Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/10723
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 25-Feb-2014
metadata.dc.creator: SANTOS, Eugênia Andréa Leão
metadata.dc.contributor.advisor1: BARROS, Romariz da Silva
Title: Formação de classes de equivalência via consequências específicas em crianças com autismo
Other Titles: Equivalence class formation via specific consequences in children with autism
metadata.dc.description.sponsorship: CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Citation: SANTOS, Eugênia Andréa Leão. Formação de classes de equivalência via consequências específicas em crianças com autismo. 2014. 40 f. Orientador: Romariz da Silva Barros. Dissertação (Mestrado em Teoria e Pesquisa do Comportamento) - Núcleo de Teoria e Pesquisa do Comportamento, Universidade Federal do Pará, Belém, 2014. Disponível em: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/10723. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: Estudos anteriores, reportando a formação de classes de equivalência ou de classes funcionais com procedimentos de consequências específicas para classes, encontraram variabilidade inter participantes devido à perda da eficácia de reforçadores. No presente estudo, avaliamos (1) a eficácia da introdução de uma variedade de eventos (dentro de uma categoria) como consequências específicas das classes (2) a inclusão de tais consequências dentro das classes de equivalência. Duas crianças diagnosticadas com autismo participaram. Eles receberam treino de pareamento ao modelo por identidade (conjunto de estímulos A) e treino de discriminação simples com reversão (conjunto de estímulos B). Uma variedade de vídeos de um mesmo tema, mais uma variedade de alimentos dentro da mesma categoria (como doce ou salgado) foram utilizadas como consequências específicas das classes. Tentativas de sonda testaram as relações arbitrárias emergentes AB e as relações Consequência-A. Ambos os participantes apresentaram 100% de acertos nas discriminações de linha de base após quatro sessões de treino com 24 tentativas. O critério de precisão de desempenho nos testes, para considerar que a relação testada emergiu, era (a) selecionar o estímulo S+ na primeira tentativa de teste de cada relação e (b) selecionar S+ em pelo menos cinco das seis tentativas de sonda no bloco de teste. O desempenho de ambos os participantes atingiu o critério e mostrou a inclusão das consequências específicas nas classes. Os dados aqui relatados (1) mostram que o uso de consequências específicas das classes compreendendo uma variedade de elementos foi eficiente para manter a eficácia dos reforçadores; (2) confirmam predições teóricas sobre a inclusão de reforçadores em classes de equivalência, e sobre a possibilidade de relações de equivalência em contingências de três termos; (3) encorajam o uso de procedimentos similares em contextos aplicados.
Abstract: Some previous studies, reporting equivalence or functional class formation with classspecific consequence procedures, found inter-subject variability due to loss of reinforcers efficacy. In the present study, we evaluated (1) the efficacy of introducing variations of events (within a category) as class-specific consequences and (2) the inclusion of such consequences into the equivalence classes. Two children diagnosed with autism participated. They were given identity matching to sample training (stimulus set A) and simple discrimination reversal training (stimulus set B). A variety of videos of a same theme plus a variety of food within the same category (such as sweet or salty) were used as class-specific consequences. Probe trials tested for the emergent arbitrary relations AB and Consequence-A relations. Both participants showed 100 percent of accuracy in baseline discriminations after four 24-trial training sessions. The accuracy criterion for performance in test blocks, to consider that the tested relations emerged, was (a) choose the stimulus S+ in the first test trial of each tested relation and (b) choose the S+ on at least five out of six trial in the test block. Performance of both participants reached the criterion and showed the inclusion of the classspecific consequences in the classes. The data reported here (1) show that the use of classspecific consequences comprising a variety of elements was efficient to maintain reinforcement efficacy; (2) confirm theoretical predictions on the inclusion of reinforcers into the equivalence classes, and on the possibility of equivalence relations in three-term contingencies; (3) encourage the use of similar procedures in applied context.
Keywords: Pareamento ao modelo por identidade
Discriminação simples
Classes de equivalência
Consequências específicas
Autismo
metadata.dc.subject.areadeconcentracao: PSICOLOGIA EXPERIMENTAL
metadata.dc.subject.linhadepesquisa: ANÁLISE EXPERIMENTAL DO COMPORTAMENTO: BASES EXPERIMENTAIS E HISTÓRICO-CONCEITUAIS
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Núcleo de Teoria e Pesquisa do Comportamento
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Teoria e Pesquisa do Comportamento
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Dissertações em Teoria e Pesquisa do Comportamento (Mestrado) - PPGTPC/NTPC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_FormacaoClassesEquivalencia.pdf334,36 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons