Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/13389
Tipo: Dissertação
Fecha de publicación : 26-jun-2019
Autor(es): MACEDO, Adriana Costa
Primer Orientador: PEREIRA, Simone de Fátima Pinheiro
metadata.dc.contributor.advisor1ORCID: 6059412003152989
Título : O extrato de açaí como indicador ácido-base: um manual didático para experimentos com água de chuva no ensino de química
metadata.dc.description.sponsorship: CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Citación : Macedo, Adriana Costa. O extrato de açaí como indicador ácido-base: Um manual didático para experimentos com água de chuva no ensino de Química. Orientadora: Simone de Fátima Pinheiro Pereira: 2019. 82 f. Dissertação (Mestrado em Rede Nacional Para o Ensino das Ciências Ambientais) - Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Belém, 2019. Disponível em: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/13389. Acesso em:.
Resumen: Extratos naturais podem ser obtidos a partir de diversas fontes como, por exemplo, do repolho roxo, da beterraba, da uva e do açaí. E servem como indicadores ácido-base por conterem uma substância chamada antocianina e podem ser usadas em aulas de Química. Uma forma de usá-los é na análise de água de chuva, para se verificar a presença de acidez e consequentemente a formação de chuva ácida, fenômeno que pode ser intensificado com a presença de indústrias e/ou presença de grande fluxo de automóveis. Para trabalhar essas questões, um manual didático abordando esses temas, foi construído. Ele é composto por: um breve resumo sobre o ensino ácido e base; indicadores naturais; atividade urbana industrial; o uso do tema chuva ácida em aulas de Química e; o pólo industrial de Barcarena. Possui ainda uma sequência didática com um roteiro de aulas teóricas e práticas. Para as aulas práticas é apresentado um kit experimental com um destaque para a mudança de coloração de corantes naturais, ricos em antocianinas, que podem ser usados como indicadores de pH. Contextualizando-se a região amazônica, usou-se o extrato alcoólico de açaí para montagem deste kit que foi aplicado na determinação de acidez de água de chuva e de materiais de uso doméstico. A acidez determinada nas amostras de água de chuva pode estar relacionada com a intensa atividade industrial na região de Barcarena. O manual foi aplicado em uma turma de 1º ano com quarenta alunos da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Acy de Jesus Barros Pereira, onde estes responderam questões antes e depois da aplicação das aulas teóricas e experimentais e o resultado mostrou que houve uma melhora do entendimento e absorção dos conceitos ali apresentados. Esta metodologia foi apresentada para cinco professores de Química da rede estadual de educação, lotados em escolas de Barcarena. De maneira unânime os docentes avaliaram de maneira satisfatória a metodologia proposta afirmando que irão usar em suas aulas de química. A utilização do manual didático evidenciou a importância de se aplicar métodos experimentais para propiciar ao aluno um ensino-aprendizagem mais efetivo.
Resumen : Natural extracts can be obtained from various sources such as purple cabbage, beet, grape and açaí. And they serve as acid-base indicators because they contain a substance called anthocyanin and can be used in chemistry classes. One way to use them is in the analysis of rainwater, to verify the presence of acidity and consequently the formation of rain acid, a phenomenon that can be intensified with the presence of industries and / or presence of large flow of automobiles. In order to work on these issues, a didactic manual addressing these issues was constructed. It consists of: a brief summary on the acid and base teaching; natural indicators; industrial urban activity; the use of the acid rain theme in chemistry classes; the industrial pole of Barcarena. It also has a didactic sequence with a script of theoretical and practical classes. For the practical classes is presented an experimental kit with a highlight for the color change of natural dyes, rich in anthocyanins, which can be used as pH indicators. Contextualizing the Amazon region, the alcoholic extract of açaí was used for the assembly of this kit that was applied in the determination of acidity of rainwater and household materials. The acidity determined in the samples of rainwater may be related to the intense industrial activity in the region of Barcarena. The manual was applied in a 1st grade class with forty students from Jesus Barros Pereira Elementary School and Middle School Acy, where they answered questions before and after the application of the theoretical and experimental classes and the result showed that there was an improvement of the understanding and absorption of the concepts presented there. This methodology was presented to five professors of Chemistry of the state education network, who were enrolled in Barcarena schools. Teachers unanimously evaluated the proposed methodology by stating that they will use it in their chemistry classes. The use of the didactic manual evidenced the importance of applying experimental methods to provide the student with a more effective teaching-learning.
Palabras clave : Química
Extratos
Chuva Ácida
Antocianinas
Manual Didático
metadata.dc.subject.areadeconcentracao: ENSINO DAS CIÊNCIAS AMBIENTAIS
metadata.dc.subject.linhadepesquisa: AMBIENTE E SOCIEDADE
CNPq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS
País: Brasil
Editorial : Universidade Federal do Pará
Sigla da Instituição: UFPA
Instituto: Instituto de Geociências
Programa: Programa de Pós-Graduação em Rede Nacional para Ensino das Ciências Ambientais
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Attribution 3.0 Brazil
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Aparece en las colecciones: Dissertações em Rede Nacional para Ensino das Ciências Ambientais - PROFCIAMB/IG

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción Tamaño Formato  
Dissertacao_ExtratoAcaiIndicador.pdf3,23 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este ítem está sujeto a una licencia Creative Commons Licencia Creative Commons Creative Commons