Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/4787
Tipo: Dissertação
Fecha de publicación : 28-ago-2008
Autor(es): CARVALHO JUNIOR, Jaime Ribeiro
Primer Orientador: NAKAYAMA, Luiza
Título : A composição e a distribuição da ictiofauna de interesse ornamental no estado do Pará
metadata.dc.description.sponsorship: CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Citación : CARVALHO JUNIOR, Jaime Ribeiro. A composição e a distribuição da ictiofauna de interesse ornamental no estado do Pará. 2008. 98 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Núcleo de Ciências Agrárias e Desenvolvimento Rural, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Universidade Federal Rural da Amazônia, Belém, 2008. Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal.
Resumen: A ictiofauna de interesse ornamental do estado do Pará foi estudada com enfoque na sua composição e distribuição nas regiões hidrográficas paraense. Revelou através do inventário de espécies divida em: Loricariidae (329), seguida pelas Characidae (139), Cichlidae (133), Callichthyidae (51), Lebiasinidae e Auchenipteridae (22), Pimelodidae (21), otamotrygonidae e Doradidae (19), Anostomidae e Rivulidae (16) e Crenuchidae e Poeciliidae (10). Registraram-se ainda casos de família com menos de 10 spp, tendo sido registradas uma riqueza de 928 espécies, pertencentes a 271 gêneros e distribuídas em 47 famílias e 14 ordens. Das espécies registradas, 595 espécies apresentaram identificações taxonômicas e registros nos diferentes bancos de dados, enquanto 333 espécies foram identificadas com “status” taxonômico ainda indefinido. Mesmo com o registro de 270 gêneros distintos, ressalta-se a riqueza muito elevada concentrada em 12 gêneros com números acima de 15 espécies: Loricariidae com os gêneros Ancistrus (44, 4,74%), Hypancistrus (24, 2,59%), Hypostomus (24, 2,59%), Baryancistrus (23, 2,48%), Pseudacanthicus (22, 2,37%) e Peckoltia (30, 3,23%); Callichthyidae com gênero Corydoras (44, 4,74%); Cichlidae com os gêneros Crenicichla (44, 4,74%) e Apistogramma (24, 2,59%); Characidae com os gêneros Moenkhausia (20, 2,16%) e Hyphessobrycon (18, 1,94%) e otamotrygonidae com gênero Potamotrygon (16, 1,72%). Assim, definem-se como grupos de maior diversificação os pequenos e médios acaris, “corredoras”, acarás e jacundás, tetras e arraias. Mesmo espécies ameaçadas, sejam vulneráveis ou mesmo as criticamente em perigo, ainda são comercilizadas clandestinamente no estado. Discussões sobre listas de espécies encontradas e permitidas e uma comparação da ictiofauna das regiões hidrográficas do estado do Pará são apresentadas.
Resumen : The icthyfauna of ornamental interest of the Para State has been studied with focus on the composition and distribution on Para hidrographic regions. It revealed through the invetory of species divided in: Loricariidae (329), followed by the Characidae (139), Cichlidae (133), Callichthyidae (51), Lebiasinidae e Auchenipteridae (22), Pimelodidae (21), Potamotrygonidae and Doradidae (19), Anostomidae and Rivulidae (16) and Crenuchidae and Poeciliidae (10). There were also registered cases of families with less than 10 spp, having been registered a richness of 928 species, belonging to 271 genres and distributed in 47 families and 14 orders. From registered species, 595 species presented taxonomic identifications and registers in the different databases, while 333 species were identified with taxonomic “status” yet undefined. Even with the register of 270 distinct genres, stands out the very elevated richness in 12 genres with numbers above 15 species: Loricariidae with genres Ancistrus (44, 4,74%), Hypancistrus (24, 2,59%), Hypostomus (24, 2,59%), Baryancistrus (23, 2,48%), Pseudacanthicus (22, 2,37%) and Peckoltia (30, 3,23%); Callichtyidae with genres Corydoas (44, 4,74%); Cichlidae with genres Crenicichla (44, 4,74%) and Apistogramma (24, 2,59%); Characidae with genres Moenkhausia (20, 2,16%) and Hyphessobrycon (18, 1,94%) and Potamotrygonidae with genre Potamotrygon (16, 1,72%). Therefore, we define as groups of greater diversification the small and médium “acaris”, “corredoras”, “acaras” e “jacundas”, “tetras” e “arraias”. Even endangered species, being vulnerable or even the critically endagered, are still been clandistinely commercialized in the state. Discussions about lists of species found and permitted and a comparison of the hydrographic regions ichthyofauna of the Para state are presented.
Palabras clave : Peixe
Ictiofauna
Peixe ornamental
Bacias hidrográficas
Comercialização
Pará - Estado
Amazônia brasileira
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::RECURSOS PESQUEIROS E ENGENHARIA DE PESCA::AQUICULTURA
País: Brasil
Editorial : Universidade Federal do Pará
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária
Universidade Federal Rural da Amazônia
Sigla da Instituição: UFPA
EMBRAPA
UFRA
Instituto: Campus Universitário de Castanhal
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Aparece en las colecciones: Dissertações em Ciência Animal (Mestrado) - PPGCAN/Castanhal

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción Tamaño Formato  
Dissertacao_ComposicaoDistribuicaoIctiofauna.pdf1,79 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este ítem está sujeto a una licencia Creative Commons Licencia Creative Commons Creative Commons