Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/5697
Tipo: Artigo de Periódico
Data do documento: Jan-2014
Autor(es): SILVA, Jenevaldo Barbosa da
LOPES, Cinthia Távora de Albuquerque
SOUSA, Melina Garcia Saraiva de
GIBSON, André Felipe Bagarrão
VINHOTE, Wagner Marcelo de Souza
FONSECA, Adivaldo Henrique da
ARAÚJO, Flábio Ribeiro de
BARBOSA NETO, José Diomedes
Título: Detecção sorológica e molecular de Anaplasma marginale em búfalos na Ilha de Marajó, Pará
Título(s) alternativo(s): Serological and molecular detection of Anaplasma marginale in water buffaloes on Marajó Island, State of Pará, Brazil
Citar como: SILVA, Jenevaldo Barbosa da et al. Detecção sorológica e molecular de Anaplasma marginale em búfalos na Ilha de Marajó, Pará. Pesquisa Veterinária Brasileira, Rio de Janeiro, v. 34, n. 1, p. 11-14, jan. 2014. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/pvb/v34n1/02.pdf>. Acesso em: 26 jun. 2014. <http://dx.doi.org/10.1590/S0100-736X2014000100002>.
Resumo: O objetivo do estudo foi testar a prevalência sorológica e molecular de Anaplasma marginale em búfalos do municipio de Soure, Ilha de Marajó, estado do Pará, Brasil. Para a pesquisa sorologica foram selecionados randomicamente 800 animais e para a pesquisa molecular 50 destes animais foram aleatoriamente escolhidos. Para quantificar a prevalência sorológica utilizou-se o ensaio de imunoadsorção enzimático indireto (iELISA) com antígeno total contendo proteínas de superfície externa e para quantificar a prevalência molecular utilizou-se a reação em cadeia da polimerase (PCR), envolvendo a amplificação de fragmento gênico da proteína de superfície maior 5 (MSP5). A prevalência de animais positivos no ELISA para A. marginale foi de 25% (200/800). Na PCR foi detectada a presença de A. marginale em 2% (1/50) dos animais. Embora apenas um animal tenha sido positivo na PCR, observou-se que o mesmo foi negativo no ELISA. A presença do agente, mesmo em baixa prevalência, mostra que os bubalinos podem funcionar como um importante reservatório desse patógeno para os rebanhos bovinos da região norte do Brasil.
Abstract: The aim of the study was to test the molecular and serological prevalence of Anaplasma marginale in water buffaloes of the Marajó Island, State of Pará, Brazil. For serologic research were randomly selected 800 buffaloes and for molecular research 50 of these animals were randomly chosen. To quantify the serological prevalence we used the indirect enzyme linked immunosorbent assay (iELISA) with total antigen containing proteins outer surface. To quantify the prevalence molecular was used the polymerase chain reaction (PCR) involving gene amplification fragment larger surface protein 5 (MSP5). The prevalence of positive animals in iELISA was 25% (200/800). In the PCR we detected the presence of A. marginale in 2% (1/50) of animals. Although only one animal was positive in PCR, we found that it was negative in ELISA. The presence of the agent, even in low prevalence, shows that buffaloes can act as an important reservoir for transmission of the pathogen to cattle in northern Brazil.
Palavras-chave: Búfalo
Anaplasma marginale
Anaplasmose
Sorologia veterinária
Estudos soroepidemiológicos
Ilha de Marajó - PA
Soure - PA
ISSN: 0100-736X
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Aparece nas coleções:Artigos Científicos - FAMEVE/CCAST

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo_DeteccaoSorologicaMolecular.pdf479,37 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons