Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/8130
Tipo: Dissertação
Fecha de publicación : 30-sep-2015
Autor(es): PEREZ, Louise Neiva
Primer Orientador: SCHNEIDER, Patrícia Neiva Coelho
Título : Ontogenia do peixe de quatro olhos Anableps anableps: adaptações ósseas e oculares para a visão simultânea aérea e aquática
metadata.dc.description.sponsorship: CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Citación : PEREZ, Louise Neiva. Ontogenia do peixe de quatro olhos anableps anableps: adaptações ósseas e oculares para a visão simultânea aérea e aquática. 2015. 39 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Ciências Biológicas, Belém, 2015. Programa de Pós-Graduação em Neurociências e Biologia Celular.
Resumen: A evolução e desenvolvimento dos olhos tem intrigado cientistas por séculos. Além da perda parcial ou completa dos olhos, poucos vertebrados apresentam uma modificação substancial na morfologia do olho. Um exemplo é o peixe de quatro olhos (Anableps anableps). Esta espécie pode ser encontrada desde o Golfo de Paria na Venezuela até o Delta do Parnaíba no Brasil, apresenta fecundação interna e se reproduz continuamente ao longo do ano. O peixe de quatro olhos é um modelo interessante para o estudo de inovações morfológicas no contexto de evolução e desenvolvimento (Evo-Devo) por apresentar algumas estruturas oculares divididas, como córneas e pupilas. A retina é uma estrutura única dividida em duas regiões, dorsal (recebe informações luminosas aquáticas) e ventral (recebe informações luminosas aéreas). Estas características permitem que esses animais acomodem a visão aérea e aquática simultaneamente. O presente estudo teve como objetivo a descrição ontogenética dos estágios de desenvolvimento da espécie Anableps anableps, e a descrição morfológica e molecular da retina durante o processo de desenvolvimento ocular. Foram descritos seis estágios larvais. Os dois primeiros estágios, não apresentavam as córneas e pupilas divididas, e a partir do estágio 3, é possível observar o inicio da divisão. Também foi descrito o desenvolvimento e a expansão do osso frontal. O aparecimento do osso frontal também ocorre no estágio 3. Foi identificado o aparecimento de um septo inter-orbital cartilaginoso, a partir do estágio 4 de desenvolvimento ocular. Observou-se que no inicio do desenvolvimento da retina, as células ainda não estão organizadas, não sendo possível distinguir as camadas da retina. Durante o desenvolvimento é possível observar as camadas se organizando, foi possível identificar que a camada nuclear externa dorsal é menos densa que a camada nuclear interna ventral. O padrão de proliferação celular foi descrito em três estágio do desenvolvimento, antes e durante a divisão ocular, sendo observado na zona marginal ciliar. A proliferação celular é mais acentuada no inicio do desenvolvimento ocular e no estágio 5 de desenvolvimento, a quantidade de células em proliferação celular diminui. Os resultados deste trabalho irão elucidar a base genética das mudanças morfológicas presentes neste gênero.
Resumen : The evolution and development of the eye has intrigued developmental biologists for centuries. Aside from partial or complete loss, few vertebrates display substantial modifications to the eye morphology. One example is the Four-eyed fish (Anableps anableps). This species is commonly found from Gulf of Paria in Venezuela to Delta of Parnaíba and reproduces throughout the year. The four-eyed fish consists in a unique model system to study eye Evo-Devo due to its distinctive feature of having divided eye structures, such as pupils and cornea. The retina is a unique structure divided into two regions, dorsal (receives aquatic luminous information) and ventral (receives aerial luminous information). The aim of this study was to describe larval stages of this species, and morphological and molecular description of the retina during eye development. Six larval stages were described. The two earlier stages did not split the cornea and pupil, and from stage three, it is possible to observe this division. It was also described the development and expansion of the frontal bone. The appearance of the frontal bone begins at stage three of development. It has been identified the appearance of an inter-orbital septum cartilaginous, starting four stage of the ocular development. It was observed that the early development of the retinal cellular layers are disorganized and is not possible to distinguish between them, but later during development, these layers become organized, with ventral outer nuclear layer thicker than the dorsal one, and the dorsal inner nuclear layer is thinner than the ventral. The pattern of retinal cell proliferation has been described in three stages of development, before and during ocular division. It was observed that the proliferation is greater at the beginning of the larval development and decreases on later stages. The result of this study will shed light on the molecular basis of this innovative feature.
Palabras clave : Peixe
Visão
Olhos
Retina
Células
Anableps
Larvas
Proliferação celular
Divisão ocular
Peixe de quatro olhos
Tralhoto
Ontogenia
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::MORFOLOGIA
País: Brasil
Editorial : Universidade Federal do Pará
Sigla da Instituição: UFPA
Instituto: Instituto de Ciências Biológicas
Programa: Programa de Pós-Graduação em Neurociências e Biologia Celular
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Aparece en las colecciones: Dissertações em Neurociências e Biologia Celular (Mestrado) - PPGNBC/ICB

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción Tamaño Formato  
Dissertacao_OntogeniaPeixeQuatro.pdf2,25 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este ítem está sujeto a una licencia Creative Commons Licencia Creative Commons Creative Commons