Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/10636
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 3-Aug-2018
metadata.dc.creator: MOURA, Murilo Coelho de
metadata.dc.description.affiliation: UFPA - Universidade Federal do Pará
metadata.dc.contributor.advisor1: PESSOA, Fátima Cristina da Costa
Title: Não queremos que se sinta assim! Vamos te ajudar!: práticas discursivas nas interações entre empresas e consumidores no facebook
Citation: MOURA, Murilo Coelho de. Não queremos que se sinta assim! Vamos te ajudar!: práticas discursivas nas interações entre empresas e consumidores no Facebook. 2018. 113 f. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Letras e Comunicação, Belém, 2018. Programa de Pós-Graduação em Letras. Disponível em: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/10636. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: Desde o seu surgimento, em meados da década 1990, os sites de redes sociais têm implicado diversas transformações nas relações sociais. Mas não foram apenas as relações pessoais afetadas com a popularização dos SRS, as relações de trabalho também sofreram modificações na nova sociedade participativa. Nesse sentido, esta pesquisa se debruça sobre as práticas discursivas em que atuam empresas e consumidores no Facebook e os modos de enunciar correspondentes a essas práticas, a fim de reconhecermos como as empresas e os consumidores estabelecem e articulam os modos de enunciar correspondentes às práticas discursivas mobilizadas em suas interações no Facebook. Apoiados na Análise do Discurso de linha francesa, em especial nos estudos de Maingueneau (1997, 2008a, 2008b, 2011, 2015) sobre as noções de cena enunciativa, prática discursiva e mídium, entendemos que é relevante investigar esses processos pelas lentes da articulação entre a dimensão linguística e a dimensão histórico-social que implicam modos de dizer e de agir, de reorganização de relações sociais e de exercício de poder. A análise que desenvolvemos é dividida em três partes, de acordo com o material analisado: as postagens dos enunciadores das empresas, os comentários dos consumidores e as respostas dos enunciadores das empresas e consumidores. A partir dessa tríplice análise, concluímos que a interação entre empresas e consumidores no Facebook é conduzida sobre uma tensão entre práticas discursivas: de um lado, a prática discursiva organizacional acionada pela empresa e, de outro, a prática discursiva imposta pelos consumidores em busca do atendimento a suas demandas. Essa tensão é estabelecida pelos modos de enunciação e os efeitos de sentido que o mídium torna possível.
Abstract: Since yours emergency, in the mid 1990’s, the social media has made many changings in the social interactions. But it wasn’t only the social interactions affected by the popularization of social media, the work interactions have also affected by the changes in the new participation society. In this way, this research addresses the discursive practices that enterprises and consumers act in Facebook and the mode of enunciation accordingly with such practices, in order to recognize how enterprises and consumers establish and articulate the modes of enunciation of those practices in theirs interactions in Facebook. Supported by French Discourse Analysis, especially in the studies of Maingueneau (1997, 2008a, 2008b, 2011, 2015) about the notions of enuciative scene, discursive practice and midium, we understand that is relevant investigate such processes articulating the linguistic dimension and the social historic dimension that implies ways of saying and of doing, that also implies social relations reorganization and the use of power to say and to stop talking. The analysis that we develop is divided in three parts, according with the material analyzed: the enterprises’ posts, the consumers’ comments, and the enunciators of enterprises and consumers’ replies. From this triple analysis, we concluded that the interaction between enterprises and consumers in Facebook is conducted by a tension between discursive practices: in one side, the organizational discursive practice activated by enterprises and, in the other side, the discursive practice imposed by consumers looking for attention for their demands. This tension is determinated by the modes of enunciation and the meaning effects that medium makes possible.
Keywords: Prática discursiva
Modos de enunciação
Facebook
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA::LINGUISTICA APLICADA
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Letras e Comunicação
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Letras
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Dissertações em Letras (Mestrado) - PPGL/ILC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_NãoQueremosSinta.pdf4,14 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons