Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/10073
Compartilhar:
Type: Dissertação
Issue Date: 1-May-2013
Authors: SOUSA, Elton Vinícius Oliveira de
First Advisor: SILVA, Hilton Pereira da
Title: Capacidade funcional e condições sócio-ecológicas em idosos longevos: uma amostragem dos ex-combatentes da Segunda Guerra Mundial em Belém do Pará
Other Titles: Functional capacity and socio-ecological conditions in long-lived elderly people: a sample of former combatants of World War II in Belém (PA)
Citation: SOUSA, Elton Vinícius Oliveira de. Capacidade funcional e condições sócio-ecológicas em idosos longevos: uma amostragem dos ex-combatentes da Segunda Guerra Mundial em Belém do Pará. 2013. 96 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Ciências Biológicas, Belém, 2013. Programa de Pós-Graduação em Saúde, Sociedade e Endemias da Amazônia. Disponível em: <http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/10073>. Acesso em:.
Resumo: A rapidez com que a humanidade envelhece requer adaptações no estilo de vida das sociedades e a atenção ao idoso exige novos paradigmas entre o governo e o cidadão. Em Belém do Pará, Brasil, os Ex-combatentes da II Guerra Mundial, não participaram do desfile da Independência em 2010, alegando falta de condições físicas, o que despertou o interesse em saber como está vivendo esta parcela da população paraense, uma vez que desfilavam desde 1951. Para tanto, descreveu-se o perfil de envelhecimento de uma amostra dos Ex-combatentes da II Guerra Mundial, residentes em Belém (PA) em seus aspectos bioantropológicos, face à transição demográfica e epidemiológica que o Brasil está passando, especialmente na região norte, na qual verificaram-se poucos os estudos sobre envelhecimento humano. Dessa forma, baseou-se este estudo no método transversal e descritivo, correlacional quantitativo. Assim, realizaram-se duas etapas na pesquisa uma bibliográfica e outra de campo, na qual coletou-se a amostra necessária para o estudo. Essa amosta está constituída por 20 Ex-combatentes (Marinha n=9, Exército n=9 e Aeronáutica n=2), com idade de 90,15±5,33 anos. Na análise dos dados, utilizou-se o programa estatístico SPSS 20.0 para análises univariadas e multivariadas. A variável dependente, capacidade funcional, foi avaliada pelas Atividades de Vida Diária (AVD), aplicou-se o modelo de Katz (1963). O estado nutricional foi definido a partir dos diagnósticos obtidos da análise das variáveis antropométricas: índice de massa corporal, dobra cutânea tricipital e circunferência muscular do braço, e a força muscular geral, por meio da avaliação da força de preensão palmar. As condições sociais e de saúde foram avaliadas por questionários sociodemográficos e foi realizado um exame físico com vistas à identificação das condições de saúde ao longo do curso de vida. Os Ex-combatentes da II Guerra Mundial residentes em Belém (PA), são homens fisicamente ativos e independentes nas AVDs, (95%). Este resultado foi corroborado por meio da avaliação da força de preensão palmar em que se observou que a amostragem possui os mesmos níveis de força muscular quando comparados a outras populações de idosos brasileiros. Na avaliação nutricional, 30% são eutróficos enquanto os 70% não são eutróficos. No perfil socioeconômico, constatou-se que 65% são casados; 30% viúvos e 5% solteiros, com média de 5±3,11 filhos. O nível de escolaridade é de 40% com ensino médio, vivem em boas condições habitacionais, com renda mensal superior a cinco salários mínimos. Independem dos serviços do SUS. São católicos (95%) e 25% deles ainda exercem atividades comunitárias. O uso recreacional de bebida alcoólica foi relatado por 50% da amostra e 100% não fumam. À longevidade e a boa capacidade funcional, foram atribuídas à favorável condição socioeconômica e ao apoio familiar. Na análise do curso de vida, pode-se hipotetizar a eles elevada capacidade de adaptação social em virtude das experiências na guerra, apesar de se encontrarem com grande perda de prestígio social, sendo esta uma importante razão para a não participação no desfile militar em 2010.
Abstract: The suddenness that humanity grows old requires adaptations of the societies’ lifestyle and attention to the elderly people needs new paradigms between government and citizen. In Belém of Pará, Brazil, the former combatants of World War II did not participate of the Independence parade in 2010, alleged lack of physical conditions, that arouse the interest in know this parcel of the population of Pará lives, as they have participated of the parade since 1951. With this aim, the aging profile of a sample of former-combatants of World War II, who live in Belém, was described in its bioantropologic aspects, relating to transition of density and epidemiology which Brazil is passing by, especially in the North region, in which we identify few studies about human aging. Thus, this study was based on survey method and descriptive, correlational quantitative. There were two phases in the research one bibliographic and another in the field in which we collected the required sample for the study. This sample is composed of 20 Ex-combatants (Navy n = 9, Army n = 9 and Air Force n = 2), aged 90.15 ± 5.33 years. In data analysis, we used SPSS 20.0 for univariate and multivariate analysis. The dependent variable, functional capacity was assessed by the Activities of Daily Living (ADL), we applied the Katz’s model (1963), The Nutritional status was defined through the diagnoses obtained from the analysis of anthropometric variables: body mass index, triceps skinfold thickness and arm muscle circumference and overall muscle strength, through the evaluation of grip strength. The Social conditions and health were assessed by questionnaires and sociodemographic a physical examination was performed in order to identify health conditions over the life course. Ex-combatants of World War II who live in Belém (PA), men are physically active and independent in ADL (95%). This result was confirmed by the evaluation of grip strength which noted that the sample has the same levels of muscle strength when compared to other populations of elderly Brazilians. In the nutritional assessment, 30% are eutrophic while 70% are not eutrophic. In socioeconomic profile, it was found that 65% are married, 30% widowed and 5% single, averaging 5 ± 3.11 children. The education level is 40% with high school, live in good housing conditions, with a monthly income of more than five minimum wages. They are independent of unified health system. 95% are Catholic and 25% of them still hold community activities. The recreational use of alcohol was reported by 50% of the sample and 100% are non-smokers. For longevity and good functional capacity, they were attributed to favorable socioeconomic status and family support. In the analysis of the course of life, we can hypothesize them high social adaptability due to bad experiences in the war, despite being with great loss of social prestige, which is an important reason for non-participation in military parade in 2010.
Keywords: Envelhecimento – Pará - Aspectos da saúde
Envelhecimento – Pará – Aspectos fisiológicos
Envelhecimento – Pará – Aspectos antropológicos
Envelhecimento – Pará – Aspectos sociais
Ex-combatentes – Pará
Guerra Mundial, 1939-1945
Concentration Area: DINÂMICA DOS AGRAVOS E DAS DOENÇAS PREVALENTES NA AMAZÔNIA
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::FISIOLOGIA::FISIOLOGIA GERAL
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Institution Acronym: UFPA
Department: Instituto de Ciências Biológicas
Program: Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas
Source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Dissertações em Saúde, Sociedade e Endemias na Amazônia (Mestrado) - PPGSSEA/ICB

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_CapacidadeFuncionalCondicoes.pdf2,23 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons