Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/8675
Tipo: Dissertação
Data do documento: 24-Nov-2016
Autor(es): SANTOS, Flávia Marques
Primeiro(a) Orientador(a): FELÍCIO, João Soares
Primeiro(a) coorientador(a): YAMADA, Elizabeth Sumi
Título: Injeção percutânea de etanol no tratamento de nódulos tireoidianos sólidos e mistos: um protocolo baseado em novas metas
Citar como: SANTOS, Flávia Marques. Injeção percutânea de etanol no tratamento de nódulos tireoidianos sólidos e mistos: um protocolo baseado em novas metas. 2016. 61 f. Dissertação (Mestrado) -  Universidade Federal do Pará, Núcleo de Pesquisas em Oncologia, Belém, 2016. Programa de Pós-Graduação em Oncologia e Ciências Médicas.
Resumo: Injeção percutânea de etanol (IPE) guiada por ultrassom (US) tem sido sugerida para o tratamento dos nódulos tireoidianos (NT) benignos. Porém, não há um consenso quanto a quantidade padrão de injeção de etanol, número de aplicações e o tempo de reavaliação, de modo a alcançar a redução de volume máximo, com menores efeitos colaterais possíveis. O objetivo do presente estudo foi avaliar a eficácia de um protocolo IPE para tratar NT sólidos e mistos baseado em uma nova meta. Foi realizado um estudo prospectivo para avaliar os resultados do IPE em 52 pacientes com NT benignos sólidos e mistos. Em cada sessão, a dose de etanol foi fixada em 30% do volume nodular. Os pacientes retornavam um mês depois de cada sessão para reavaliação do NT pelo US. O sucesso terapêutico foi estabelecido como a redução ≥ 30% do volume associado ao desaparecimento de sintomas clínicos e uma completa satisfação estética relatada pelo sujeito. Foi realizada uma média de 2,8 ± 1,9 sessões IPE, com um volume médio total de etanol injetado de 9,1 ± 10,3 mL e um tempo de seguimento de 10,0 ± 8,7 meses. Houve redução de pelo menos 50% do volume inicial nodular em 33 pacientes (63,5%). Em 11 pacientes (21,2%) a redução não atingiu 50% (redução média de 31 ± 11%), mas desses, seis relataram resultados clinicos e estéticos satisfatórios e o tratamento foi interrompido. Portanto, nossa taxa de sucesso terapêutico, considerando os pacientes com resolução clinica e estética foi de 75%, não ocorrendo complicações graves. Nosso estudo sugere que o protocolo é eficaz e seguro para o tratamento de NT benignos sólidos e mistos com base nos resultados alcançados.
Abstract: Percutaneous ethanol injection (PEI) guided by ultrasound (US) has been suggested for thyroid nodules (NT) benign treatment. However, there is no consensus on the standard amount of ethanol injection, number of applications and the re-evaluation time, in order to reach the maximum volume reduction with lower potential side effects. The aim of this study was to evaluate the effectiveness of an IPE protocol to treat solid and mixed NT based on a new goal. A prospective study was conducted to evaluate the results of the IPE in 52 patients with solid and mixed benign NT. In each session the ethanol dose was fixed at 30% of nodular volume. The patients returned a month after each session for NT reassessment by the US. Therapeutic success was established as a reduction ≥ 30% of the volume associated with the disappearance of clinical symptoms and a complete aesthetic satisfaction reported by the subject. It performed an average of 2.8 ± 1.9 PEI sessions with a total average volume of ethanol injected by 9.1 ± 10.3 mL and follow-up of 10.0 ± 8.7 months. A reduction of at least 50% of nodular initial volume in 33 patients (63.5%). In 11 patients (21.2%) reduction did not reach 50% (mean reduction of 31 ± 11%), but these, six individuals reported satisfactory clinical and cosmetic results and treatment was stopped. So, our therapeutic success rate, whereas patients with clinical and aesthetic resolution was 75%. There were no severe complications. Our study suggests that the protocol is effective and safe for the treatment of solid and mixed benign NT based on our established outcome.
Palavras-chave: Glândula tireóide
Nódulo da glândula tireóide
Neoplasias da glândula tireóide
Doenças da glândula tireóide
Injeção percutânea de etanol (IPE)
Alcoolização
Redução de volume de nódulo tireoidiano
Protocolo de nódulo tireoidiano
Nódulos tireoidianos
Tratamento dos nódulos tireoidianos
Doença tiroidiana
Doenças metabólicas
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA::CLINICA MEDICA::ENDOCRINOLOGIA
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Pará
Sigla da Instituição: UFPA
Instituto: Núcleo de Pesquisas em Oncologia
Programa: Programa de Pós-Graduação em Oncologia e Ciências Médicas
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Aparece nas coleções:Dissertações em Oncologia e Ciências Médicas (Mestrado) - PPGOCM/NPO

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao_InjecaoPercutaneaEtanol.pdf2,23 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons