Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/10790
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 15-Feb-2019
metadata.dc.creator: LIMA, Kelly Correa
metadata.dc.description.affiliation: SEDUC/PA - Secretaria de Estado de Educação
UNIASSELVI - Sociedade Educacional Leonardo da Vinci
FAMAC-UNOPAR
metadata.dc.contributor.advisor1: LEAL, Walace Gomes
metadata.dc.contributor.advisor-co1: FRANCO, Edna Cristina Santos
Title: Efeitos anti-inflamatórios e neuroprotetores do extrato de cipó-pucá (Cissus verticilata) após lesão aguda da medula espinhal de ratos adultos
Citation: LIMA, Kelly Correa. Efeitos anti-inflamatórios e neuroprotetores do extrato de cipó-pucá (Cissus verticilata) após lesão aguda da medula espinhal de ratos adultos. Orientador: Walace Gomes Leal. 2019. 48 f. Dissertação (Mestrado em Neurociências e Biologia Celular) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Ciências Biológicas, Belém, 2019. Disponível em: <http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/10790>. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: A lesão aguda da medula espinhal (LAME) é uma grave condição patológica que acomete vários indivíduos em diversas regiões do mundo e que pode causar sequelas físicas e/ou psicológicas. O tratamento disponível é ineficaz, o que demanda o desenvolvimento de novas abordagens terapêuticas. O desenvolvimento de agentes neuroprotetores é de fundamental importância para a preservação tecidual após LAME. Na Amazônia, há uma diversidade de plantas medicinais cujos potenciais efeitos anti-inflamatórios e neuroprotetores não foram investigados. Embora o cipó-pucá (Cissus verticillata) seja popularmente empregado para o tratamento de sequelas de acidente vascular encefálico, seus efeitos foram pouco investigados. Neste estudo, investigou-se os efeitos anti-inflamatórios e neuroprotetores do extrato supercrítico de cipó-pucá em um modelo experimental de LAME em ratos adultos. O extrato de folhas de cipó-pucá foi obtido através de extração com fluido supercrítico. Os animais foram submetidos a cirurgia de secção da medula espinhal (ME) a nível torácico (T8), tratados com o extrato de cipó-pucá (50 mg/Kg) logo após a lesão, perfundidos 24 horas pós-lesão e a medula espinhal removida e preservada em soluções com concentrações crescentes de sacarose. A análise histopatológica para visualização do padrão de lesão foi feita por coloração de hematoxilina-eosina (HE). A análise imunohistoquímica para visualização de neurônios, microglia, astrócitos e neutrófilos foi realizada utilizando anticorpos contra NeuN, CD68, caspase-3 e MBS-1, respectivamente. A análise quantitativa demostrou preservação neuronal, redução do número de células apoptóticas, microglia ativada e infiltrado inflamatório (neutrófilos) nos animais tratados quando comparados ao grupo controle sugerindo um efeito neuroprotetor e anti-inflamatório do extrato supercrítico de cipó-pucá em modelo de LAME.
Abstract: Acute spinal cord injury (aSCI) is a serious pathological condition that affects several individuals in different regions of the world and may cause physical and/or psychological sequelae. The available treatment is ineffective, which demands on development of new therapeutic approaches. The development of neuroprotective agents is of fundamental importance for the tissue preservation after aSCI. In the Amazon rain forests there are a multitude of medicinal plants, whose potential anti-inflammatory and neuroprotective effects have not been investigated. Cipó-pucá (Cissus verticillata) is used for treatment of stroke in folk medicine, but its effects are not scientifically proven and have not been investigated after aSCI. In this study, we investigated the anti-inflammatory and neuroprotective effects of the supercritical extract of cipó-pucá in an experimental model of aSCI in adult rats. The extracts of leaves of cipó-pucá were obtained by extraction with supercritical fluid. The animals underwent partial hemisection surgery of the spinal cord and were treated with extract of cipó-pucá (50 mg / kg) or vehicle. They were perfused at 24 hours postinjury. The gross histopathology was performed by hematoxylin-eosin staining. Immunohistochemical analysis for visualization of neurons, microglia, astrocytes and neutrophils were performed using antibodies against NeuN, CD68, caspase-3 and MBS-1, respectively. The quantitative analysis showed neuronal preservation and, reduction of the apoptotic cells, activated microglia and inflammatory infiltrate (neutrophils) in treated animals compared to the control group, suggesting a neuroprotective and anti-inflammatory effect of the supercritical extract of cipó-pucá in the aSCI model.
Keywords: Medula espinhal – Ferimentos e lesões
Medula espinhal - Tratamento
Cissus – Uso terapêutico
Neuroproteção
Plantas medicinais - Amazônia
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Ciências Biológicas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Neurociências e Biologia Celular
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Dissertações em Neurociências e Biologia Celular (Mestrado) - PPGNBC/ICB

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_EfeitosAntiinflamatoriosNeuroprotetores.pdf1,08 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons