Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/1987
Tipo: Dissertação
Fecha de publicación : 27-mar-2009
Autor(es): SILVA, Cristiano Pinto da
metadata.dc.description.affiliation: SEDUC/PA - Secretaria de Estado de Educação
Primer Orientador: COELHO, Wilma de Nazaré Baía
Título : Educação brasileira e identidade negra em Kabengele Munanga
Otros títulos : Brazilian education and black identity in Kabengele Munanga
metadata.dc.description.sponsorship: CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Citación : SILVA, Cristiano Pinto da. Educação brasileira e identidade negra em Kabengele Munanga. 2009. 138 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Ciências da Educação, Belém, 2009. Programa de Pós-Graduação em Educação.
Resumen: Esta pesquisa teve como objetivo identificar os aportes teóricos que fundamentam a obra de Kabengele Munanga, caracterizar a concepção de identidade negra na obra do autor e suas contribuições para a educação brasileira. Para atingir esses objetivos traçamos como caminho metodológico uma pesquisa bibliográfica para a análise de duas obras selecionadas que tratam especificamente sobre a construção da identidade negra. Pesquisamos também, a produção bibliográfica realizada por pesquisadores brasileiros e estrangeiros que tratam das relações raciais, da construção da identidade negra e suas implicações no contexto educacional brasileiro, na medida em que as mesmas possuem relação com a obra de Kabengele Munanga. Optamos em trabalhar analiticamente os conceitos nas obras pesquisadas, a partir do aporte de Pierre Bourdieu, no cerne de suas discussões sobre o conceito de Poder e Violência Simbólica. Observamos também, os aspectos teórico-metodológicos da Análise do Conteúdo presente na obra de Laurence Bardin e seus direcionamentos quanto à identificação das categorias de análise a serem pesquisadas. A escola é compreendida como uma instituição social geradora de valores e reprodutora cultural, portanto, torna-se de fundamental importância a ação da escola no repúdio a qualquer discriminação, seja ela por raça, etnia, classe social, gênero, religião, ou idade. A pesquisa possibilitou-nos perceber que a trajetória de discriminação, segregação e negação identitária do negro em todas as instituições de socialização, inclusive na escola, o que suscita o debate acerca de iniciativas para a afirmação de seus direitos, no acesso à educação em todos os níveis; visto a centralidade da importância da educação na mudança de um contexto socialmente desfavorável para os negros, como é o brasileiro. A negação da identidade negra se caracteriza como fato histórico desde o Brasil colônia e tem sido recorrente em omissões curriculares que se materializam em silenciamentos a respeito deste objeto de estudo e da cultura africana, todavia, os educadores não têm recebido uma formação específica para lidar com a diversidade étnico-cultural, nem com questões raciais envoltas em seus cotidianos escolares.
Resumen : This study aimed to identify the theoretical support that grounds the production of Kabengele Munanga and characterize the conception of black identity in the production of the author, and its contributions to the curriculum of the Brazilian Education. To achieve these objectives were researched two books of the author that deal specifically about the construction of the black identity. We also researched the bibliographic production realized by Brazilian and foreigner researchers that deal about the racial relations, the construction of the black identity and its implications for the Brazilian educational context, that are related to the academic production of Kabengele Munanga. This work was based on a theoretical research, starting from the reading of the documents and bibliography about the construction of the black identity and education. The school is understood as a social institution that generates values and reproduces the culture, therefore, becomes of fundamental importance the action of the school in avoiding any discrimination, being it for race, ethnicity, social rate, gender, religion or age. The trajectory of discrimination, segregation and denial of the black identity in all socialization institutions, including the school awakens the debate about initiatives for the statement of the rights of access to the education in all levels, understanding the great importance of the education in changing an unfavorable social context to the black people, as the Brazilian is. The denial of the black identity is characterized as a historical fact since the colonization of Brazil, and has been frequently stated in curricular omissions that are materialized in the silence about this object of study and the African culture. In this context, the educators havent received a specific formation to handle with the ethnic cultural diversity, neither with racial matters involved in their school quotidian.
Palabras clave : Negro (Raça)
Identidade racial
Relações raciais
Currículo
Kabengele Munanga, 1942 -
Educação
Brasil - País
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::CURRICULO
CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::FUNDAMENTOS DA EDUCACAO::HISTORIA DA EDUCACAO
País: Brasil
Editorial : Universidade Federal do Pará
Sigla da Instituição: UFPA
Instituto: Instituto de Ciências da Educação
Programa: Programa de Pós-Graduação em Educação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Aparece en las colecciones: Dissertações em Educação (Mestrado) - PPGED/ICED

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción Tamaño Formato  
Dissertacao_EducacaoBrasileiraIdentidade.pdf1,77 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este ítem está sujeto a una licencia Creative Commons Licencia Creative Commons Creative Commons