprego em elementos estruturais como placas e telhas. Para este estudo, foram realizados ensaios de compressão e módulo de elasticidade em misturas com fração volumétrica de 1% e 2,5% e comprimento de fibra de 1 e 2 cm e na argamassa plena sem adição de fibras. A mistura que apresentou melhor resultado em termos de trabalhabilidade, foi a com fração volumétrica de 1% e comprimento de fibra de 1cm, sendo escolhida para a fabricação das telhas e placas de fibrocimento. Para a avaliação dos compósitos, foi realizado ensaio de resistência à tração na flexão nas placas e telhas com fibras de curauá e sem fibras, para comparação. Os resultados comprovaram a influência das fibras na capacidade de deformação dos compósitos, aumentando em 46% a resistência à tração na flexão da placa com fibra de curauá, em relação à placa sem fibra, e aumentou a carga de ruptura da telha em 49%, com relação a telha sem fibra.pt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Engenharia Civilpt_BR
Appears in Collections:Dissertações em Engenharia Civil (Mestrado) - PPGEC/ITEC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_FibraCurauaReforco.pdf2,62 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons