Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/1717
Compartilhar:
Type: Dissertação
Issue Date: 1-Jun-2007
Authors: OLIVEIRA, Diogo Marques
First Advisor: FRÉDOU, Flávia Lucena
First Co-Advisor: ROCHA, Rossineide Martins da
Title: A pesca artesanal da frota de Mosqueiro (Belém - Pará) e o uso do ambiente pela dourada (Brachyplatystoma rousseauxii-Castelnau, 1855)
Other Titles: Artisan fishery of the fleet of Mosqueiro Island (Belem-Pará) and the use of the environment for dourada (fish) (Brachyplatystoma rousseauxii - Castelnau, 1855)
Sponsor: Projeto PIATAM Mar II
CNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
PETROBRAS - Petróleo Brasileiro S.A.
Citation: OLIVEIRA, Diogo Marques. A Pesca artesanal da frota de Mosqueiro (Belém – Pará) e o uso do ambiente pela dourada (Brachyplatystoma rousseauxii - Castelnau, 1855). 2007. 123 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Núcleo de Estudos em Ciência Animal, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Universidade Federal Rural da Amazônia, 2007. Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal.
Resumo: Dentre os entrepostos pesqueiros artesanais do estuário Amazônico, a ilha de Mosqueiro, localizada ao sul da Baía do Marajó, tem importância na atividade pesqueira do Estado e por estar próximo de um terminal de cargas (Terminal de Miramar), a iminência de um desastre ambiental é constante. Entretanto, não existem informações detalhadas sobre a produção pesqueira nesta área e nem tão pouco do uso que espécies com importância comercial desembarcadas na ilha, como a dourada (Brachyplatystoma rousseauxii), utilizam este ambiente. Com o objetivo de descrever a atividade pesqueira e o uso do ambiente pela dourada, foram acompanhados os desembarques na ponte do Cajueiro (Mosqueiro) no período de dezembro de 2005 a novembro de 2006. Adicionalmente foram realizados cadastros das embarcações pesqueiras utilizando-se fichas especializadas e coletores treinados da própria comunidade. O índice de abundância relativa CPUE kg/viagem) foi utilizado para identificação da concentração das espécies mais importantes e seu período de safra, dinâmica da frota, principais pesqueiros e renda. Quanto à dourada, 30 exemplares foram coletados junto à pesca comercial de Mosqueiro no período de dezembro de 2005 a agosto de 2006. Os exemplares foram pesados e medidos e as gônadas foram retiradas com o objetivo de se avaliar o uso do ambiente para reprodução. Foram cadastradas 128 embarcações pesqueiros sendo os barcos de pequeno porte os mais representativos seguidos das canoas motorizadas. Observaram-se diferenças tecnológicas entre as categorias de embarcações, exceto quanto ao comprimento do barco, produção média mensal e a capacidade da urna. As embarcações de médio porte apresentaram maior número de tripulantes e dias pescando, contudo realizam menor número de viagens por mês em relação às outras categorias. As redes de emalhar são as artes de pesca mais utilizadas na área, sendo as malhas de maior ocorrência as de 50, 60 e 70 mm (entre nós opostos). Os barcos de médio porte possuem os maiores comprimentos de rede em relação às outras categorias. As principais espécies capturadas foram a pescada branca (Plagioscion squamosissimus), a pescada curuca (Plagioscion urinamensis), a dourada (Brachyplatystoma rousseauxii) e a sarda (Pellona spp.). Durante o período de estudo, as embarcações da ponte do Cajueiro atuaram principalmente em pesqueiros próximos a ilha de Mosqueiro durante o período de safra das principais espécies (de maio a dezembro) e se deslocando para a região de Marudá durante a entresafra (janeiro a abril) seguindo, principalmente, os cardumes de dourada. Os períodos de maior abundância relativa foram o primeiro e quarto trimestre para as canoas motorizadas e os barcos de pequeno porte respectivamente. Os pesqueiros de Ponta Fina e Areia do Cotijuba apresentaram as maiores abundâncias relativas anuais com a captura principal de dourada e pescada curuca, respectivamente. A dourada foi regular durante todo o ano com maior abundância em Ponta Fina e em dezembro. A pescada curuca apresentou maior abundância em Areia do Cotijuba e pico ocorrendo no mês de setembro enquanto que a pescada branca apresentou maior abundância em Marudá (98kg/viagem) com pico ocorrendo em setembro. A sarda ocorreu com abundância em Enseada e pico em junho. Na ilha de Mosqueiro foi estimada uma produção de aproximadamente 1.000 toneladas de peixes capturados, gerando uma renda aproximada de R$ 3 milhões para o distrito. Os barcos de pequeno porte contribuíram com 42% da produção total e com 61% da renda. A pescada branca contribuiu com 26% da produção total e a dourada contribuiu com 35% da renda, sendo considerada o recurso mais rentável na ilha. Quanto à dourada, os indivíduos amostrados mediam de 27 a 100 cm de comprimento total, sendo a maior ocorrência de indivíduos ocorrendo na classe de 50 a 60 cm. A proporção sexual foi favorável as fêmeas (1:2,2 macho:fêmea) que foram mais numerosas na maioria das classes de comprimento e em todos os meses, exceto em fevereiro. Á área de mosqueiro não se configura como uma área de reprodução para a espécie, mas caracteriza-se como uma área de berçário e alimentação. No caso de um possível desastre ambiental acarretaria uma perda de aproximadamente 1.000 toneladas de pescado e de uma renda de R$ 3 milhões no setor pesqueiro da ilha de Mosqueiro. Adicionalmente, um impacto ambiental nesta área poderia afetar principalmente a população jovem de dourada causando assim efeitos danosos à longo prazo no que se diz respeito à captura e rentabilidade da área.
