Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/5875
Tipo: Dissertação
Data do documento: Jun-2014
Autor(es): THIJM, Franklin Eduard Auad
Primeiro(a) Orientador(a): COELHO, Wilma de Nazaré Baía
Título: O que dizem teses e dissertações sobre relações raciais em educação (2004-2013)
Título(s) alternativo(s): What do theses and dissertations say about race relations in education (2004-2013)
Agência de fomento: CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Citar como: THIJM, Franklin Eduard Auad. O que dizem teses e dissertações sobre relações raciais em educação (2004-2013). 2014. 160 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Ciências da Educação, Belém, 2014. Programa de Pós-Graduação em Educação.
Resumo: O presente estudo analisa teses e dissertações brasileiras relacionadas com o tema Educação e Relações Raciais defendidas entre os anos de 2004-2013, cujo objetivo é identificar o que dizem as produções acadêmicas em relação à educação e relações raciais neste período. Com este intuito, foi realizada uma pesquisa do tipo qualitativa por meio da modalidade estudo bibliográfico utilizando-se o procedimento de coleta on-line de dados efetivada a partir do acesso ao sítio da Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações. Para o tratamento das informações recorreu-se à análise de conteúdo de Bardin (2011) como aporte metodológico e ao conceito de campo em Bourdieu (1974, 1976, 1983,1994, 1995,1998, 2003), enquanto aporte teórico. O resultado da investigação aponta para a acrescente abordagem sobre o tema relações como: movimentos sociais; identidades; racismo; formação de professores; propostas e práticas pedagógicas; memórias; ações afirmativas e políticas educacionais; currículos e programas; instrumentos pedagógicos; estado da arte, concepções teóricas, dentre outros, o que possibilita a visibilidade dos debates e favorece a criação de um campo em que disputas de força e sentidos podem mobilizar um poder simbólico capaz de impulsionar a superação da condição de exclusão social presente em diferentes esferas da sociedade.
Abstract: The present study examines Brazilian theses and dissertations related to the theme Education and Race Relations defended between the years 2004-2013, whose purpose is to identify what academic productions say respecting education and race relations during this period. With this purpose, a qualitative search was conducted through bibliographic study mode, using the collection procedure online of data, effective from the time of access to the site of the Brazilian Digital Library of theses and dissertations. For dealing with the information, the Bardin's content analysis was used (2011) as a methodological support and to the concept of field according to Bourdieu (1974, 1976, 1983,1994, 1995,1998, 2003), as a theoretical contribution. The outcome of the investigation points to the growing approach on the topic race relations and education in recent years, and the variation of this related subtopics, such as: social movements; identities; racism; training of teachers; proposals and pedagogical practices; memories; affirmative actions and educational policies; curricula and programs; pedagogical instruments; state of the art, theoretical concepts, among others, which enable the visibility of debates and promote the creation of a field where disputes of strength and senses can mobilize a symbolic power able to boost the overcoming of social exclusion condition present in different spheres of society.
Palavras-chave: Produção científica
Educação
Relações raciais
Brasil - País
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Pará
Sigla da Instituição: UFPA
Instituto: Instituto de Ciências da Educação
Programa: Programa de Pós-Graduação em Educação
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Aparece nas coleções:Dissertações em Educação (Mestrado) - PPGED/ICED

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao_QueDizemTeses.pdf1,47 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons