Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/11661
Tipo: Dissertação
Data do documento: 24-Mai-1989
Autor(es): SOUZA, Eliene Lopes de
Primeiro(a) Orientador(a): KOTSCHOUBEY, Basile
Título: Estudo geológico das lateritas aluminosas da Serra de Trucarã (Tucuruí, Estado do Pará)
Agência de fomento: 
Citar como: SOUZA, Eliene Lopes de. Estudo geológico das lateritas aluminosas da Serra de Trucarã (Tucuruí, Estado do Pará). Orientador: Basile Kotschoubey. 1989. 103 f. Dissertação (Mestrado em Geologia e Geoquímica) – Centro de Geociências, Universidade Federal do Pará, Belém, 1989. Disponível em: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/11661. Acesso em: .
Resumo: A sequência laterito-bauxítica que capeia a Serra de Trucará (Tucuruí, PA), evoluiu a partir das rochas da Formação Caraipé, constituída por basaltos com intercalações psamíticas e pelíticas. Os basaltos sofreram uma alteração rápida originando uma couraça homogênea, rica em óxido-hidróxido de ferro, modificada por processos epigenéticos. Os processos envolvidos na formação e modificação da couraça primária consistiram principalmente em dessilicificação, neoformação/desestabilização de caolinita, gibbsita e óxido-hidróxido de ferro, diferenciação vertical Fe-A1 originando uma zona ferruginosa sobreposta a outra mais aluminosa. Ococrreram ainda degradação/desmantelamento da zona mais ferruginosa e deferrificação parcial da mesma. O perfil característico da área é constituido por dois horizonte principais (superior e inferior), sendo recoberto por um capeamento argiloso considerado alóctone. O horizonte inferior apresenta variações acentuadas. Caracteriza-se por um arcabouço ferro-aluminoso, remanescente da couraça primária, envolvendo zonas mais aluminosas, em geral pseudo-oolíticas, além de zonas feruginosas, comumente na forma de depósitos cutânicos. Apresenta ainda abundantes cavidades preenchidas por material gibbsítico. O horizonte superior não apresenta variações acentuadas e caracteriza-se por feiçõs pseudo-pisolíticas ou brechóides. Formou-se a partir da degradação/desmantelamento da parte superior do horizonte subjacente.
Palavras-chave: Geoquímica de superfície
Intemperismo
Bauxita
Tucuruí - PA
Área de Concentração: GEOLOGIA
CNPq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Pará
Sigla da Instituição: UFPA
Instituto: Instituto de Geociências
Programa: Programa de Pós-Graduação em Geologia e Geoquímica
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Fonte: 1 CD-ROM
Aparece nas coleções:Dissertações em Geologia e Geoquímica (Mestrado) - PPGG/IG

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao_EstudoGeologicoLateritas.pdf58,16 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons