Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/6068
Compartilhar:
Type: Artigo de Periódico
Issue Date: Sep-2013
Authors: SANTOS, Suzianny Cristina Arimatéa
ROCHA JUNIOR, Carlos Augusto Ferreira da
SILVA, Liliane Nogueira da
ANGÉLICA, Rômulo Simões
NEVES, Roberto de Freitas
Title: Caulins amazônicos: possíveis materiais de referência
Other Titles: Amazon kaolin: possible reference materials
Citation: SANTOS, S. C. A. dos et al. Caulins amazônicos: possíveis materiais de referência. Cerâmica, São Paulo, v. 59, n. 351, p. 431-441, jul./set. 2013. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/ce/v59n351/a13v59n351.pdf>. Acesso em: 31 jul. 2014. <http://dx.doi.org/10.1590/S0366-69132013000300013>.
Resumo: Caulim é um produto originado pela ação do intemperismo de silicatos de alumínio como os feldspatos, que na região amazônica é favorecida pelo clima quente e úmido. Usado na fabricação de materiais refratários, cimentos, fármacos, catalisadores, cobertura e enchimentos de papel e outras diversas finalidades. Este trabalho tem como objetivo a caracterização e a comparação de caulins de coberturas e in natura de diferentes regiões do Pará (Rio Capim, Jarí e Vila do Conde) de origens sedimentares com caulins utilizados como materiais de referência (IPT-28, IPT-32, IPT-42, KGa-1b e KGa-2). Nas caracterizações foram utilizados métodos de análise química, física e mineralógica como: Análise de tamanho de partícula, Difração de raios X, Fluorescência de raios X, Microscopia Eletrônica de Varredura, Análise Térmica Diferencial. Os resultados mostraram como principal fase mineral em todos os caulins estudados a caulinita, com diferentes graus de "cristalinidade". Os caulins amazônicos apresentaram-se com alto e baixo grau de ordem estrutural, assim como os materiais de referências. No que se referem às propriedades de composição química, ambos os materiais apresentaram teores de SiO2 + Al2O3 acima de 90%, teores de Na2O e TiO2 muito baixos, em média 0,6% e 1,92%, respectivamente para os materiais de referência, e para os amazônicos foram de Na2O 0,3% e 1,62% para TiO2. Quanto à análise de tamanho de partícula, observaram-se variações de D50 = 0,7 a 9 µm para os da Amazônia e D50 = 1,7 a 6 µm para os de referência. Os caulins amazônicos sedimentares por mostrarem baixos teores de impurezas e por serem encontrados em grandes quantidades, sugerem um forte potencial para utilização como caulins de referência.
Abstract: Kaolin is a product originated by the weathering action of aluminum silicates, such as feldspars, which in the Amazon region is favored by warm and humid climate. Used in fabrication of refractory, cement, pharmaceuticals, catalysts, paper coating and filler and other several purposes. This study aims to characterization and comparison of kaolins for paper coating and in natura from different regions in Pará ( Rio Capim, Jarí and Vila do Conde) of sedimentary origin with kaolins used as reference materials (IPT-28, IPT-32, IPT-42, KGa-1b e KGa-2). The characterizations were carried out by methods of chemical, physical and mineralogical analyses: Particle size distribution, X-Ray Diffraction, X-Ray Fluorescence, Scanning Electron Microscopy, Differential Thermal Analysis. The results showed as main mineral phase in all kaolin studied the kaolinite, with different degrees of "crystallinity". The Amazon kaolins presented high and low degree of structural order as well as reference materials. With respect to the properties of chemical composition, both materials showed levels of SiO2 + Al2O3 above 90%, low levels of Na2O and TiO2, with average of 0.6% and 1.92%, respectively for the reference materials, and for amazon kaolins were 0.3% and 1.62% to TiO2. The particle size analysis showed variances of the D50 from 0.7 to 9 µm to the amazon kaolins and from 1.7 to 6 µm to the reference materials. The sedimentary amazon kaolins, with low levels of impurities and found in large quantities, suggest a strong potential for use as reference kaolins.
Keywords: Caulinita
Minerais industriais
Beneficiamento de minério
Resíduo caulinítico
Caulim - Amazônia
ISSN: 0366-6913
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Artigos Científicos - IG
Artigos Científicos - ITEC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Artigo_CaulinsAmazonicosPossiveis.pdf2,71 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons