Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/6699
Tipo: Dissertação
Data do documento: 1-Set-2014
Autor(es): ANJOS, Marina Dalmácio dos
Primeiro(a) Orientador(a): SÓRIA, Heliana Baía Evelin
Título: Resiliência em idosos atendidos em um Centro de Referência de Assistência Social em Santarém – PA
Citar como: ANJOS, Marina Dalmácio dos. Resiliência em idosos atendidos em um Centro de Referência de Assistência Social em Santarém – PA. 2014. 106 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Ciências Sociais Aplicadas, Belém, 2014. Programa de Pós-Graduação em Serviço Social.
Resumo: Esta pesquisa objetivou verificar de que forma ocorre a resiliência dos idosos que fazem parte do serviço de convivência e fortalecimento de vínculos, serviço este que de acordo com a Política Nacional de Assistência Social prioriza um envelhecimento ativo, saudável e autônomo. A pesquisa foi realizada em um Centro de Referência de Assistência Social, na cidade de Santarém (Oeste do Pará), com duas idosas de 64 anos que participavam do grupo. Foi utilizada uma escala de resiliência para selecionar as duas participantes da pesquisa, estas preencheram um questionário sociodemográfico, em seguida foram entrevistadas. O método utilizado foi o da história oral. Os resultados mostraram que o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos contribui com o desenvolvimento de fatores de proteção e que as idosas apresentaram em suas histórias de vida inúmeras situações em que os fatores de proteção contribuíram com a resiliência frente às adversidades. Quanto ao envelhecimento e suas adversidades, o grupo de idosos se apresenta como uma rede de apoio. Levando-se em conta o conceito de desenvolvimento utilizado neste estudo o life span, em que o ser humano pode desenvolver-se até os últimos dias da sua vida. Concluiu-se ainda que o idoso ao apresentar inúmeras adversidades, é afetado pelas mesmas, porém, pode ter um envelhecimento saudável através da resiliência, esta que pode ser desenvolvida e estimulada através dos fatores de proteção obtidos com os serviços do CRAS.
Abstract: This study aimed to verify how is the resilience of the elderly who are part of the service Coexistence and Strengthening Linkages, a service which according to the National Social Assistance Policy prioritizes active aging, healthy and autonomous. The survey was conducted in a Centers References Social Assistance in the city of Santarém (West of Pará), with two elderly 64 year old who participated in the group. Resilience scale was used to select the two participants, they completed a sociodemographic questionnaire then were interviewed. The method used was oral history. The results showed that the service Coexistence and Strengthening Linkages contributes to the development of protective factors and older had in their past numerous situations in which protective factors contributed to resilience in the face of adversity. As for the aging and its adversities, the elderly group presents itself as a support network. Taking into account the concept of development used in this study the life span, in which human can develop until the last days of his life. It was also concluded that the elderly to present numerous adversities, is affected by the same, however, can have a healthy aging by resilience, this can be developed and encouraged through the protective factors obtained with the CRAS services.
Palavras-chave: Resiliência psicológica
Idosos
Envelhecimento
Centro de Referência de Assistência Social
Santarém - PA
Pará - Estado
Amazônia brasileira
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIAL
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Pará
Sigla da Instituição: UFPA
Instituto: Instituto de Ciências Sociais Aplicadas
Programa: Programa de Pós-Graduação em Serviço Social
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Aparece nas coleções:Dissertações em Serviço Social (Mestrado) - PPGSS/ICSA

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao_ResilienciaIdososAtendidos.pdf1,09 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons