Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/8150
metadata.dc.type: Artigo de Periódico
Issue Date: Apr-2015
metadata.dc.creator: MATOS, José Cristino Lima de
BRANCO, Vitor Hugo Lopes
MACÊDO, Alcebíades Negrão
OLIVEIRA, Dênio Ramam Carvalho de
Title: Structural assessment of a RC Bridge over Sororó river along the Carajás railway
Other Titles: Avaliação estrutural da ponte sobre o rio Sororó na ferrovia Carajás
Citation: MATOS, José Cristino Lima de et al. Structural assessment of a RC Bridge over Sororó river along the Carajás railway. Revista Ibracon de Estruturas e Materiais, São Paulo, v. 8, n. 2, p. 140-163, mar./abr. 2015. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1983-41952015000200140&lng=pt&nrm=iso> ; <http://www.scielo.br/pdf/riem/v8n2/pt_1983-4195-riem-08-02-00140.pdf>. Acesso em: 12 abr. 2017. <http://dx.doi.org/10.1590/S1983-41952015000200006>.
metadata.dc.description.resumo: A ferrovia Carajás é operada pela Vale SA e é utilizada para transportar a produção brasileira de minério de ferro da mina localizada no estado do Pará até o porto de Itaqui no estado do Maranhão. Com 892 km de comprimento, a ferrovia será duplicada devido à perspectiva de aumento da produção, o que requer a verificação das estruturas de suas pontes visando garantir a segurança sob carregamento até 23% maior que o atual. A ponte ferroviária em concreto armado apresenta cinco vãos hiperestáticos com 25 m de comprimento cada e foi construída sobre o rio Sororó, na região sudeste do Estado do Pará. Para melhor avaliar seu desempenho estrutural sob carregamentos atuais, diversos elementos estruturais foram monitorados com extensômetros elétricos de resistência e o concreto foi caracterizado através de ensaios não destrutivos e destrutivos na estrutura. Estas informações foram empregadas em um modelo computacional para auxiliar na estimativa do comportamento estrutural futuro. A metodologia mostrou-se satisfatória, assim como o desempenho estimado da estrutura para os futuros carregamentos, atendendo às recomendações das normas técnicas brasileiras.
Abstract: The Carajás railway is operated by Vale SA and is used to transport the Brazilian production of iron ore mine located in the state of Pará until Itaqui harbor in Maranhão state. With 892 km in length, the railway will be doubled due to the prospect of increased production, which requires verification of the structures of bridges to ensure safety under loading up to 23% larger. The railway bridge in reinforced concrete has five hyperstatic spans with 25 m long and was built over Sororó river in the southeast of Pará. To better evaluate its structural performance under current loadings, several structural elements were monitored with strain gages and the concrete was characterized by non-destructive and destructive testing on the structure. This information was used in a computer model to estimate the future structural behavior. The methodology was satisfactory as the estimated structural performance for future loadings, meeting the recommendations of the Brazilian technical standards.
Keywords: Estruturas de concreto
Ponte ferroviária
Estrada de Ferro Carajás
Estrutura de ponte
Series/Report no.: Revista IBRACON de Estruturas e Materiais
ISSN: 1983-4195
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Artigos Científicos - FEC/ITEC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Artigo_StructuralAssessmentBridge.pdfINGLÊS4,14 MBAdobe PDFView/Open
Artigo_AvaliacaoEstruturalPonte.pdfPORTUGUÊS4,27 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons