Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/10390
Compartilhar:
Type: Tese
Issue Date: 12-Jun-2017
Authors: CHERMONT, Larissa Steiner
First Advisor: PEZZUTI, Juarez Carlos Brito
Title: Manejo da terra e fogo acidental na Amazônia brasileira: uma análise sob a perspectiva da Unidade Produtiva Camponesa
Sponsor: CNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
Citation: CHERMONT, Larissa Steiner. Manejo da terra e fogo acidental na Amazônia Brasileira: uma análise sob a perspectiva da unidade produtiva camponesa. 2017. 225 f. Tese (Doutorado) - Universidade Federal do Pará, Núcleo de Altos Estudos Amazônicos, Belém, 2017. Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Sustentável do Trópico Úmido. Disponível em: <http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/10390>. Acesso em:.
Resumo: O fogo tem presença marcante em áreas rurais de toda a Amazônia brasileira, tanto sob a forma de queimadas intencionais, como de incêndios, o que acarreta constante ameaça à sobrevivência humana e à integridade de florestas. A atividade humana de abertura de fronteira agrícola nessa região, caracterizada pela predominância de sistemas extensivos de manejo da terra, constitui-se em principal fonte de ignição de fogo acidental. O fenômeno denominado contágio de fogo ocorre quando o fogo escapa ao controle humano e atinge áreas vizinhas de florestas e unidades produtivas. O presente trabalho tem por objetivo principal apresentar um arcabouço teórico-metodológico que adequadamente acesse o comportamento do camponês da Amazônia brasileira, mais especificamente no que diz respeito ao seu processo de tomada de decisão de manejo da terra para a realização da produção, suas decisões quanto ao uso do fogo como técnica agrícola, bem como suas reações à invasão de fogo acidental em sua unidade produtiva. Toma-se como referência teórico-metodológica o modelo de eficiência reprodutiva de Costa e a teoria de campo de Bourdieu, e como empiria o subcampo da produção camponesa na Amazônia brasileira, retratado em dados primários levantados com camponeses residentes ao longo da rodovia federal Cuiabá – Santarém, denominado Corredor da BR-163, abrangendo áreas dos territórios dos Estados do Pará e Mato Grosso. As técnicas estatísticas de regressão com variáveis dummy, testes baseados na estatística Qui-quadrado e modelagem logística embasaram as análises individuais e conjuntas dos determinantes empiricamente identificados como variáveis explicativas da tomada de decisão do comportamento do camponês para uso do fogo e reações à invasão de fogo acidental em sua unidade produtiva. Os resultados em ambos os assuntos (uso do fogo e fogo acidental) confirmam a hipótese norteadora do presente trabalho de que o comportamento do camponês, tomador de decisão da unidade produtiva é constantemente influenciado por seu ambiente sociocultural e institucional, sem contudo, deixar de considerar suas especificidades constitutivas como unidade camponesa.
Abstract: Fire is a constant in rural areas throughout the Brazilian Amazon, both as intentional burning and accidental fires, which entails a constant threat to human survival and the integrity of forests. The human activity of opening up the agricultural frontier in this region, characterized by the predominance of extensive systems of land management, consists in the main source of ignition of accidental fires. The phenomenon called fire contagion occurs when fire escapes out of human control and reaches neighboring areas of forests and rural productive units. The main objective of this work is to present a theoretical-methodological framework that adequately addresses the behavior of peasants of the Brazilian Amazon, more specifically with regard to their decision-making process of land management for production, as regards to fire use as an agricultural technique, as well as their reactions to the fire contagion in their units. The model of reproductive efficiency of Costa and the field theory of Bourdieu are taken as theoretical-methodological references. The subfield of peasant production in the Brazilian Amazon hosts the field work for primary data collection of peasants settled along the federal highway Cuiabá - Santarém, known as the BR-163 Corridor, covering areas of the territories of the Brazilian States of Pará and Mato Grosso. Statistical techniques, such as regression with dummy variables, tests based on Chi-square statistics and logistic modeling supported the individual and joint analyzes of the determinants, empirically identified as explanatory variables of peasant behavioral decision making for fire use and their reactions to fire contagion. The results on both subjects (use of fire and accidental fire) confirm the guiding hypothesis of the present work, which claims that that peasant behavior, as a decision maker of the productive unit is constantly influenced by the sociocultural and institutional environment, without however ignore their specificities as peasant units.
Keywords: Fogo
Queimadas - Amazônia
Incêndios - Amazônia
Amazônia
Solo - Manejo
Camponeses - Amazônia
Concentration Area: DESENVOLVIMENTO SOCIOAMBIENTAL
Research Line: DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO, REGIONAL E AGRÁRIO
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Institution Acronym: UFPA
Department: Núcleo de Altos Estudos Amazônicos
Program: Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Sustentável do Trópico Úmido
Source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Teses em Desenvolvimento Sustentável do Trópico Úmido (Doutorado) - PPGDSTU/NAEA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_ManejoTerraFogo.pdf3.42 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons