Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/4560
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 16-Apr-2013
metadata.dc.creator: SILVA, Carlos Alberto Nobre da
metadata.dc.contributor.advisor1: LUCENA, Isabel Cristina Rodrigues de
Title: Os projetos de investigação nas aulas de matemática em escolas ribeirinhas na ilha de Cotijuba
metadata.dc.description.sponsorship: CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
INEP - Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira
Citation: SILVA, Carlos Alberto Nobre da. Os projetos de investigação nas aulas de matemática em escolas ribeirinhas na ilha de Cotijuba. 2013. 154 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Educação Matemática e Científica, Belém, 2013. Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Matemáticas.
metadata.dc.description.resumo: Este trabalho analisa que possibilidades de transformação uma proposta de educação matemática baseada em projetos de investigação promotores da transdisciplinaridade e da participação ativa dos alunos do processo de ensino/aprendizagem, traz para o desenvolvimento da competência crítica e reflexiva para a formação integral desses alunos do ensino fundamental em escolas ribeirinhas, haja vista que tais competências, segundo Skovsmose (2004) e Mora (2005), são necessárias para a participação cidadã em nossa sociedade. Fundamentado em Santos (2010) e outros, analiso a crise no paradigma dominante nas ciências, e seus desdobramentos no processo educativo, além de suas consequências no modo de vida de culturas tradicionais como os ribeirinhos. Com aporte teórico na Etnomatemática, principalmente nos trabalhos de Ubiratan D‟Ambrosio (2005; 2012), Gelsa Knijnik (2001) e Alan Bishop (1999), num diálogo com a Educação Matemática Crítica, tendo como referência as pesquisas de Ole Skovsmose (2000; 2004; 2006) e David Mora (2005), na busca de conexões e articulações mútuas que propiciem esse fazer pedagógico na educação ribeirinha. Na Comunidade do Poção na Ilha de Cotijuba, mais especificamente na escola Anexo Pedra Branca (Ensino Fundamental, somente para os anos iniciais), foi instaurada a parte empírica dessa pesquisa. Fizeram parte da construção dos dados 19 (dezenove) alunos desse nível de ensino, sete (07) pais/responsáveis de alunos e a professora da escola. Quanto à metodologia, foram utilizados dois momentos diferenciados e complementares: o primeiro consistiu na aproximação do pesquisador do universo cultural dos ribeirinhos da Comunidade do Poção, realizado em três etapas articuladas entre si: a observação, os diálogos interpessoais com os moradores da comunidade e a participação do pesquisador em atividades onde se evidencia a prática social dos ribeirinhos. O segundo momento, de caráter mais pedagógico, constou do desenvolvimento com os alunos e a professora da turma de quatro cenários para investigação das atividades socioeconômica e culturais dos ribeirinhos da Comunidade do Poção: a carpintaria naval, a pescaria artesanal, a coleta e comercialização de frutíferas, a plantação de pequenas roças e hortas, no intuito de dialogar com os saberes/fazeres culturais dos ribeirinhos e sobre as formas de medidas utilizadas na comunidade e suas relações com as medidas estudadas nesse nível de ensino na matemática escolar. A partir da análise dos “cenários para investigação” (SKOVSMOSE, 2000), evidencio que os projetos investigativos de caráter transdisciplinar possibilitam o respeito aos estudantes como sujeitos autoprodutores de conhecimento, tendo como consequência a participação ativa dos educandos em seu processo de aprendizagem, além do mais, dão visibilidade, no currículo escolar, aos saberes da tradição “colocando-os em interlocução com os saberes legitimados em nossa sociedade como os saberes científicos” (KNIJNIK, 2001, p. 25), estabelecendo relações profícuas e articulações mútuas entre o saber matemático escolar e os saberes da tradição ribeirinha na Comunidade do Poção, em Cotijuba.
Abstract: This work analyses the possibilities of transformation a proposal of Mathematic Education based on projects investigation that promotes transdisciplinaridade and the students participation on the teaching /learning process. It brings to the development of the reflexive and critical competence for the integral education of students from grade school which are riverain, these competences, according to Skovsmose (2004) and Mora (2005) are necessary for the citizen‟s participation in our society. Based on Santos (2010) and others, I analyze the crisis on dominant paradigm in the sciences, and its unfolding in the education process and also its consequences on life of the traditional culture as the riverain. As theory base on Ethomathematic, mainly on Ubiratan D‟Ambrosio (2005; 2012), Gelsa Knijnik (2001) and Alan Bishop (1999) works, it also stablishes a dialogue with Critic Mathematic Education, it has as a reference the searches of Ole Skovsmose (2000; 2004; 2006) and David Mora (2005), on search of connections and mutual articulations which propitiate the education work with riverain population. At “Poção” community on Cotijuba Island specifically at Escola Pedra Branca ( Grade School, only for initial series) where I restored the empiric part of this search. For this work, I dealt with 19 (nineteen) students of that level of studies, 07 (seven) parents/students responsible and the school teacher. For the Methodology, I utilized two different and complement moments: the first one consists on approximation of the searcher to the riverain cultural universal of “Poção” community, it happened on three articulated stages: the observation, the interpersonal dialogues with the inhabitant of the community and the searcher participation on activities which it is being observed riverain‟s social practices. The second moment is more pedagogical. It is about the development with the students and their teacher using four settings for investigation of social economic and cultural activities from “Poção” community: naval carpentry, fishery handicraft, the collect and commercialization of fruit, the plantation of small country and vegetable-garden, all of those strategies were used to dialogue with cultural knowing/doing of the riverain and about the forms of used measures on the community and their relations with the studied measure on that level of studying of Mathematic school. From the analyses “settings of investigation” on (SKOVSMOSE, 2000), I made clear that the investigative projects of “transdisciplinar” character enable the students respect as subjects which produces knowledge, having as consequence the students active participation on their process of learning, and also, they give the visibility, on the course, the knowledge of tradition “putting them on interlocution with knowledge legitimated in our society with the scientific knowledge” (KNIJNIK, 2001, p. 25), establishing useful relation and mutual articulations between the mathematic knowledge and the riverain knowledge at “Poção” community from Cotijuba.
Keywords: Matemática
Etnomatemática (Indigenismo)
Ensino fundamental
Pesquisa
Ribeirinhos
Comunidade do Poção - PA
Ilha de Cotijuba - PA
Pará - Estado
Amazônia brasileira
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::MATEMATICA
CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::ENSINO-APRENDIZAGEM
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Educação Matemática e Científica
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Matemáticas
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Educação em Ciências e Matemáticas (Mestrado) - PPGECM/IEMCI

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_ProjetosInvestigacaoAulas.pdf4,46 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons