Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/10603
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 20-Dec-2018
metadata.dc.creator: DÁCIO, Ígora Irma Santos
metadata.dc.contributor.advisor1: RIBEIRO, Joyce Otânia Seixas
Title: Os mecanismos de produção das identidades de gênero na educação infantil: práticas, discursos e eventos
Citation: DÁCIO, Ígora Irma Santos. Os mecanismos de produção das identidades de gênero na educação infantil: práticas, discursos e eventos. Orientadora: Joyce Otânia Seixas Ribeiro. 2018. 146 f. Dissertação (Mestrado em Cidades, Territórios e Identidades) - Campus Universitário de Abaetetuba, Universidade Federal do Pará, Abaetetuba, 2018. Disponível em: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/10603. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: O objeto desta dissertação é o conjunto de mecanismos que atuam na produção das identidades de gênero, que foi eleito pela necessidade de compreender quais as práticas, discursos e eventos são utilizados no processo de constituição das identidades de meninos e meninas nos primeiros anos escolares. O aporte teórico dialoga com autoras/es dos Estudos de Gênero, dentre elas: Scott (1995), Louro (1997, 2000, 2001) e Felipe (1995, 2007); autores/as que discutem Identidade e Representação, como: Silva (2000a), Hall (1997, 1999, 2016) e Woodward (2000); e autoras/es que debatem a Infância e a Educação Infantil: Ariès (2014), Oliveira (2010) e Bujes (2001, 2010). Em diálogo com o referencial teórico apresentado, utilizei como método a etnografia pós-moderna (Clifford, 1998), cuja norma é a observação participante, as conversações, a escritura e a tradução das informações produzidas. Os objetivos foram reescritos a fim de abarcar as novas informações produzidas dando outros rumos à pesquisa; são eles: identificar os significados de gênero na cidade e saber como são disseminados na escola Maria Santos; observar como a ausência do recreio afeta a constituição das identidades infantis, enfatizando suas resistências; explicar o processo de normalização das condutas de meninos e meninas por meio das práticas e discursos, bem como as negociações infantis; identificar os efeitos dos eventos escolares no processo de constituição das identidades de gênero na Educação Infantil, ressaltando as aceitações infantis. Como resultado, aponto que as identidades de gênero se constituem por meio de diferentes práticas escolares no espaço escolar, como os eventos e os discursos escolares. Entretanto, as crianças não são passivas nesse processo, pois elas participam ativamente quer negociando, quer resistindo às imposições que visam constituí-las como meninos e meninas, futuros homens e mulheres ―de verdade.
Abstract: The object of this paper is the set of mechanisms that act in the production of gender identities, elected by the need to understand which the practices, speeches and events are used in the process of boys and girls‘ identities constitution in the early years of school. The theoretical contribution dialogues with authors of Gender Studies, among them: Scott (1995), Louro (1997, 2000, 2001) and Felipe (1995, 2007); authors that discuss Identity and Representation, such as: Silva (2000a), Hall (1997, 1999, 2016) and Woodward (2000); and authors who discuss the Childhood and the Child Education: Ariès (2014), Oliveira (2010) and Bujes (2001, 2010). In dialogue with the theoretical framework I used as a method the postmodern ethnography, which standard is the participant observation, the conversations, the writing and the translation of the information produced. The purposes were rewritten in order to include the new information produced giving other directions to the research; they are: Identify the gender meanings of the town and know how they are disseminated at the Maria Santos School; to notice how the absence of recess affects the constitution of children's identities, emphasizing their resistences; to explain the process of normalization the boys and girls‘ conducts through the practices and discourses, as well as the children‘s negotiations; to identify the effects of school events in the process of gender identities in the Child Education, emphasizing children's acceptances. As a result, I point out that gender identities are constituted by different school practices, as by events and / or school speeches. However, children are not passive in this process, in which they actively take part either in negotiating or resisting the impositions that aim to constitute them as boys and girls, future "real" men and women.
Keywords: Educação pré-escolar
Educação infantil
Identidade de gênero
metadata.dc.subject.areadeconcentracao: ESTUDOS SOCIAIS E SUAS HUMANIDADES
metadata.dc.subject.linhadepesquisa: IDENTIDADES: LINGUAGENS, PRÁTICAS E REPRESENTAÇÕES
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::TOPICOS ESPECIFICOS DE EDUCACAO::EDUCACAO PRE-ESCOLAR
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Campus Universitário de Abaetetuba
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Cidades, Territórios e Identidades
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Dissertações em Cidades, Territórios e Identidades (Mestrado) - PPGCITI/Abaetetuba

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_MecanismoProducaoIdentidades.pdf4,51 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons