Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/8417
Compartilhar:
Type: Dissertação
Issue Date: 27-Aug-2014
Authors: OLIVEIRA, Cristiane do Socorro Barros de
First Advisor: FATURI, Cristian
First Co-Advisor: RÊGO, Aníbal Coutinho do
Title: Óleo de fritura residual na alimentação de ovinos: consumo e digestibilidade
Sponsor: CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Citation: OLIVEIRA, Cristiane do Socorro Barros de. Óleo de fritura residual na alimentação de ovinos: consumo e digestibilidade. 2014. 41 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Núcleo de Ciências Agrárias e Desenvolvimento Rural, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Universidade Federal Rural da Amazônia, Belém, 2014. Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal.
Resumo: Objetivou-se avaliar o efeito da inclusão de óleo de fritura residual no consumo e digestibilidade aparente da matéria seca e dos nutrientes das dietas e balanço de nitrogênio. No ensaio do consumo e digestibilidade aparente utilizou-se 20 cordeiros da raça Santa Inês, com idade média de 90 dias e peso corporal médio inicial de 19,29±3,17 kg, em delineamento inteiramente casualizado. O período experimental teve duração de 19 dias, 14 dias de adaptação e cinco de coleta total das dietas fornecidas, sobras, fezes e urina. A coleta total das fezes foi realizada em coletores de plástico e pesada diariamente. A urina foi coletada em baldes de plástico e adicionada diariamente nos coletores solução de ácido clorídrico a 10%. Os animais foram alojados em gaiolas metabólicas individuais e alimentados duas vezes ao dia, com dietas a base de volumoso e concentrado (50:50), enquanto o óleo residual foi incluído nas dieta nas concentrações 0; 2; 4; 6 e 8% da matéria seca do concentrado. A adição do óleo de fritura residual não apresentou efeito significativo (p>0,05) no consumo de matéria seca (MS), proteína bruta (PB), matéria orgânica (MO), fibra em detergente neutro (FDN), fibra em detergente acido (FDA), carboidrato total (CHOT), carboidrato não fibroso (CNF). No entanto, o consumo de extrato etéreo (CEE) aumentou linearmente com a inclusão de óleo no concentrado, Y= 0,0244+0,0051X (p<0,01). Também, não houve efeito na digestibilidade da MS, PB, MO, FDN, FDA, CHOT e CNF e balanço de nitrogênio. A digestibilidade do EE aumentou linearmente com a inclusão do óleo na dieta, Y= 83,68+1,66X (p<0,01). A inclusão do óleo de fritura residual, na dieta de ovinos, no nível de inclusão de até 8% na matéria seca no concentrado pode ser utilizada sem prejuízo ao consumo e digestibilidade dos nutrientes.
Abstract: This study aimed to evaluate the effect of inclusion of residual frying oil consumption and digestibility of dry matter and nutrients in the diet and nitrogen balance. In consumption test and the apparent digestibility was used 20 Santa Inês lambs, with an average age of 90 days and average body weight of 19.29±3.17 kg, in a completely randomized design. The experimental period lasted 19 days, 14 days of adaptation and five total collection of the diets fed, orts, feces and urine. The total collection of feces was performed on plastic collectors and weighed daily. Urine was collected in plastic buckets and added daily in collectors hydrochloric acid 10%. The animals were housed in individual metabolic cages and fed twice daily with diets based on roughage and concentrate (50:50), while residual oil was included in the diet at concentrations of 0; 2; 4; 6 to 8% of the dry matter of the concentrate. The addition of the residual frying oil had no significant effect (p>0.05) on dry matter (DM), crude protein (CP), organic matter (OM), neutral detergent fiber (NDF), detergent fiber acid (FDA), total carbohydrate (TC), non-fibrous carbohydrate (NFC). However, consumption of lipids (EEC) increased linearly with the inclusion of oil in the concentrate, Y=0.0244 + 0,0051X (p<0.01). Also, there was no effect on the digestibility of DM, CP, OM, NDF, ADF, CNF and TCHO and nitrogen balance. The digestibility of EE increased linearly with the addition of oil in the diet, Y = 83.68 + 1,66X (p<0.01). The inclusion of the residual frying oil in the diet of sheep, in the inclusion of up to 8% of dry matter in the concentrate can be used without damage to the intake and digestibility of nutrients.
Keywords: Nutrição animal
Ovino
Alimento do animal
Subproduto agroindustrial
Comportamento ingestivo animal
Digestibilidade
Alimentação e rações
Suplementação alimentar
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::ZOOTECNIA::NUTRICAO E ALIMENTACAO ANIMAL::AVALIACAO DE ALIMENTOS PARA ANIMAIS
CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::CIENCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS::TECNOLOGIA DE ALIMENTOS::APROVEITAMENTO DE SUBPRODUTOS
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária
Universidade Federal Rural da Amazônia
Institution Acronym: UFPA
EMBRAPA
UFRA
Department: Campus Universitário de Castanhal
Program: Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Ciência Animal (Mestrado) - PPGCAN/Castanhal

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_OleoFrituraResidual.pdf624,06 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons

Admin Tools