Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/8468
Tipo: masterThesis
Título: Composição e distribuição espaço-temporal das larvas de peixes do estuário do Rio Quatipuru - Nordeste Paraense
Autor(es): SILVA, Potira Fernandes e
Primeiro Orientador: QUEIROZ, Helder Lima de
Primeiro coorientador: MELO, Nuno Filipe Alves Correia de
Resumo: No Estuário Quatipuru, localizado no Nordeste do Estado do Pará foram realizadas duas campanhas, nos períodos seco (Novembro./2009) e chuvoso (Maio/2010), com coletas espacial e nictemeral. As larvas foram coletadas utilizando-se uma rede de plâncton, cônica, com 60 cm de abertura de boca, 1,80 m de comprimento e malha de 500 m de abertura. As amostras foram triadas e identificadas quanto ao seu estágio de desenvolvimento larval e ao nível de espécie, sendo algumas tipificadas. Nos arrastos espaço-temporais a principal família foi Clupeidae no período seco e a família Scianidae (Cynoscion acoupa) caracterizou o período chuvoso. Observa-se uma densidade muito baixa, com o maior valor de 8,50 ind./m³ no período seco (Clupeidae sp.3) e o menor valor de 0,06 ind./m³ também no período seco (Engraulididae sp.2). 65% das larvas no estágio de pré-flexão, 25% em flexão e 10% pós-flexão. No período chuvoso, 64% em pré-flexão, 14% em flexão e 22% em pós-flexão. Nas análises de Cluster (modo Q) distinguiram dois grupos principais de acordo com a sazonalidade local, o modo R não distinguiu grupos principais quanto à associação das espécies. A Análise de Componentes Principais (A.C.P.) os dois primeiros eixos explicaram 82% da variância dos dados, possível observar uma tendência de distribuição de acordo com a riqueza das espécies. Já nos arrastos nictemerais foi representado principalmente pela família Clupeidae no período seco (Clupeidae sp.1), e a família Scianidae caracterizou melhor o período chuvoso (Cynoscion acoupa). Densidade também muito baixa, maior valor de 2,96 ind./m³ no período chuvoso e o menor 0,01 ind./m³ no período seco. No período seco 57% estavam no estágio de pré-flexão, 26% em flexão e 17% em pós-flexão, já no período chuvoso 11% em pré-flexão, 38% em flexão e 51% em pós-flexão. A análise de cluster modo Q distingue também dois grupos de acordo com sazonalidade (seco/chuvoso), o modo R também não distinguiu grupos principais quanto à associação de suas espécies. Na A.C.P. o eixo 01 responsável por 70 % está diretamente relacionado com a riqueza e a densidade dos organismos, sendo possível observar uma tendência de distribuição de acordo com a ocorrência das espécies no sentido horizontal.
Abstract: In Quatipuru Estuary, located in Northeast Pará two campaigns were carried out in dry season (November/2009) and rainy season (May/2010) with spatial and nictemeral collections. Larvae were collected using a plankton net, conical, with 60 cm mouth opening, 1.80 m long and 500 m mesh opening. The samples were screened and identified as to their stage of larval development and species level, some typed. The family Clupeidae was the most abundant in drags spatial-temporal in dry season and Scianidae (Cynoscion acoupa) characterized the rainy season. In dry season, were observed low density, highest value 8.50 ind./m³ (Clupeidae sp.3) and the lowest value 0.06 ind./m³ (Engraulididae sp.2). In the Quatipuru Estuary 65% of the larvae at the stage of pre-flexion, flexion 25% and 10% post-flexion. In rainy season were observed 64% in pre-flexion, flexion 14% and 22% in post-flexion. In cluster analysis (mode Q) distinguished two main groups according to the seasonal site, so R did not distinguish between major groups and the association of species. According Principal Component Analysis (PCA) the first two axes explained 82% of data variance, a trend can be observed according to the distribution of species richness. In nictemeral drag, the Clupeidae family was mean larval density in dry season (Clupeidae sp.1), and Scianidae family best characterized in rainy season (Cynoscion acoupa). Also very low density, the higher value of 2.96 ind./m³ during the rainy season and the lowest 0.01 ind./m³ in the dry season. During the dry season were 57% in the stage of preflexion, 26% flexion and 17% in post-flexion, since the rainy season 11% in pre-flexion, 38% flexion and 51% in post-flexion. The Q mode cluster analysis also distinguishes two groups according to seasonality (dry/rainy), the R mode also did not distinguish between major groups regarding the association of its kind. In PCA. the shaft 01 is responsible for 70% directly related to the richness and density of organisms, a tendency was observed of distribution according to species occurrence in the horizontal direction.
Agência de fomento: FAPESPA - Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas
Palavras-chave: Peixe
Ecologia
Larvas de peixe
Estuário
Análise de componentes principais
Rio Quatipurú - PA
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::RECURSOS PESQUEIROS E ENGENHARIA DE PESCA::AQUICULTURA::PISCICULTURA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Pará
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária
Universidade Federal Rural da Amazônia
Sigla da Instituição: UFPA
EMBRAPA
UFRA
Instituto: Núcleo de Ciências Agrárias e Desenvolvimento Rural
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal
Citação: SILVA, Potira Fernandes e. Composição e distribuição espaço-temporal das larvas de peixes do estuário do Rio Quatipuru - Nordeste Paraense. 2011. 100 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Núcleo de Ciências Agrárias e Desenvolvimento Rural, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Universidade Federal Rural da Amazônia, Belém, 2011. Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/8468
Data do documento: 25-Out-2011
Aparece nas coleções:Dissertações em Ciência Animal (Mestrado) - PPGCAN/NCADR

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao_ComposicaoDistribuicaoEspaco.PDF1,58 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons

Ferramentas do administrador