Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/10377
Compartilhar:
Type: Dissertação
Issue Date: 4-Sep-2018
Authors: EUCLIDES, Kelly Lene Lopes Calderaro
First Advisor: NASCIMENTO, Liliane Silva do
Title: A implementação da política nacional de promoção da saúde na atenção primária sob a perspectiva de profissionais de saúde
Citation: EUCLIDES, Kelly Lene Lopes Calderaro. A implementação da política nacional de promoção da saúde na atenção primária sob a perspectiva de profissionais de saúde. 2018. 66 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Ciências da Saúde, Belém, 2018. Programa de Pós-Graduação em Saúde, Ambiente e Sociedade na Amazônia. Disponível em: <http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/10377>. Acesso em:.
Resumo: A promoção de saúde prevê o envolvimento de todos os atores do fazer e ser saúde, de modo a serem protagonistas e partícipes ativos da concretização e continuidade no cuidado. Traz novo olhar que envolve aspectos políticos, sociais, éticos, culturais, espirituais, para garantir a saúde de forma universal, equânime e integral. A implementação da política na atenção primária incide em mudanças de conduta no tratamento dos usuários, através de ações que alcancem a plenitude do cuidado do indivíduo e suas famílias, considerando os determinantes sociais de saúde que compõem este universo.Este estudo buscou compreender a implementação da Política Nacional de Promoção de Saúde na atenção primária, sob a perspectiva dos profissionais que atuam nesta porta de entrada do Sistema Único de Saúde, através de estudo qualitativo exploratório, na cidade de Benevides. Realizou-se estudo piloto em 2017 para validar o instrumento de pesquisa, cujos resultados estão no artigo 01. Em 2018, as coletas de dados realizadas por entrevista de profissionais sorteados aleatoriamente na cidade de Benevides objetivaram compreender como se deu na atenção primária do município a implantação da Política Nacional de Promoção da Saúde - PNAPS.Os profissionais entrevistados revelaram que são conhecedores dapolítica superficialmente e procuram executá-la ao realizar ações dentro da rotina das unidades, demonstrando confundimento da política com as agendas do Ministério da Saúde.Percebe-se que na atenção primária faz-se essencial a ação coletiva vinculada a razoes de territorialidade e conhecimento das necessidades individuais e coletivas da população assistida. Sendo todosprotagonistas para a produção de saúde. Recomenda-se que o cuidado a saúde não se limite ao cumprimento de agenda e/ou assistencialismo.Desse modo, é urgente a real mudança da práxis e paradigmas dos modelos de atenção à atenção a saúde, destacandose a importância da intersetorialidade e trabalho multiprofissional, na lógica da totalidade da promoção da saúde, seus conceitos e funcionamento, que devem ser capilarizados aos profissionais e fazedores do SUS em todas as suas atividades e níveis de atuação e/ou gerenciamento.
Abstract: Health promotion provides the involvement of all the actors of doing and being health, in order to be protagonists and active participants in achieving and continuing care. It brings a new view to ensure health in a universal, equitable and integral way that involves political, social, ethical, cultural and spiritual features. The implementation of the policy in primary care focuses on changes in the treatment of users, through actions that reach the full care of the individual and their families, considering the social determinants of health that make up this universe. This study aimed to understand the implementation of the National Policy on Health Promotion in primary care from the perspective of professionals working at this entry into the health system. It was a qualitative exploratory study developed in the city of Benevides, State of Pará, in 2018. We found that professionals knew about this policy and seek to implement it in their actions. However, this perception does not exempt the actions, which are still confused with attributions recommended by the Ministry of Health, or activities with ends in themselves.In primary care is essential to carry out collective health actions, in which everyone must be protagonists for health production. Health professionals should develop awareness of health promotion to users and produce their actions based on praxis, where care is not limited to meeting welfare. Thus, the real change in the praxis and paradigms of health care models is urgent, highlighting the importance of intersectoriality and multiprofessional work for the integral health promotion, its concepts and functioning, which must be capillarized professionals and makers of the health system in all their activities and levels of action and / or management.
Keywords: Atenção primária à saúde
Promoção da saúde
Profissionais de saúde
Concentration Area: SAÚDE COLETIVA
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA::SAUDE PUBLICA
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Institution Acronym: UFPA
Department: Instituto de Ciências da Saúde
Program: Programa de Pós-Graduação em Saúde, Ambiente e Sociedade na Amazônia
Source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Dissertações em Saúde, Ambiente e Sociedade na Amazônia (Mestrado) - PPGSAS/ICS

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_ImplementacaoPoliticaNacional.pdf2,15 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons