Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/10650
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 7-Feb-2016
metadata.dc.creator: SILVA, Caio Santos Alves da
metadata.dc.contributor.advisor1: BRITO, Regina Célia Souza
Title: Função sexual e níveis de testosterona em mulheres hetero e homossexuais
Other Titles: Sexual function and testosterone levels in heterossexual and homosexual women
metadata.dc.description.sponsorship: CNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
Citation: SILVA, Caio Santos Alves da. Função sexual e níveis de testosterona em mulheres hetero e homossexuais. 2016. 57 f. Orientadora: Regina Célia Souza Brito. Dissertação (Mestrado em Teoria e Pesquisa do Comportamento) - Núcleo de Teoria e Pesquisa do Comportamento, Universidade Federal do Pará, Belém, 2017. Disponível em: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/10650. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: A psicologia evolucionista tem demonstrado que o sexo possui funções para além da reprodução, tendo evoluído por promover a proximidade afetiva do casal e aumentar o grau de satisfação junto ao parceiro. Entretanto, a maior parte dos estudos tem se concentrado em explicar a sexualidade de casais heterossexuais deixando uma lacuna no que diz respeito a sexualidade de mulheres homossexuais. Hoje já existem indícios quanto as diferenças na qualidade de vida sexual de mulheres hetero e homossexuais, bem como tem sido constatado que os grupos homossexuais não configuram uma entidade homogênea, apresentando diferenças no estilo de vida, preferências, e níveis hormonais. Este trabalho teve como objetivo investigar a qualidade da vida sexual e diferenças nos níveis de testosterona livre de três grupos de mulheres: hetero, homossexuais femme e homossexuais butch utilizando o instrumento Female Sexual Function Index devido a sua capacidade de avaliar os domínios da função sexual. Participaram desta pesquisa 55 mulheres hetero, 39 femme e 17 butch. No que diz respeito as práticas sexuais, 64,7% das participantes do grupo butch gostariam de ter 5 ou mais relações sexuais por semana, contra 46,2% no grupo femme e 34% no grupo hetero, demonstrando que mulheres homossexuais apresentam maior desejo sexual. As mulheres heterossexuais declararam menor frequência nas atividades preliminares como “ser masturbada pelo parceiro”, atividade que 35% delas praticam mais de uma vez ao mês, enquanto nos grupos femme, 59% e butch 41% praticavam mais de uma vez por semana. Resultados similares foram encontrados para “receber sexo oral do parceiro”, onde as 41% das heterossexuais relataram praticar mais de uma vez ao mês, enquanto 51% das femme e 35% das butchs praticaram mais de uma vez por semana. O escore geral do FSFI apresentou diferença significativa entre as mulheres hetero (28,44) e os grupos femme (31,31) e butch (30,82). A análise da testosterona salivar mostrou que o grupo butch possui a maior concentração, alcançando 99,2 pg/ml, seguido pelo grupo femme, com 56,09 pg/ml e por último o grupo hetero com 43,3 pg/ml. Comparando as médias da testosterona foi encontrada diferença significativa entre os grupos femme e butch (p<0,01), e entre as hetero e butch (p=0,001). Entre os grupos hetero e femme não houve diferença. Foram encontradas correlações entre os níveis de testosterona e domínios do FSFI. No grupo hetero houve correlação com o domínio da Satisfação (r = 0,732, p=0,01), no grupo femme não foi encontrada nenhuma correlação, no grupo butch ocorreu correlação negativa e de forte magnitude entre o domínio da Lubrificação (r = -0,621, p = 0,41). Os resultados apontam que as mulheres homossexuais possuem menores chances de apresentar disfunção sexual que as hetero. As mulheres homossexuais investem mais em comportamentos geradores de excitação e orgasmos como beijos, carícias, estimulação genital e sexo oral receptivo em comparação aos casais hetero. É provável que o investimento na estimulação preliminar ocorra por um desejo maior das mulheres Homossexuais em ter proximidade afetiva com suas parceiras, o que pode ser diferente em uma relação heterossexual onde o homem, possivelmente, protagonize a relação priorizando sua própria satisfação sexual.
Abstract: The evolutionary psychology has demonstrated that sex has functions beyond the reproduction having evolved for promoting the emotional proximity of the couple and increasing the degree of satisfaction with the partner. However, most studies have focused on explaining the sexuality of heterosexual couples, thus leaving a gap with regard about sexuality of homosexual women. Nowadays there are signs about differences in the quality of sex life of women heterosexual and homosexual, as well as it has been observed that homosexuals groups do not constitute a homogeneous entity, with differences in lifestyle, preferences, and hormone levels. This study aimed to investigate the quality of sexual life and differences in free testosterone levels in three groups of women: hetero, homosexuals femme and homosexuals butch using the instrument Female Sexual Function Index due to its ability to measure the domains of sexual function. Participated in this study 55 heterosexual women, 39 femme and 17 butch. As regards sexual practices, 64.7% of participants in the butch group would like to have five or more sexual intercourses per week, versus 46.2% in femme group and 34% in the hetero group, demonstrating that homosexual women have more sexual desire. Heterosexual women showed lower frequency of preliminary activities such “be masturbated by the partner”, where 35% practice more than once a month, while 59% of the femme groups and 41% of butch groups practice more than once a week. Similar results were found in “receiving oral sex from the partner”, where 41% of hetero reported practicing more than once a month, while 51% of femme and 35% of butch's practicing more than once a week. The FSFI score showed a significant difference between heterosexual women (28.44) and the femme (31.31) and butch groups (30.82). The analysis of the salivary testosterone showed that butch group has the highest concentration, reaching 99,2 pg/ml, followed by femme group, with 56.09 pg/ml and lastly the hetero with 43.3 pg/ml. Comparing the average testosterone there was a significant difference between the femme and butch groups (p <0.01) and between hetero and butch (p = 0.001). Among the hetero and femme groups there was no difference. Correlations were found between testosterone levels and domains of the FSFI. In the group heterosexual there was a correlation with the domain of satisfaction (r = 0.732, p = 0.01). No correlation was found in the femme group, in the butch group occurred a negative and strong correlation with the domain of lubrication (r = - 0.621, p = 0.41). The results show that homosexual women are less likely to have sexual dysfunction than heterossexual. Homosexual women invest more in behaviors generators of excitement and orgasms as kissing, fondling, genital stimulation and receptive oral sex compared to Hetero Couples. It is likely that investment in foreplay stimulation occurs because of a greater desire in homosexuals women to have emotional closeness to their partner, which may be different in a heterosexual relationship where the man possibly practice the relation prioritizing their own sexual satisfaction.
Keywords: Sexo (Psicologia)
Mulheres - Comportamento sexual
Female sexual function index
Butch
Femme
Psicologia evolucionista
Função sexual
Mulheres homossexuais
metadata.dc.subject.areadeconcentracao: ECOETOLOGIA
metadata.dc.subject.linhadepesquisa: ECOLOGIA DO DESENVOLVIMENTO HUMANO
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Núcleo de Teoria e Pesquisa do Comportamento
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Teoria e Pesquisa do Comportamento
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Dissertações em Teoria e Pesquisa do Comportamento (Mestrado) - PPGTPC/NTPC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_FuncaoSexualNiveis.pdf823,42 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons