Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/7239
Tipo: Dissertação
Fecha de publicación : 3-nov-2015
Autor(es): CECIM, Arthur Martins
Primer Orientador: CORÔA, Pedro Paulo da Costa
Título : Arte e intuição intelectual em Schelling
metadata.dc.description.sponsorship: CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Citación : CECIM, Arthur Martins. Arte e intuição intelectual em Schelling. 2015. 120 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Belém, 2015. Programa de Pós Graduação em Filosofia.
Resumen: O objetivo desta dissertação é investigar a relação entre arte e intuição intelectual em Schelling a partir da perspectiva das preleções da Filosofia da arte e do Sistema do idealismo transcendental. Dentro do conceito de filosofia da arte como construção do absoluto na forma da arte, pretendemos analisar a importância da absolutez da exposição simbólica para a objetividade das Ideias da filosofia. Assim, pelo lado desse modo absoluto de exposição, a arte pode realmente exibir os arquétipos da filosofia em um objeto concreto. Pelo lado da intuição, como nos mostra a sexta parte do Sistema do idealismo transcendental, isso significa que a produção da intuição estética é a única forma de objetivação da intuição intelectual, a qual permanece dubitável nas esferas teórica e prática por não haver objetos na experiência que correspondam ao objeto inteligível dessa intuição nesses dois âmbitos.
Resumen : The aim of this dissertation is to investigate the relationship between art and intellectual intuition in Schelling from the perspective of his lectures on Philosophy of art and of the System of transcendental idealism. By the conception of philosophy of art as a construction of the absolute in the form of art, we intend to analyze the importance of the absoluteness of the symbolic exposition for the objectivity of the Ideias of Philosophy. Thus, on the side of this absolute way of exposing, art can really exhibit the archetypes of Philosophy through a concrete objet. On the side of intuition, as the sixth part of the System of transcendental idealism shows, this means that the production of the aesthetic intuition is the only form of objectification for the intellectual intuition, which remains doubtful in the theoretical and practical fields. For, there are no empirical objects that correspond to the intelligible objet of this intuition in these two fields.
Palabras clave : Schelling, Friedrick Wilhelm Joseph von, 1775-1854
Arte
Intuição
Intelectual
Objetivação da arte
Filosofia da arte
Sistema do idealismo transcendental
Estética
Beleza
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::FILOSOFIA
País: Brasil
Editorial : Universidade Federal do Pará
Sigla da Instituição: UFPA
Instituto: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas
Programa: Programa de Pós-Graduação em Filosofia
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Aparece en las colecciones: Dissertações em Filosofia (Mestrado) - PPGFIL/IFCH

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción Tamaño Formato  
Dissertacao_ArteIntuicaoIntelectual.pdf1 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este ítem está sujeto a una licencia Creative Commons Licencia Creative Commons Creative Commons