Abstract: Considering the artisanal landing sites in the Amazon estuary, Mosqueiro Island, located in the south of the Bay of Marajó, is commercially very important and, as in nearby loading terminal (Miramar), the imminence of an environmental disaster is real. However, there is no detailed information on the fishery and the use of commercially important species, as Gilded catfish (Brachyplatystoma rousseauxii) in the region. With the objective of describing the fishing activity and the use of the region by the Gilded catfish, landings were monitored in Cajueiros Bridge (Mosqueiro) from December 2005 to November 2006. Moreover, the fishery boats were recorded using specialized log-books and trained personnel from the community. The index of relative abundance CPUE (kg/trip) was used to identify the most important species and their catch period, seasonality of the fleet, fishing sites and gross revenue. Considering the Gilded catfish, 30 individuals were obtained from commercial fishery in Mosqueiro from December 2005 to August 2006 in a bimensal basis. Individuals were weighted, measured and gonads were collected with the objective of evaluating the use of the region for reproduction. It was registered 128 fishing boats and Barcos de pequeno porte dominated followed by Canoas motorizadas. Technological differences between boats categories were observed, except in relation to boat length, mean monthly production and storage capacity. Barcos de médio porte present a greater crew and fishing days but they carry out less trips by month in relation to the others categories. Gill nets are mostly used in the area, and the mesh most frequently employed are 50, 60 e 70 mm (streched mesh size). Barcos de médio porte have larger nets when compared to others categories. The main species captured in the region are Silver croaker (Plagioscion squamosissimus), Pacora (Plagioscion surinamensis), Gilded catfish (Brachyplatystoma rousseauxii) and Yellowfin river pellona (Pellona spp.). Fleet from Cajueiros bridge fish mainly in fishing sites near the island during the catch period of the main species (May to December) moving to Marudá region during the offpeak season (January to April) following, mainly, the schools of Gilded catfish. Periods of maximum abundance was the first and the forth trimester for Canoas motorizadas and Barcos de pequeno porte respectively. The fishing sites Ponta Fina and Areia do Cotijuba showed the largest annual relative abundance with the main catch of Gilded catfish and Pacora, respectively. Gilded catfish was regular during the whole period with highest abundance in Ponta Fina and December. Pacora highest abundance was recorded in Marudá (98 kg/trip) and September. Yellowfin river pellona occurred mainly in Enseada and in June. In Mosqueiros Island, fish annual production was estimated in approximately 1.000 tons, leading to a gross revenue of R$ 3 million. Barcos de pequeno porte contributed to 42% of the total production and with 61% of the gross revenue. Silver croaker contributed to 26% of total production and Gilded catfish with 35% of the gross revenue. This species was considered the most valuable fish resource in the area. Sampled individuals measured from 27 to 100 cm total length, and individuals of 50 to 60 cm dominated. Sexual proportion favored females (1:2,2 male:female) which were most numerous for most length classes and months, except February. For this species, the area is not used for breeding but for nursery and feeding purposes. In the situation of an environmental disaster a waste of approximately 1.000 tons and R$ 3 millions for the fishery industry in Mosqueiros Island can be reported. Moreover, an accident in the area could also affect the young population of Gilded catfish causing harmful effects in a long term for catch and economy of the area.
Keywords: Pesca artesanal
Dourada (Peixe)
Ilha de Mosqueiro - PA
Brachyplatystoma rousseauxii-castelnau
Pará - Estado
Amazônia brasileira
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::RECURSOS PESQUEIROS E ENGENHARIA DE PESCA::RECURSOS PESQUEIROS MARINHOS
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária
Universidade Federal Rural da Amazônia
Institution Acronym: UFPA
EMBRAPA
UFRA
Department: Campus Universitário de Castanhal
Program: Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Ciência Animal (Mestrado) - PPGCAN/Castanhal

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_PescaArtesanalFrota.pdf13,34 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons

Admin Tools