Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/9280
Tipo: Dissertação
Data do documento: 29-Abr-2011
Autor(es): ROSA, Celina Coelho da
Primeiro(a) Orientador(a): NAGAMACHI, Cleusa Yoshiko
Título: Estudos citogenéticos em roedores do gênero oecomys (rodentia: cricetidae)
Agência de fomento: FAPESPA - Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas
Citar como: ROSA, Celina Coelho da. Estudos Citogenéticos em Roedores do Gênero Oecomys (Rodentia: Cricetidae). 2011. 44 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Ciências Biológicas, Belém, 2011. Programa de Pós-Graduação em Neurociências e Biologia Celular.
Resumo: Os roedores representam o grupo de mamíferos viventes mais diversificados e com ampla diversidade de adaptações ecológicas. Os roedores, devido às características populacionais que apresentam, desenvolveram-se como o grupo mais especioso de mamíferos em florestas neotropicais e um dos mais interessantes para estudos da variabilidade genética e de evolução entre os vertebrados. Os roedores do gênero Oecomys compreendem aproximadamente 16 espécies que habitam floresta tropical e subtropical do Centro e do Sul da América. Destas, apenas seis têm ocorrência esperada para a Amazônia Oriental Brasileira. De acordo com a literatura, o gênero Oecomys apresenta uma grande diversidade cariotípica, com o número diplóide variando entre 58 e 86. Neste estudo, espécimes de Oecomys paricola Thomas, 1904 de Belém e da Ilha do Marajó foram estudadas usando analises citogenética, molecular e morfológica. Três cariótipos foram encontrados, dois de Belém (2n=68, NF=72 e 2n=70, NF=76) e um da Ilha do Marajó (2n=70, NF=74). Não foi encontrada diferença molecular e morfológica entre indivíduos dos diferentes citótipos de Belém e da Ilha do Marajó. Espécies da cidade de Belém representam duas espécies crípticas, pois dois cariótipos diferentes estão presentes na ausência de diferenças significativas nas características morfológicas e moleculares. Populações da Ilha do Marajó e Belém representam espécies distintas que foram separadas há algum tempo, e estão em processo de diferenciação morfológica e molecular, como consequência do isolamento reprodutivo a nível geográfico e cromossômico.
Abstract: The rodents are one of the most diversified groups of living mammals and also have a large range of ecological adaptations. The rodents, because of yours population characteristics, developed as the most specious group of mammals in Neotropical forests and one of the most interesting for studies of genetic variation and evolution among vertebrates. The genus Oecomys (Sigmodontinae) comprises approximately 16 species that inhabit tropical and subtropical forests in Central and South America. Six of these species are expected to occur in eastern Brasilian Amazon. In literature, the genus Oecomys has a large karyotypic variation, where the diploid number ranges from 58 to 86. In this study specimens of Oecomys paricola Thomas, 1904 from Belém and Marajó Island, northern Brazil, were investigated using cytogenetic, molecular and morphological analyses. Three karyotypes were found, two from Belém (2n=68, FN=72 and 2n=70, FN=76) and a third from Marajó Island (2n=70, FN=72). No molecular or morphological differences were found between the individuals with differing cytotypes from Belém and Marajó Island. Specimens from the Belém City region may represent two cryptic species because two different karyotypes are present in the absence of significant differences in morphology and molecular characteristics. The Marajó Island and Belém populations represent distinct species that have been separated for some time, and are in the process of morphological and molecular differentiation as a consequence of reproductive isolation at the geographic and chromosomal levels.
Palavras-chave: Roedor
Rodentia
Cricetidae
Oecomys paricola
Estudos citogenéticos
Amazônia oriental
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Pará
Sigla da Instituição: UFPA
Instituto: Instituto de Ciências Biológicas
Programa: Programa de Pós-Graduação em Neurociências e Biologia Celular
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Aparece nas coleções:Dissertações em Neurociências e Biologia Celular (Mestrado) - PPGNBC/ICB

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao_EstudosCitogeneticosRoedores.pdf1,27 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons