Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/1832
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorTRINDADE, Inêz Leal-
dc.date.accessioned2011-03-23T21:19:33Z-
dc.date.available2011-03-23T21:19:33Z-
dc.date.issued2004-11-05-
dc.identifier.citationTRINDADE, Inêz Leal. Interdisciplinaridade e contextualização no novo ensino médio: conhecendo obstáculos e desafios no discurso dos professores de ciências. 2004. 136 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Núcleo Pedagógico de Apoio ao Desenvolvimento Científico, Belém, 2004. Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Matemáticas.-
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/1832-
dc.description.abstractIn this research I discuss the new high school’s challenges for teachers of science mainly the ones which concerns the purpose of learning based in interdisciplinary and contextualization. In face of that, this study was developed in order to answer how teachers are dealing with their practice with the new high school principles and what kind of challenges needs to be faced for the implementation of interdisciplinary and teaching contextualization, from the standpoint of teachers of science. So that I could consider the guiding questions and reach the goals purposed in this study, I used documental research, objecting the reading of the legislation that gave support for the high school reform, and biographic research to observe the central concepts of this research. Besides, I interviewed teachers of Chemistry, Physics and Biology through structural interview. The investigation results showed relative ignorance about the principles of reform established in official documents, for the most of interviewed teachers. However, the teachers didn’t showed themselves inattentive concerning the discussion about interdisciplinary and the contextualization, which not means that these actors reveal complex forms of dealing with these concepts or that they implement consciously made actions, looking for some contextualized and interdisciplinary teaching. It domains, through teacher’s conceptions, an instrumental vision of interdisciplinary and contextualization according to the conceptions pointed up in official texts. Concerning the challenges perceived by teachers to produce the implementation of interdisciplinary and contextualization teaching, those ones remained attached to his context’s dimension, that is, the public school’s structural problems and the limits of space and time. The conceptual dimension of terms in question, as well the limits that come from teacher’s formation, were peripherally observed.-
dc.languagept-
dc.publisherUniversidade Federal do Pará-
dc.rightsAcesso Aberto-
dc.subjectCiência-
dc.subjectEnsino médio-
dc.subjectInterdisciplinaridade-
dc.subjectProfessores-
dc.titleInterdisciplinaridade e contextualização no novo ensino médio: conhecendo obstáculos e desafios no discurso dos professores de ciências-
dc.typeDissertação-
dc.publisher.countryBrasil-
dc.publisher.departmentInstituto de Educação Matemática e Científica-
dc.publisher.initialsUFPA-
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::CURRICULO::CURRICULOS ESPECIFICOS PARA NIVEIS E TIPOS DE EDUCACAO-
dc.contributor.advisor1CHAVES, Silvia Nogueira-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/9353964127402937-
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/7033868798116368-
dc.description.resumoNessa pesquisa discuto os desafios do novo ensino médio na ótica dos professores de ciências, sobretudo os que dizem respeito à proposta de ensino pautado na interdisciplinaridade e na contextualização. Para tanto, esse estudo foi desenvolvido tendo em vista responder como os professores estão lidando no contexto de suas práticas com os novos princípios do ensino médio e que desafios precisam ser enfrentados para a implementação da interdisciplinaridade e da contextualização no ensino, na percepção dos professores de ciências. Para abordar as questões norteadoras e atingir os objetivos propostos neste estudo, lancei mão da pesquisa documental, objetivando a leitura da legislação que deu suporte à refonna do ensino médio, e da pesquisa bibliográfica para abordar os conceitos centrais dessa pesquisa. Além disso, entrevistei professores das disciplinas Química, Física e Biologia através da entrevista estruturada. Os resultados da investigação evidenciaram relativo desconhecimento dos princípios da reforma preconizados nos documentos oficiais, pela maioria dos entrevistados. Entretanto, os professores não se mostraram alheios às discussões relacionadas à interdisciplinaridade e a contextualização, o que não significa que esses sujeitos revelem formas complexas de lidar com esses conceitos ou que implementem ações conscientemente elaboradas, tendo em vista o ensino interdisciplinar e contextualizado. Predomina, nas concepções dos professores, uma visão instrumental da interdisciplinaridade e da contextualização, em consonância com a concepção apresentada nos textos oficiais. Quanto aos desafios percebidos pelos professores para a implementação da interdisciplinaridade e da contextualização no ensino, estes ficaram circunscritos à sua dimensão contextual, isto é, os problemas estruturais da escola pública e os limites de espaço e tempo. A dimensão conceitual dos termos em questão, bem como os limites advindos da formação dos educadores, foram perifericamente problematizados.pt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Matemáticas-
Appears in Collections:Dissertações em Educação em Ciências e Matemáticas (Mestrado) - PPGECM/IEMCI

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_InterdisciplinaridadeContextualizacaoEnsino.pdf692,95 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons