Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/8407
Compartilhar:
Type: Dissertação
Issue Date: 28-May-2015
Authors: OLIVEIRA, Anna Patrycia Martins de
First Advisor: GUIMARÃES, Diva Anelie de Araújo
Title: Estudo morfofisiológico do epidídimo de caititus (Pecari tajacu) adultos
Sponsor: CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Citation: OLIVEIRA, Anna Patrycia Martins de. Estudo morfofisiológico do epidídimo de caititus (Pecari tajacu) adultos. 2015. 35 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Núcleo de Ciências Agrárias e Desenvolvimento Rural, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Universidade Federal Rural da Amazônia, Belém, 2015. Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal.
Resumo: O presente trabalho visou estudar os aspectos histológicos epidídimo de caititus (Pecari tajacu) e as patologias espermáticas associadas às diferentes regiões desse órgão. Fato que contribuirá para o melhor entendimento da biologia reprodutiva da espécie, e consequentemente para a sua conservação. Foram utilizados oito animais adultos, na faixa etária de dois a quatro anos, procedentes do criatório de pesquisas científicas da Embrapa-Amazônia Oriental, localizado em Belém, Pará, Brasil. Cada uma das quatro partes do epidídimo (cabeça proximal, cabeça distal, corpo e cauda) foi dividida em duas porções, sendo que uma das porções foi macerada, enquanto a outra permaneceu intacta. A cauda do epidídimo foi submetida à técnica de fluxo retrógado. As amostras celulares foram armazenadas em formol salino, sendo utilizadas posteriormente para a análise de morfologia espermática. As amostras do órgão foram embaladas em gaze, identificadas e fixadas em ALFAC. Posteriormente, foram submetidas ao processamento histológico de rotina. Foram mensurados os diâmetros de até 20 túbulos e as alturas do epitélio de até 30 túbulos, de cada região do epidídimo, por animal. O teste ANOVA (One Way), apontou diferenças entre o diâmetro do túbulo da cabeça proximal e da cabeça distal (p=0,0008); entre a cabeça proximal e o corpo (p=0,0009); entre a cabeça proximal e a cauda (p=0,0002). Não houve diferenças significativas (p>0,05) entre as demais partes do epidídimo. Foi verificado que a cabeça proximal apresenta a média de diâmetro dos túbulos menor em relação às demais porções do epidídimo. O teste de Newman Keuls apontou semelhanças entre a média da altura do epitélio do corpo e da cauda (p=0,551). Todavia, foram observadas diferenças significativas entre a cabeça distal e a cabeça proximal (p=0,0009); a cabeça distal e a cauda (p=0,0055); cabeça distal e corpo (p=0,0021); cabeça proximal e corpo (p=0,0008); cabeça proximal e cauda (p = 0,0055). Em todas as regiões do epidídimo de caititu, foi observada a presença de epitélio pseudoestratificado colunar com estereocílios. Foram observadas 13 tipos diferentes de alterações morfológicas, sendo que espermatozoides subdesenvolvidos e cabeças soltas foram as mais frequentes ao longo do epidídimo de caititus. Não foram observadas diferenças em relação ao número de patologias nas diferentes regiões do epidídimo, (teste de Man-Whitney) (cabeça proximal: U=19,500; p=0,189; cabeça distal: U= 31,500; p=0,958; corpo: U=27,000; p=0,599 e cauda: U=20,00; p=0,207). Em muitas espécies as análises histopatológicas são frequentemente estudadas, todavia em animais silvestres, como o caititu, ainda são pouco pesquisadas. Dessa forma, os dados deste trabalho são pioneiros, e servirão como base para futuras pesquisas comparativas sobre a biologia reprodutiva dos artiodátilos, contribuindo para a sua conservação e produção.
Abstract: This work aimed to study the histology of epididymis peccaries (Pecari tajacu) and sperm pathologies associated with different regions of the organ. A fact that will contribute to a better understanding of the reproductive biology of the species, and consequently for their conservation. Eight adult animals were used, aged two to four years, coming from breeding scientific research of Embrapa Amazônia Oriental, located in Belém, Pará, Brazil. Each of the four parts of the epididymis (proximal the head and distal the head, body and tail) was divided into two portions, and one of the portions was macerated, while the other remained intact. The epididymal tail underwent retrograde flow technique. The cell samples were stored in formol saline, and then used for the analysis of sperm morphology. Samples of the body were wrapped in gauze, identified and fixed in ALFAC. Later, they were submitted to routine histological processing. Diameters were measured up to 20 tubules and the heights of up to 30 tubules epithelium, the epididymis of each region for each animal. ANOVA (One Way), pointed out differences between the diameter of the proximal tubule of the head and distal head (p = 0.0008); between the proximal head and the body (p = 0.0009); between the proximal head and the tail (p = 0.0002). There were no significant differences (p> 0.05) among the other parts of the epididymis. It was found that the proximal head has a diameter of less tubules average compared to other portions of the epididymis. The Newman Keuls test showed similarities between the average body epithelium height and tail (p = 0.551). However, significant differences were observed between the distal head and the proximal head (p = 0.0009); the distal head and the tail (p = 0.0055); distal head and body (p = 0.0021); proximal head and body (p = 0.0008); proximal head and tail (p = 0.0055). In all regions of the epididymis of peccary, it observed the presence of pseudostratified columnar epithelium with stereocilia. 13 different types of morphological changes were found, and underdeveloped sperm and loose heads were the most frequent along the epididymis of peccaries. There were no differences in the number of pathologies in different regions of the epididymis (Man-Whitney test) (proximal head: U = 19.500, p = 0.189; distal head: U = 31.500, p = 0.958; body: U = 27,000; p = 0.599 and tail: U = 20.000, p = 0.207). In many species the histopathological analysis are often studied, however in wild animals, such as peccary, are still poorly researched. Thus, this study data are pioneers, and will serve as a basis for future comparative research on the reproductive biology of artiodactyls, contributing to their conservation and production.
Keywords: Caititu
Pecari tajacu
Estudo morfofisiológico
Análise histopatológica
Morfologia animal
Epidídimo
Espermatozóide
Patologias espermáticas
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::MORFOLOGIA::HISTOLOGIA
CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA::PATOLOGIA ANIMAL::ANATOMIA PATOLOGIA ANIMAL
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária
Universidade Federal Rural da Amazônia
Institution Acronym: UFPA
EMBRAPA
UFRA
Department: Campus Universitário de Castanhal
Program: Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Ciência Animal (Mestrado) - PPGCAN/Castanhal

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_EstudoMorfofisiologicoEpididimo.pdf2,34 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons

Admin Tools