Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/10168
Compartilhar:
Type: Tese
Issue Date: 3-Aug-2018
Authors: BRASIL, Leandro Schllemmer
First Advisor: JUEN, Leandro
Title: Padrões de diversidade e suas implicações para a conservação de Odonata (Insecta) em igarapés amazônicos
Other Titles: Patterns of diversity of the Odonata (Insecta) in Amazonian streams and implications for Conservation
Sponsor: CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Citation: BRASIL, Leandro Schllemmer. Padrões de diversidade e suas implicações para a conservação de Odonata (Insecta) em igarapés amazônicos. 2018. 145 f. Tese (Doutorado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Ciências Biológicas, Belém, 2018. Programa de Pós-Graduação em Zoologia. Disponível em: <http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/10168>. Acesso em:.
Resumo: Conhecer os padrões de distribuição de espécies ao longo da paisagem e entender os mecanismos que os geram são perguntas extremamente relevantes, para que possamos avançar no conhecimento ecológico das comunidades biológicas. Essas questões supracitadas são essenciais para o gerenciamento e tomada de decisão sobre a conservação da biodiversidade, das condições ambientais e dos recursos ecossistêmicos. Nesta tese, utilizamos as comunidades de Zygoptera (Insecta: Odonata) de igarapés da Amazônia brasileira para investigarmos seus padrões de diversidade alfa (Capítulo 1), diversidade beta (Capítulo 2), elementos que estruturavam suas metacomunidades (Capítulos 3) e para uma análise de priorização espacial para conservação da ordem estudada na Amazônia (Capítulo 4). Utilizamos preditoras ambientais, biogeográficas e espaciais para investigar os mecanismos estruturantes para a distribuição das comunidades alvos da tese. Analisando a diversidade alfa (Capítulo 1) as hipóteses de heterogeneidade ambiental (clima) e produtividade primária foram mais importantes para os padrões de riqueza de espécies de Zygoptera. Considerando a diversidade beta (Capítulo 2), o turnover foi o componente mais importante para a mudança na composição de espécies ao longo da paisagem, conjuntamente com a distância espacial entre os sítios e a região biogeográfica (áreas de endemismo) foram as preditoras mais importantes para os padrões de diversidade beta de Zygoptera. Analisando os padrões de metacomunidades (Capítulo 3) verificamos que em comunidades de igarapés ambientalmente preservadas o padrão é Clementsiano, mas em comunidades de igarapés ambientalmente alterados o padrão é alterado para aninhamento de comunidades, onde estes igarapés representariam subconjuntos dos locais mais preservados. No quarto capítulo evidenciamos que a distribuição espacial das unidades de conservação da Amazônia não as torna eficiente para conservar o habitat de grandes porções de diversidade beta de Odonata. Uma vez que as áreas prioritárias estão localizadas principalmente na região sul da Amazônia e a maior parte destas áreas já está desmatada, pois estão inseridas dentro do arco do desmatamento, em seguida, considerando apenas áreas florestadas, as áreas prioritárias deslocam-se para a faixa mais central da Amazônia. Apartir daí sugerimos a criação de 2 novas unidades de conservação ou incentivos para atividades de baixo impacto nas regiões mais centrais, prioritárias e ainda florestadas, bem como, o incentivo para a restauração das áreas prioritárias já desmatadas. Uma possibilidade para isso, seria a implementação de programas que pagam por serviços ecossistêmicos, como créditos de carbono provenientes de reflorestamento, e/ou o desenvolvimento de atividades com menor impacto sobre a biodiversidade, como agrosilvicultura. Contribui consideravelmente para diminuir as lacunas wallaceanas e hutchisonianas de Zygoptera na Amazônia brasileira.
Abstract: The distribution of species within a landscape and the mechanisms that determine this distribution are fundamental questions for the understanding of the ecology of biological communities. The understanding of these phenomena is essential for the management of ecosystems and decision-making on the conservation of biodiversity, environmental conditions, and ecosystem resources. In this dissertation, we focused on the communities of the damselflies, suborder Zygoptera (Insecta: Odonata), found in streams in the Brazilian Amazon region to investigate their alpha diversity (Chapter 1), beta diversity (Chapter 2), and the elements that structure metacommunities (Chapters 3), as well as the spatial priorities for the conservation of Amazonian odonates (Chapter 4). We used environmental, biogeographic, and spatial predictors to investigate the mechanisms that structure the distribution of the communities analyzed in this dissertation. In the case of alpha diversity (Chapter 1), environmental heterogeneity (climate) and primary productivity were the most important determinants of zygopteran species richness. For beta diversity (Chapter 2), turnover was the most important component of changes in species composition within the landscape, together with the spatial distance between sites, and the biogeographic region (centers of endemism), which were the most important predictors of zygopteran beta diversity. In our analysis of metacommunity patterns (Chapter 3), we found a Clementsian pattern in well-preserved streams, with a major change in the configuration of the communities in streams with environmental alterations, which represented subsets of the better preserved areas. In Chapter 4, we show that the spatial distribution of the conservation units in the Amazon region is relatively ineffective for the conservation of most of the beta diversity of the region’s odonates. As the priority areas are located predominantly in southern Amazonia, and most of these areas have already been deforested, given that they lie within the arc of deforestation, the priority areas were displaced toward the forested environments located nearer the center of the Amazon region. Based on this analysis, we suggest the creation of new conservation units or the implementation of incentives for the establishment of activities that cause reduced environmental impacts in more central, priority areas, which are still forested, as well as 4 the restoration of priority areas that have already been deforested. One possibility here would be the implementation of programs that pay for ecosystem services, such as carbon credits obtained through reforestation and/or the development of activities with a reduced impact on biodiversity, such as agroforestry. This study also makes a major contribution to the reduction of the Wallacean and Hutchisonian shortfalls on the zygopterans of the Brazilian Amazon region.
Keywords: Odonata - Ecologia
Inseto aquático - Populações
Diversidade de espécies - Aspectos ambientais
Ecologia de água doce
Libelula
Concentration Area: BIODIVERSIDADE E CONSERVAÇÃO
Research Line: ECOLOGIA ANIMAL
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ZOOLOGIA
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Museu Paraense Emílio Goeldi
Institution Acronym: UFPA
MPEG
Department: Instituto de Ciências Biológicas
Program: Programa de Pós-Graduação em Zoologia
Source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Teses em Zoologia (Doutorado) - PPGZOOL/ICB

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_PadroesDiversidadeImplicacoes.pdf3,45 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons