Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/8584
Tipo: Dissertação
Fecha de publicación : 26-jun-2015
Autor(es): RAIOL, Alessandra Nepomuceno
Primer Orientador: PAIXÃO, Carlos Jorge
Título : Concepções de ciência dos professores da área da saúde e as dinâmicas curriculares de formação profissional da Universidade do Estado do Pará
metadata.dc.description.sponsorship: UEPA - Universidade do Estado do Pará
Citación : RAIOL, Alessandra Nepomuceno. Concepções de ciência dos professores da área da saúde e as dinâmicas curriculares de formação profissional da Universidade do Estado do Pará. 2015. 123 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Ciências da Educação, Belém, 2015. Programa de Pós-Graduação em Educação.
Resumen: Este trabalho investiga as concepções de Ciência dos professores e as dinâmicas curriculares de formação profissional em saúde da Universidade do Estado do Pará. É um estudo epistemológico, ou seja, propõem um estudo crítico da ciência considerando-a como produto e processo, no sentido de se analisar as injunções do conhecimento cientifico para a sociedade. O problema sintetiza-se na questão: De que forma as concepções de ciência dos professores interferem nas novas dinâmicas dos currículos de formação profissional em saúde. É uma pesquisa de caráter descritivo qualitativo, apoia-se no Paradigma Gamboa, modelo de construção do conhecimento para pesquisa em educação e que tem como fundamento a dialética materialista que baliza suas sínteses no movimento da luta de contrários no contexto da sociedade. Os procedimentos metodológicos utilizados foram: a pesquisa bibliográfica, documental. Para tanto, ancoramos nossos estudos sobre Ciência em teóricos como: Bachelard (1996), Thomas Kuhn (1998), Japiassú (2006), Boaventura de Souza Santos (1998), Edgar Morin (2002, 2010). Em relação aos estudos sobre currículo, contamos com as contribuições de Thomas Tadeu (2005) e Goodson (2012) os quais apontam novas saídas, avanços e possibilidades para a escola e para o currículo, já que esses campos de conhecimentos estão entrelaçados com a epistemologia e com o contexto sócio histórico, além de Moreira; Silva (2006) e Sancristán (2000) estudiosos das teorias curriculares e sua relação com a cultura, a política e a ideologia. E ainda utilizamos autores que discutem a questão curricular na área da saúde tais como Maia (2014), Matos (2004, 2011), entre outros. Também realizamos entrevistas com 6 (seis) professores, analisadas com base nas contribuições de Bardin (2011). Como resultados, identificamos que o paradigma cartesiano permeia a concepção de Ciência dos professores, todavia os mesmos percebem a existência do novo paradigma da complexidade e da integralidade, tanto no contexto da ciência como no contexto da formação em saúde. Essa coexistência de paradigmas dificulta a forma como os professores compreendem os conceitos relacionados a reestruturação da profissão, e ao mesmo tempo proporciona reconhecer as novas dinâmicas curriculares como possiblidade de contribuir para uma formação mais em consonância com as necessidades da sociedade, logo de um profissional mais crítico quanto a sua atuação e ao seu contexto. Uma formação que integre ao mesmo ciência, cultura e tecnologia. Por fim, como fatores que podem contribuir tanto para o entendimento, quanto para o envolvimento docente nessas dinâmicas, evidenciamos a avaliação contínua, a formação continuada pautada em discussões sobre a epistemologia e nos novos paradigmas de Ciência como elementos essenciais para a atuação docente, a construção coletiva do Projeto Pedagógico, o apoio institucional, a superação de visões simplistas e do individualismo docente.
Resumen : This paper investigates the concepts of science of the teachers and the curriculum dynamics of professional training in health of the University of Pará State. It is an epistemological study, i.e., it performs a critical study of science regarding it as product and process, in order to analyze critically the injunctions of scientific knowledge to society. The problem is summarized in the question: How do the professors' conceptions of science interfere with the new dynamics of vocational training curricula in health? It is a qualitative descriptive research, relies on Gamboa Paradigm, construction template of knowledge for educational research and is based on the materialist dialectic that guides their synthesis in the movement of the struggle of opposites in the context of society. The methodological procedures used were bibliographical and documentary research. To this end, we anchor our studies of science in theoretical as Bachelard (1996), Thomas Kuhn (1998), Japiassú (2006), Boaventura de Souza Santos (1998) and Edgar Morin (2002, 2010). Regarding the curriculum studies, we rely on the contributions of Thomas Tadeu (2005) and Goodson (2012), which point new outlets, advances and possibilities for the school and the curriculum, as these fields of knowledge are interwoven with epistemology and the historical-social context, besides Moreira; Silva (2006) and Sancristán (2000) students of curriculum theory and its relation to culture, politics and ideology. And we still use curricular authors who discuss the issue in health such as Maia (2014), Mattos (2004, 2011), among others. As a result, we identified that the Cartesian paradigm permeates the concept of science of the teachers. However they realize the existence of the new paradigm of complexity and completeness, both in the context of science as in the context of health education. This coexistence of paradigms hinders how teachers understand the concepts related to the profession restructuring, while providing recognize the new curriculum dynamics as possibility to contribute to training more in line with the needs of society, then a professional more critical of its performance and its context. An education that integrates science, culture and technology. Finally, as factors that may contribute to the understanding, and for the teachers involvement in these dynamics, we noted the continuous assessment, the continuing education guided by discussions of epistemology and the new science paradigms as essential elements to the teaching practice, the collective construction of Pedagogical Project, the institutional support, the overcoming of simplistic visions and the teaching individualism.
Palabras clave : Educação superior e Estado
Saúde - Estudo e ensino
Epistemologia
Ciência e saúde
Formação profissional - Saúde
Avaliação curricular - Saúde
Universidade do Estado do Pará
Pará - Estado
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::ENSINO-APRENDIZAGEM::AVALIACAO DA APRENDIZAGEM
CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::TOPICOS ESPECIFICOS DE EDUCACAO::EDUCACAO SUPERIOR
CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::FUNDAMENTOS DA EDUCACAO
País: Brasil
Editorial : Universidade Federal do Pará
Sigla da Instituição: UFPA
Instituto: Instituto de Ciências da Educação
Programa: Programa de Pós-Graduação em Educação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Aparece en las colecciones: Dissertações em Educação (Mestrado) - PPGED/ICED

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción Tamaño Formato  
Dissertacao_ConcepcoesCienciaProfessores.pdf1,13 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este ítem está sujeto a una licencia Creative Commons Licencia Creative Commons Creative Commons