Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/8692
Tipo: Dissertação
Data do documento: 31-Mar-2016
Autor(es): SILVA, Marcelo Ricardo dos Santos
Primeiro(a) Orientador(a): NASCIMENTO, Ivany Pinto
Primeiro(a) coorientador(a): ANJOS, Francisco Valdinei dos Santos
Título: Pedagogia do movimento estudantil: representações sociais de jovens de centros acadêmicos de enfermagem sobre a formação política e as implicações na sua formação acadêmica
Agência de fomento: CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Citar como: SILVA, Marcelo Ricardo dos Santos. Pedagogia do movimento estudantil: representações sociais de jovens de centros acadêmicos de enfermagem sobre a formação política e as implicações na sua formação acadêmica. 2016. 242 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Ciências da Educação, Belém, 2016. Programa de Pós-Graduação em Educação.
Resumo: Este estudo é resultado da construção da dissertação de mestrado do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Pará que tem como objeto de investigação ―As representações sociais de jovens de movimentos estudantis de enfermagem sobre a formação política e as implicações na sua formação acadêmica‖. O objetivo desse trabalho é apreender como se constituem as representações sociais de jovens de movimentos estudantis de enfermagem sobre a formação política e as implicações na sua formação acadêmica. A esfera política costuma ser pensada como um espaço público dissociado da vida cotidiana, como se esses dois lugares estivessem totalmente desconectados em duas esferas separadas. Este estudo nos convoca a refletir e apreender as imagens e sentidos de jovens de movimentos estudantis de enfermagem sobre a sua formação política que nos remete também a pensar as implicações para a formação acadêmica desses sujeitos. A construção do referencial teórico sobre a juventude e a política se baseou em Abramo (2007), Abramovay (2015), Mendes Jr (1981), Poerner (2004), Mayorga, Castro e Padro (2012), Mattos (2013), Bourdieu (1983), Rocha e Everaldo (2009), Gohn (2012), Maricato (2013) dentro outros. O segundo campo teórico, que abrange autores que discutem a teoria das representações sociais, foi sustentado por Moscovici (2015), Jodelet (2009), Markova (2006), Jovchelovitch (2000), Arruda (2009), Alves-Mazzotti (2008), Gilly, Ranzi e Silva (2002). Trata-se de um estudo com abordagem qualitativa na perspectiva de Chizzotti (2003) e Bogdan e Biklen (1994), do tipo descritivo, analítico e interpretativo com base em Triviños (2009). Foi utilizada enquanto técnica de coleta de dados a entrevista aberta individual em profundida com um roteiro de entrevista semi-estruturado com base em Alves-Mazzotti e Gewandsznajder (2002), e Duarte (2002). A análise dos dados será baseada na técnica de análise de conteúdo na perspectiva de Maria Laura Franco (2008). A caracterização dos sujeitos desse estudo indica um perfil de jovens de centros acadêmicos de enfermagem, cuja orientação política está no campo da esquerda, e a atuação militante não se restringe apenas dentro do movimento estudantil, mas em outros movimentos sociais, como movimento feminista, negro e popular, nos quais esses sujeitos constroem sua identidade política. Os resultados estão divididos em três temáticas de análise que emergiram a partir da fala dos sujeitos no processo de análise de conteúdo, quais sejam: Movimento estudantil: uma pedagogia em movimento; Formação política, currículo crítico-reflexivo e as implicações para a formação do enfermeiro; Formação política para representatividade e o controle social em saúde: O aprender fazendo nas relações de poder presentes nos processos de disputa institucional. Essas temáticas serviram como base para construir as objetivações e ancoragens dos jovens sobre a formação política. Constatamos a existência de três dimensões das representações sociais desses sujeitos: A dimensão da organização política, a dimensão das implicações na formação do enfermeiro e a da participação política. Inferimos que a dinâmica simbólica da partilha desses saberes ocorre de forma contínua e que está em constante processo de transformação, cuja formação política ocorre nos espaços em que esses jovens se sociabilizam onde as representações sociais tomam lugar nesse processo de interação simbólica entre os jovens que constroem o movimento estudantil.
Abstract: This study is the result of the construction of the dissertation of the Graduate Program in Education of the Federal University of Pará whose research object "Social representations of young student movements nursing on policy formation and the implications for their training academic ". The aim of this work is to understand how to constitute the social representations of young student nurse moves on the political formation and the implications for their education. The political sphere is often thought of as a decoupled public space of everyday life, as if these two places were totally disconnected into two separate spheres. This study calls us to reflect and grasp the images and meanings of student movements of young nurses about their political formation that leads us also to think the implications for the academic training of these individuals. The construction of the theoretical framework on youth and politics was based on Abramo (2007), Abramovay (2015), Mendes Jr (1981), Poerner (2004), Mayorga, Castro and Padro (2012), Mattos (2013), Bourdieu (1983), Rocha and Everaldo (2009), Gohn (2012), Maricato (2013) within the other. The second theoretical field, which includes authors who discuss the theory of social representations, was supported by Moscovici (2015), Jodelet (2009), Markova (2006), Jovchelovitch (2000), Alvarez (2009), Alves-Mazzotti (2008) Gilly, Ranzi and Silva (2002). This is a study with qualitative approach towards Chizzotti (2003) and Bogdan and Biklen (1994), descriptive, analytical and interpretative based on Triviños (2009). Was used as data collection technique the individual open interviews in profundida with a semi-structured interview based on Alves-Mazzotti and Gewandsznajder (2002) and Duarte (2002). Data analysis will be based on content analysis technology in the perspective of Maria Laura Franco (2008). The characterization of the subjects of this study indicates an academic nursing centers young profile, whose political orientation is in left field, and militant action is not restricted within the student movement, but in other social movements such as the feminist movement, black and popular, in which these individuals build their political identity. The results are divided into three thematic analysis that emerged from the speech of the subjects in the content analysis process, namely: Student movement: a pedagogy in motion; political education, critical and reflective curriculum and the implications for nursing education; political education for representation and social control in health: The learning by doing in the power relations in the institutional dispute processes. These themes were the basis to build objectivations and anchorages of young people on training policy. We note the existence of three dimensions of social representations of these subjects: The size of the political organization, the size of the implications in nursing education and political participation. We infer that the symbolic dynamics of the sharing of knowledge is continuous and is in constant transformation process, whose political formation occurs in the spaces in which these young people socialize where social representations take place in this symbolic interaction process among young people who build the student movement.
Palavras-chave: Educação superior
Estudantes universitários - Atividades políticas
Representações sociais
Movimentos estudantis
Formação política
Formação acadêmica
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::TOPICOS ESPECIFICOS DE EDUCACAO::EDUCACAO SUPERIOR
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Pará
Sigla da Instituição: UFPA
Instituto: Instituto de Ciências da Educação
Programa: Programa de Pós-Graduação em Educação
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Aparece nas coleções:Dissertações em Educação (Mestrado) - PPGED/ICED

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao_PedagogiaMovimentoEstudantil.pdf1,88 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons