Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/8734
Tipo: Artigo de Periódico
Data do documento: Set-2016
Autor(es): COSTA, Maria de Nazaré Pereira da
GOMES, Holga Cristina da Rocha
ALMEIDA, Thais Cristiny Carvalho
PINHEIRO, Renata da Conceição da Silva
COSTA, Calíope Almeida
GONDIM, Ludmilla Moreira Lima
SILVA, Mayra Raab Pereira da
CAMPOS, Rayane Sobral
SILVA, Stephanie Matos
LIMA, Valentina Ferreira Santos de Almada
Título: Violence against women: Can "jealousy" mitigate the significance of violence?
Título(s) alternativo(s): Violência contra a mulher: o "ciúme" pode atenuar o significado da violência?
Citar como: COSTA, Maria de Nazaré Pereira da et al. Violence against women: Can "jealousy" mitigate the significance of violence?. Estudos de psicologia (Campinas), Campinas, v. 33, n. 3, p. 525-533, jul./set. 2016. Disponível em:<http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-166X2016000300525&lng=pt&nrm=iso>. Acesso em: 21 jun. 2017. <http://dx.doi.org/10.1590/1982-02752016000300015>.
Resumo: Crenças sobre amor e ciúme podem constituir-se em variáveis que influenciam a violência contra a mulher. Esta replicação de um estudo norte-americano buscou, sobretudo, comparar os dados encontrados com os do estudo original quanto à aceitação da violência relacionada ao ciúme. Participaram 264 universitários. Todos ouviram e avaliaram dois áudios ("ciúme" e "não ciúme"), porém, metade ouviu que o marido bate na esposa e metade que ele não bate. Após cada áudio, os participantes avaliaram seis questões, dentre elas, o quanto o marido amava a esposa e quanto duraria a relação. Observou-se que a agressão, na condição "não ciúme", teve um significado acentuadamente negativo tanto no estudo norte-americano quanto no atual, o que não foi observado na condição "ciúme". Concluiu-se que a violência contra a mulher é uma prática cultural no Brasil e que regras sociais sobre honra masculina, submissão feminina e ciúme exercem influência sobre essa prática.
Abstract: Beliefs about love and jealousy can be variables that influence violence against women. The aim of our reproduction of a United States study was to compare our data with those of the original study regarding the acceptance of violence related to jealousy. A total of 264 college students participated in the study. They heard and assessed two audio recordings ("jealousy" and "no jealousy"), but half heard situations in which the husband beat his wife and half situations in which the husband does not beat his wife. After each audio recording, participants answered six questions, among them: "how much the husband loves his wife" and "how long would the relationship last". It was observed that, aggression, in the case of "no jealousy", showed to have a negative meaning both in the United States study and in the present study, which was not observed in the case of "jealousy". It may be concluded that violence against women is a cultural practice in Brazil and that social rules regarding male honor, female submission and jealousy exert influence on this practice.
Palavras-chave: Violência contra as mulheres
Agressividade (Psicologia)
Ciúme
Submissão feminina
Título do Periódico: Estudos de Psicologia (Campinas)
ISSN: 1982-0275
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Pará
Sigla da Instituição: UFPA
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Aparece nas coleções:Artigos Científicos - IFCH

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo_ViolenceAgainstWomen.pdf211,18 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons