Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/11775
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorGOMES, Heyde Gonçalves-
dc.date.accessioned2019-09-12T14:12:45Z-
dc.date.available2019-09-12T14:12:45Z-
dc.date.issued2012-06-13-
dc.identifier.citationGOMES, Heyde Gonçalves. Esteróides como biomarcadores de contaminação orgânica em sedimentos superficiais e testemunhos do Estuário Guajará-PA. Orientadora: Silvia Keiko Kawakami. Coorientador: Pedro Walfir Martins e Souza Filho. 2012. 53 f. Dissertação (Mestrado em Geologia e Geoquímica) – Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Belém, 2012. Disponível em: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/11775. Acesso em:.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/11775-
dc.description.abstractThe city of Belém of Pará, its surroundings and body waters are subject to environmental impacts due to the increase of local population and poor sanitation conditions. The Guajará bay receives untreated sewage effluents from Belem’s catchment area, which is of concern to public health and environmental quality. This study aimed to identify organic contamination in surface sediments and sediment cores of the Guajará estuary using steroids as biomarkers. Steroids have been used since 1960 as tracers of natural and anthropogenic organics in the aquatic environment, however, studies using such compounds in the northern region of Brazil is new. Therefore data from other regions were important for comparison and to improve our knowledge about the composition of organic matter in the Guajará Bay. Samples of surface sediments and sediments cores (~50 cm) were collected in January 2011. The sediments cores were taken from Tucunduba, Icoaraci. Surface sediments were collected in Tamandaré, Porto da Palha, Ver-o-Peso, and Miramar. Steroid analyses were performed using gas chromatography with flame ionization detection. Sediments were subsampled for analysis of chlorophyll, total organic carbon and grain size. Several steroids were identified (coprostanol, cholesterol, epicoprostanol, colestanol, colestanona, coprostanona, estigmasterol, brassicasterol, β-sitosterol, β-sitostanol), from both natural and anthropogenic sources. Concentrations of coprostanol, an sterol of fecal origin, in surface samples ranged from 0.06 to 5.61μg g-1 and in the sediments cores of Tucunduba, 0.02 to 11.23 μg g-1 and Icoaraci 0.03 of 0.31 μg g-1. For the surface sediment samples, highest coprostanol concentrations were observed at Ver-o-Peso, in contrast to the high sand content of the sediments. For the sediment cores, two different profiles were observed: for Tucunduba the steroids that predominated at high concentrations within the top layers were coprostanol, coprostanona, colesterol e colestanol, which indicated recent sewage inputs. For Icoaraci, brassicasterol, estigmasterol, sitosterol e sitostanol, steroids of plant sources predominated at higher concentrations. Absolute coprostanol concentrations and steroid concentration ratios indicated that most of the sampling sites were contaminated by untreated sewage. The use of steroid ratios to understand the results was also important to minimize the dependence of the steroids to organic carbon content and granulometry.en
dc.description.sponsorshipCAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superiorpt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Parápt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.source1 CD-ROMpt_BR
dc.subjectSedimentos (Geologia)pt_BR
dc.subjectBaía do Guajará - PApt_BR
dc.subjectBiomarcadorespt_BR
dc.subjectEsgotopt_BR
dc.titleEsteróides como biomarcadores de contaminação orgânica em sedimentos superficiais e testemunhos do Estuário Guajará-PApt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentInstituto de Geociênciaspt_BR
dc.publisher.initialsUFPApt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIASpt_BR
dc.contributor.advisor1KAWAKAMI, Silvia Keiko-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/5306256489815710pt_BR
dc.contributor.advisor-co1SOUZA FILHO, Pedro Walfir Martins e-
dc.contributor.advisor-co1Latteshttp://lattes.cnpq.br/3282736820907252pt_BR
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/7969043964502213pt_BR
dc.description.resumoA cidade de Belém do Pará, seus arredores e rios estão sujeitos a impactos diversos devidos principalmente ao aumento da população e carência de saneamento básico. Diariamente são lançados efluentes não tratados na Baía do Guajará, o principal receptor hídrico da região, que causam preocupações para a saúde pública e qualidade ambiental. O presente trabalho objetivou a identificação da contaminação orgânica nos sedimentos superficiais e testemunhos do Estuário Guajará utilizando os esteróides como biomarcadores. Os esteróides têm sido usados como traçadores de aportes naturais e antrópicos, servindo para a identificação das fontes de compostos orgânicos no ambiente aquático. No entanto, o estudo de tais biomarcadores na região norte do Brasil é inédito. Dados de outras regiões foram importantes para fins de comparação e melhoria do conhecimento acerca da composição da matéria orgânica na área da Baía do Guajará. As amostragens de sedimentos superficiais e testemunhos (~50 cm) foram realizadas em janeiro de 2011. Os testemunhos foram coletados em Tucunduba e Icoaraci e os sedimentos superficiais em Tamandaré, Porto da Palha, Ver-o-Peso e Miramar. As análises de esteróis foram feitas por cromatografia gasosa com detecção por ionização de chama. Amostras de sedimentos para análises de clorofila, carbono orgânico total e granulometria também foram preparadas. Diversos esteróides foram identificados (coprostanol, colesterol, epicoprostanol, colestanol, colestanona, coprostanona, estigmasterol, brassicasterol, β-sitosterol, β-sitostanol), tanto os provenientes de fontes naturais quanto antrópicas. As concentrações de coprostanol, esterol de origem fecal, variaram nas amostras superficiais de 0,06 a 5,61μg g-1 de sedimento seco e no testemunho do Tucunduba, 0,02 a 11,23 μg g-1 e de Icoaraci, de 0,03 a 0,31 μg g-1. Dentre as amostras superficiais, notou-se contaminação orgânica elevada no Ver-o-Peso, apesar de tais amostras apresentarem predominância de areia. Para os testemunhos observou-se dois perfis distintos, no Tucunduba os esteróides predominantes no topo do testemunho foram coprostanol, coprostanona, colesterol e colestanol, caracterizando aporte recente de esgoto. Para o testemunho de Icoaraci, notou-se predominância de brassicasterol, estigmasterol, sitosterol e sitostanol, esteróides de origem vegetal. A partir dos dados envolvendo as razões entre as concentrações dos esteróis, constatou-se que a maioria dos pontos investigados apresentou um cenário contaminado por esgotos não tratados, o que é confirmado também pelas altas concentrações absolutas de coprostanol. A avaliação dessas razões para interpretação dos resultados foi importante para minimizar efeitos da dependência da concentração de esteróis pelo carbono orgânico total e granulometria e melhor utilização dos esteróis como biomarcadores.pt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Geologia e Geoquímicapt_BR
dc.subject.areadeconcentracaoGEOLOGIApt_BR
Appears in Collections:Dissertações em Geologia e Geoquímica (Mestrado) - PPGG/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_EsteroidesBiomarcadoresContaminacao.pdf2,1 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons