Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/10097
Compartilhar:
Type: Dissertação
Issue Date: 13-Oct-2015
Authors: FONSECA, Kátia Regina Silva da
First Advisor: ARAÚJO, Marília de Souza
First Co-Advisor: FELÍCIO, João Soares
Title: Perfil sócio comportamental e clínico de crianças e adolescentes com diabetes mellitus tipo 1 atendidas na Unidade de Referência em Diabetes e Endocrinologia do Estado do Pará
Citation: FONSECA, Kátia Regina Silva da. Perfil sócio comportamental e clínico de crianças e adolescentes com diabetes mellitus tipo 1 atendidas na Unidade de Referência em Diabetes e Endocrinologia do Estado do Pará. 2015. 59 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Ciências Biológicas, Belém, 2015. Programa de Pós-Graduação em Saúde, Sociedade e Endemias na Amazônia. Disponível em: <http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/10097>. Acesso em:.
Resumo: Introdução: O Diabetes Mellitus tipo1 na infância e adolescente está despertando atenção pelo aumento do número de casos, estando entre endocrinopatias mais comuns nesta faixa etária. Objetivo: Traçar o perfil sócio comportamental e clínico de pessoas diabéticas do tipo 1 menores de 15 anos que fazem acompanhamento no ambulatório do Hospital Universitário João de Barros Barreto, Referência em Diabetes do Estado do Pará. Centro de Referência em Endocrinologia e Diabetes do Estado do Pará. Métodos: Trata-se de um estudo descritivo, prospectivo, com abordagem quantitativa. As variáveis analisadas foram dados sociodemográficos, comportamental, antropométricos, conhecimento do diabetes e dificuldades encontradas no tratamento dos pacientes. Os dados obtidos por meio do preenchimento de questionário, respondido pelo responsável da criança ou adolescente, na faixa etária de até 15 anos de idade com diagnóstico de diabetes mellitus tipo 1. Foi observado que as crianças apresentaram nível de glicemia dentro da normalidade (71,43%), enquanto que entre os adolescentes predominou glicemia alterada (75%). Não foi evidenciado influencia ao sexo, a escolaridade e a renda familiar, quando relacionada à glicemia. Na análise comportamental a frequência e a prática de atividade física, não demonstrou ser um fator que interferiu no controle da glicemia. Quanto a prescrição da dieta, a maioria reconhece ser o nutricionista como o responsável por esta conduta (70%), a dificuldade financeira foi apontada como principal fator que impede seguir essa dieta (26,67%), e o principal critério adotado por esta clientela é a não ingestão de açucares e doces (63,33%), quando nos reportamos ao lanche ingerido na escola predominou aquele produzido e levado de casa (53.33%). Quanto à insulinoterapia uso mais frequente foi análogo de insulina de curta e longa duração (46,67%). A causa do diabetes a reconhecem ser pelo déficit de insulina (45,24%). A nefropatia foi relatada apenas em um paciente (3,33%), e a maioria já consultou oftalmologista (60%). A média do nível de glicemia entre as crianças foi 167,43, e adolescentes 177,50. Conclusão: O crescimento de casos de DM1 é uma preocupação mundial para a Saúde Pública. As dificuldades se estendem desde o conhecimento sobre a fisiopatologia até a necessidade de mudanças de hábitos de vida, que acontece através de um processo de educação que inicia nas consultas de rotina e se estende ao trabalho de grupo, objetivando melhor controle glicêmico e de complicações diabéticas, proporcionando melhor qualidade de vida a essa clientela.
Abstract: Introduction: Diabetes mellitus type 1 at children and adolescents is awakening attention to the increasing number of cases, is the most common endocrine disease at this age group. Objective: To describe the profile of type 1 diabetic patients under 15 who do monitoring at Reference Center of Endocrinology and Treatment Methods for Diabetes in State of Pará: This was a descriptive analytical, prospective study with a quantitative approach. The variables analyzed were sociodemographic, behavioral, anthropometric data, diabetes knowledge and difficulties encountered in the treatment of patients. All data required for the analysis was obtained by questionnaire filling, answered by the parents or people in charge of the child or adolescent aged up to 15 years of age diagnosed with type 1 diabetes mellitus at the clinic of the University Hospital João de Barros Barreto, reference in Pará for diabetes Treatment. Results: We observed 30 patients; children had blood glucose level within the normal range (71.43%), while the teenager with altered glycemia (75%). No relation was found between glucose indices and sex, education or family income. The behavioral analysis regarding frequency and physical activity in this study did not prove a factor that interfered with controlled blood glucose or not. About the diet therapy, a major part of interviewed recognizes that nutritionist is the professional is responsible for prescribing (70%), financial issue is appointed as the most difficult factor to follow such a diet (26.67%), the main criteria for this diet is not eating sugar and sweets (63.33%). School snacks are made and brought from home (53.33%). Insulin therapy more frequently is the analogue insulin short and long term (46.67%). Regarding the cause of diabetes, insulin deficit is the principal (45.24%). Nephropathy had been report in only one patient (3.33%). Many of them have already checked ophthalmologist (60%) as a preventive measure. The average blood glucose level among children was 167.43, 177.50 and adolescents. Conclusion: The increase of cases of DM1 is a global concern for public health. The difficulties come since the knowledge of the pathophysiology until lifestyle changes needing, which starts at process of education during the routine clinical practice and reaches the working group, aiming to better glycemic control and better quality life to this clientele.
Keywords: Diabetes mellitus tipo 1 – Belém (PA)
Crianças doentes
Crianças – Assistência hospitalar - Belém (PA)
Doenças crônicas
Diabetes - Pacientes
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Institution Acronym: UFPA
Department: Instituto de Ciências Biológicas
Program: Programa de Pós-Graduação em Saúde, Sociedade e Endemias na Amazônia
Source: CD-ROM
Appears in Collections:Dissertações em Saúde, Sociedade e Endemias na Amazônia (Mestrado) - PPGSSEA/ICB

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_PerfilSocioComportamental.pdf915,59 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons