Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/11991
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorGUERREIRO, Sonia Dias Cavalcanti-
dc.date.accessioned2019-10-30T16:27:47Z-
dc.date.available2019-10-30T16:27:47Z-
dc.date.issued1976-10-
dc.identifier.citationGUERREIRO, Sonia Dias Cavalcanti. Tratamento quantitativo de anomalia de potencial espontâneo. Orientador: José Seixas Lourenço. 1976. 113 f. Dissertação (Mestrado em Geofísica) - Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Belém, 1976. Disponível em: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/11991. Acesso em:.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/11991-
dc.description.sponsorshipCNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológicopt_BR
dc.description.sponsorshipFINEP - Financiadora de Estudos e Projetospt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Parápt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.source1 CD-ROMpt_BR
dc.subjectProspecção elétricapt_BR
dc.subjectProspecção - Métodos geofísicospt_BR
dc.subjectFourier, Transformadas dept_BR
dc.titleTratamento quantitativo de anomalia de potencial espontâneopt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentInstituto de Geociênciaspt_BR
dc.publisher.initialsUFPApt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::GEOFISICApt_BR
dc.contributor.advisor1LOURENÇO, José Seixas-
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/1958830414070291pt_BR
dc.description.resumoA prospecção mineral por método de potencial espontâneo (SP) é extremamente simples e econômica tanto no que se refere à instrumentação utilizada, quanto em relação ao procedimento nos trabalhos de campo. Entretanto a interpretação de mapas de isopotenciais tem sido principalmente qualitativa. O propósito deste trabalho é desenvolver uma metodologia que permita determinar os parâmetros do corpo causador da anomalia: localização, dimensões e intensidade e direção do vetor polarização sem se limitar ao uso de perfis ou a ajustes com curvas teóricas. Conhecendo-se na superfície do terreno a distribuição de potenciais decorrentes do processo de polarização espontânea é possível se obter as componentes do campo elétrico anômalo por filtragem, utilizando-se transformadas de Fourier, ou por um simples processo de diferenças finitas. Calcula-se então as integrais dos momentos do potencial e das componentes do campo elétrico, de forma tal que seja obtido um conjunto de tantas equações quanto forem os parâmetros do corpo que produz a anomalia. A metodologia foi testada para os modelos mais característicos do processo de polarização espontânea, a saber o doublet e a linha de doublet, tendo sido obtidos resultados precisos para os parâmetros do corpo causador da anomalia.pt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Geofísicapt_BR
dc.description.affiliationUFPA - Universidade Federal do Parápt_BR
Appears in Collections:Dissertações em Geofísica (Mestrado) - CPGF/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_TratamentoQuantitativoAnomalia.pdf9,96 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons