Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/11637
Tipo: Dissertação
Data do documento: 6-Jun-1990
Autor(es): ROSSETTI, Dilce de Fátima
Primeiro(a) Orientador(a): TRUCKENBRODT, Werner Hermann Walter
Título: Caracterização faciológica e diagenética da Formação Barro Duro-Bacia de Barreirinhas
Agência de fomento: CNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
Citar como: ROSSETTI, Dilce de Fátima. Caracterização faciológica e diagenética da Formação Barro Duro-Bacia de Barreirinhas. Orientador: Werner Truckenbrodt. 1990. 191 f. Dissertação (Mestrado em Geologia e Geoquímica) – Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Belém, 1990. Disponível em: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/11637 . Acesso em: .
Resumo: A Formação Barro Duro pertence à Bacia do Barreirinhas e localiza-se na região norte do Brasil. Faz parte de uma espessa sequência siliciclástica denominada Grupo Canárias, cuja sedimentação se processou, principalmente, durante o período Albiano. Constitui-se, basicamente, de arenitos feldspáticos, de granulometria variando desde muito fina a grossa, siltitos, folhelhos e, subordinadamente, conglomerados e brechas de natureza intra-formacional, os quais conjuntamente integram um sistema deposicional caracterizado como deltaico, com progradação se processando em bacia marinha. A partir da análise de testemunhos, efetuados em seis poços situados na porção leste da bacia, foi possível e individualização de seis associações faciológicas, que correspondem aos seguintes sub-ambientes: 1) baía interdistributária/prodelta; 2) barra distal; 3) barra de desembocadura; 4) canal distributário; 5) depósito de crevasse; 6) planície de maré, shoreface/ foreshore. A presença de fácies geradas por processos marinhos, bem como a ocorrência de espessos intervalos onde os sedimentos apresentam-se extremamente bioturbados, são sugestivos de possíveis períodos de abandono do sistema deltaico, o que pode ter ocorrido em função da diminuição do aporte sedimentar e/ou elevação do nível do mar. Este fenômeno poderia ter favorecido a instalação de efeitos destrutivos, produzidos por ação de ondas e correntes de maré.
Palavras-chave: Rochas sedimentares
Fácies (Geologia)
Barreirinhas (MA)
Área de Concentração: GEOLOGIA
CNPq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Pará
Sigla da Instituição: UFPA
Instituto: Instituto de Geociências
Programa: Programa de Pós-Graduação em Geologia e Geoquímica
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Fonte: 1 CD-ROM
Aparece nas coleções:Dissertações em Geologia e Geoquímica (Mestrado) - PPGG/IG

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao_CaracterizacaoFaciologicaDiagenetica.pdf429,42 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons