Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/10245
Compartilhar:
Type: Dissertação
Issue Date: 14-Mar-2018
Authors: CASTRO, Luciana Gouvêa Hage de
metadata.dc.description.affiliation: UFPA - Universidade Federal do Pará
First Advisor: AMORIM, Célia Regina Trindade Chagas
Title: Gênero e o impeachment de Dilma Roussef: uma análise de páginas de facebook feministas e de mulheres ativistas na Amazônia
Citation: CASTRO, Luciana Gouvêa . Gênero e o impeachment de Dilma Rousseff: uma análise de páginas de facebook feministas e de mulheres ativistas na Amazônia. 2018. 126 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Letras e Comunicação, Belém, 2018. Programa de Pós-Graduação em Comunicação, Cultura e Amazônia. Disponível em: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/10245. Acesso em:.
Resumo: O processo político do impeachment da então Presidenta Dilma Rousseff, primeira mulher eleita ao mais alto cargo do executivo no Brasil, é a moldura contextual da pesquisa aqui apresentada, que analisará as comunicações de quatro comunidades do Facebook, administrados por mulheres a partir de Imperatriz (Feministas de Imperatriz – Fórum de Mulheres e Afim - Articulação Feminista de Imperatriz), Manaus (Feminismo em Manaus) e Rio Branco (Bate Papo Feminista Acre). A análise temporal foi delimitada a partir das três principais fases do processo de impeachment, são elas: a aceitação da denúncia pelo então presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha; a votação deste processo na referida Câmara; e o veredicto final dado pelos Senadores. Como questão problema apresenta-se: De que forma foi abordado o impeachment de Dilma Rousseff nas construções comunicativas nos perfis feministas/ de mulheres ativistas amazônidas? A hipótese parte do pressuposto de que as comunicações dos perfis, embora tenham na centralidade um ativismo político para a causa da mulher, não discutiram a questão de gênero no processo de afastamento de Dilma Rousseff, houve na realidade um silenciamento no que diz respeito a esse tema. Como metodologia, parte-se para a pesquisa qualitativa, tendo como base a análise de conteúdo à luz de Laurence Bardan (2002). Tais elementos científicos irão possibilitar as bases necessárias para a melhor compreensão da questão problema e dos objetivos propostos, embasados nas discussões sobre o movimento político de mulheres, movimento feminista, cidadania, ciberfeminismo e ativismo político. Sendo assim, os autores que fundamentaram a investigação foram: Simone de Beauvoir (1949); Judith Buther (2003); Maria Luzia Álvares (1995,1997;2001); Manuel Castells (2015); Flávia Biroli (2014), dentre outros. Essa pesquisa pretende ser uma colaboração para o melhor entendimento da participação política da mulher amazônida diante do cenário vivido no impeachment da presidenta Dilma Rousseff; e de um modo geral, das causas das mulheres, que diariamente lutam por um espaço mais igualitário na sociedade, especialmente na Amazônia.
Abstract: The political process of the impeachment of then-President Dilma Rousseff, the first woman elected to the highest executive position in Brazil, is the contextual framework of the research presented here, which will analyze communications from four Facebook communities run by women from Imperatriz Feminists of Imperatriz - Women and Affinity Forum - Feminist Articulation of Imperatriz), Manaus (Feminism in Manaus) and Rio Branco (Feminist Chat Acre). The temporal analysis was delimited from the three main phases of the process of impeachment, they are: the acceptance of the denunciation by the then president of the Chamber of Deputies Eduardo Cunha; the vote on this case in that Chamber; and the final verdict given by the Senators. As a problem question is presented: How was Dilma Rousseff's impeachment in communicative constructions approached in the feminist / women activist profiles of Amazonian women? The hypothesis is based on the assumption that profile communications, although they have a political activism in the cause of women, did not discuss the gender issue in Dilma Rousseff's removal, there was in fact a silencing with regard to this issue. theme. As a methodology, we start with qualitative research, based on content analysis in the light of Laurence Bardan (2002). These scientific elements will provide the necessary basis for a better understanding of the problem issue and the proposed objectives, based on the discussions about the women's political movement, the feminist movement, citizenship, cyberfeminism and political activism. Thus, the authors who founded the investigation were: Simone de Beauvoir (1949); Judith Buther (2003); Maria Luzia Álvares (1995, 1997; Manuel Castells (2015); Flávia Biroli (2014), among others. This research intends to be a collaboration for a better understanding of the political participation of the Amazon woman in the scenario lived in the impeachment of the president Dilma Rousseff; and in general, the causes of women, who daily struggle for a more egalitarian space in society, especially in the Amazon.
Keywords: Gênero
Dilma Rousseff
Comunicação - Amazônia
Cidadania
Concentration Area: COMUNICAÇÃO
Research Line: COMUNICAÇÃO, CULTURA E SOCIALIDADES NA AMAZÔNIA
CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::ARTES
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Institution Acronym: UFPA
Department: Instituto de Letras e Comunicação
Program: Programa de Pós-Graduação em Comunicação, Cultura e Amazônia
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Dissertações em Comunicação, Cultura e Amazônia (Mestrado) - PPGCOM/ILC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_GeneroImpeachmentDilma.pdf4.04 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons