Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/11098
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorOLIVEIRA, Márcia Luzia Silva de-
dc.date.accessioned2019-05-06T18:14:50Z-
dc.date.available2019-05-06T18:14:50Z-
dc.date.issued2013-03-06-
dc.identifier.citationOLIVEIRA, Márcia Luzia Silva de. Adoção tardia de gêmeos: estudo de caso de uma família adotante. 2013. 80 f. Orientadora: Celina Maria Colino Magalhães. Dissertação (Mestrado em Teoria e Pesquisa do Comportamento) - Núcleo de Teoria e Pesquisa do Comportamento, Universidade Federal do Pará, Belém, 2013. Disponível em: . Acesso em:.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/11098-
dc.description.abstractThe research describes the transition from conjugality for adoptive parenthood of twins, at the age of three and half years. Based on the structural theory of systemic aimed to analyze the relationship of a couple age 50-63 years old, so, identify the reasons, routines and changes after adoption. It was used as instruments Semi-structured Interviews, Genogram Interviews, Routine Inventory and Daily Field. From the reports were taken two axis: “The couple: characteristics and performance” and “The adoptive family: couple and routine care of the twins.” The main results indicate that since the beginning of the relationship, the couple already experiencing several transitions. It appears that after the adoption, the role of parenting creates a period of conflict, crisis, difficulty in orienting, educating, establishing rules and limits children who lived institutionalized since seven months. It can be seen in the role of wife overload in child care, the family has the support of a cooperating in housework and childcare. In addition, the couple faces some prejudices of society in general, and those closest to the decision to adopt older children. It is noteworthy that need psychological support families adopters during and after late adoption process and the importance of longitudinal study.pt_BR
dc.description.sponsorshipCNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológicopt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Parápt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.source1 CD-ROMpt_BR
dc.subjectAdoçãopt_BR
dc.subjectAdoção tardiapt_BR
dc.subjectFamíliapt_BR
dc.subjectFamília adotantept_BR
dc.subjectParentalidade adotivapt_BR
dc.titleAdoção tardia de gêmeos: estudo de caso de uma família adotantept_BR
dc.title.alternativeLate adoption of twins: a single case study adoptive familypt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentNúcleo de Teoria e Pesquisa do Comportamentopt_BR
dc.publisher.initialsUFPApt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIApt_BR
dc.contributor.advisor1MAGALHÃES, Celina Maria Colino-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/1695449937472051pt_BR
dc.contributor.advisor-co1PEDROSO, Janari da Silva-
dc.contributor.advisor-co1Latteshttp://lattes.cnpq.br/4096274367867186pt_BR
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/5247318799067444pt_BR
dc.description.resumoA pesquisa descreve a transição da conjugalidade para parentalidade adotiva de gêmeos tardios, na faixa etária de três anos e meio. Com base na teoria estrutural sistêmica teve como objetivo analisar a relação de um casal na faixa etária de 50 a 63 anos de idade, assim, identificar os motivos, rotina e mudanças após a adoção. Foram realizadas entrevistas semiestruturada, entrevistas de genograma, inventário de rotina e diário de campo. A partir dos relatos foram extraídos os eixos temáticos: “O casal: características e funcionamento” e “A família adotante: rotina do casal e cuidado com os gêmeos”. Os principais resultados apontaram que, desde o inicio da relação, o casal já vivenciava diversas transições. Constata-se que após a adoção, o papel da parentalidade gera um período de conflitos, crises, dificuldade em orientar, educar, estabelecer regras e limites as crianças que viveram institucionalizadas desde os sete meses de vida. Percebe-se no papel da esposa uma sobrecarga nos cuidados com as crianças, a família conta com o apoio de uma colaboradora nas tarefas domésticas e cuidados infantis. Além disso, o casal enfrenta alguns preconceitos da sociedade em geral, e pessoas mais próximas em relação à decisão de adotarem crianças maiores. Destaca-se que é necessário suporte psicológico as famílias adotantes durante e após o processo de adoção tardia e a importância de um estudo longitudinal.pt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Teoria e Pesquisa do Comportamentopt_BR
dc.subject.linhadepesquisaECOLOGIA DO DESENVOLVIMENTO HUMANOpt_BR
dc.subject.areadeconcentracaoECOETOLOGIApt_BR
Appears in Collections:Dissertações em Teoria e Pesquisa do Comportamento (Mestrado) - PPGTPC/NTPC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_adocaoTardiaGemeos.pdf1,48 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons