Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/10834
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 3-Dec-2018
metadata.dc.creator: LEITÃO, Luciana Pereira Colares
metadata.dc.contributor.advisor1: SANTOS, Ney Pereira Carneiro dos
Title: Variabilidade do gene CYP2D6 em populações ameríndias
metadata.dc.description.sponsorship: FAPESPA - Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas
Citation: LEITÃO, Luciana Pereira Colares. Variabilidade do gene CYP2D6 em populações ameríndias. Orientador: Ney Pereira Carneiro dos Santos. 2018. 87 f. Dissertação (Mestrado em Oncologia e Ciências Médicas) - Núcleo de Pesquisas em Oncologia, Universidade Federal do Pará, Belém, 2018. Disponível em: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/10834. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: A superfamília gênica Citocromo P450 é de significativa relevância para o processo de metabolização de diversos fármacos no fígado humano. O gene CYP2D6, um dos genes mais estudados devido sua vasta quantidade de variações genômicas e a baixa suscetibilidade à influência de fatores externos não genéticos que afetam o processo metabolização de mais de 20% dos fármacos comercializados. O perfil molecular do gene CYP2D6 influencia no metabolismo de diversas classes de fármacos: antidepressivos, antipsicóticos, antiarrítmicos, analgésicos opioides, agentes anticancerígenos entre outros fármacos. Entretanto, esses protocolos são desenhados, principalmente, para populações de origem europeia, não sendo adequadamente empregados em populações brasileiras, já que está é resultante de um complexo processo de miscigenação envolvendo a contribuição, principalmente, de europeus, africanos e ameríndios. Estudos farmacogenômicos em populações ameríndias são escassos. Sendo assim, na falta de dados consistentes, o estabelecimento de políticas públicas de saúde voltadas para a implementação da medicina de precisão nestas populações, e em povos miscigenados com estes grupos étnicos, fica prejudicado. Estudos genômicos capazes de analisar a heterogeneidade genética de biomarcadores associados ao processo de metabolização de diversos fármacos em populações ameríndias e miscigenadas são de grande impacto científico. Baseado nisto, o presente trabalho avaliou o perfil molecular de 22 importantes polimorfismos preditores de terapia no gene CYP2D6 em amostras de indivíduos Ameríndios Amazônicos de três tribos: Asurini do Trocará, Asurini do Koatinemo e Kayapó-Xikrin. O DNA foi extraído a partir de sangue periférico dos indivíduos estudados. As genotipagens dos polimorfismos foram realizadas por ensaios Taqman® em OpenArray®, no QuantStudio™ 12K Flex Real-Time PCR System. As análises estatísticas foram realizadas nos programas Arlequin v. 3.5.2.2, SPSS v. 12.0 e pacote estatístico do R. Além deste trabalho original foi realizada uma revisão para agrupar os dados do gene CYP2D6 em outras populações ameríndias. A partir dos resultados foi possível observar que o perfil de metabolização extensiva, normal, é o mais frequente na população ameríndia da revisão e na população ameríndia amazônica brasileira. Os perfis de importância clínica, lento e ultrarrápido, apresentou baixa frequência nas populações da revisão e não foi observado na população amazônica. Estes dados podem inferir que a população ameríndia pode ter certa proteção aos efeitos adversos e falha terapêutica relacionados a fármacos que são metabolizados pela CYP2D6.
Abstract: The genetic cytochrome P450 superfamily is of significant relevance to the process of metabolizing drugs in the human liver. The CYP2D6 gene, one of the most studied genes due to its vast amount of genomic variations and the low influence of external non-genetic factors that affect the metabolization process of more than 20% of the drugs marketed. The molecular profile of the CYP2D6 gene influences several classes of drugs: antidepressants, antipsychotics, antiarrhythmics, opioid analgesics, anticancer agents among other drugs. However, these protocols are designed mainly for populations of European origin, not being properly employed in Brazilian populations, as are results from a complex process of miscegenation involving the contribution mainly from European, African and Amerindian. Pharmacogenomic studies in Amerindian populations are scarce. Thus, in the absence of consistent data, the establishment of public health policies aimed at the implementation of precision medicine in these populations, and in peoples mixed with these ethnic groups, is impaired. Genomic studies capable of analyzing the genetic heterogeneity of biomarkers associated with the metabolism process of several drugs in Amerindian and mixed populations are of great scientific impact. Based on this study evaluated the molecular profile 22 therapy important predictors of the CYP2D6 gene polymorphisms in individuals in American Indians Amazon samples from three tribes: the Asurini Trocará, Asurini Koatinemo and the Kayapo-Xikrin. The DNA was extracted from the peripheral blood of the individuals studied. Polymorphism genotypes were performed by Taqman® assays in OpenArray® on the QuantStudio ™ 12K Flex Real-Time PCR System. The statistical analyses was due in the programs Arlequin v. 3.5.2.2, SPSS v. 12.0 and the statistical package of R. In addition to this original work, a review was carried out to group CYP2D6 gene data in other Amerindian populations. From the results it was possible to observe that the normal extensive metabolism profile is the most frequent in the Amerindian population of the review and in the Brazilian Amazon Amerindian population. The profiles of clinical importance, slow and ultrafast, presented low frequency in the populations of the review and was not observed in the Amazonian population. These data may infer that the Amerindian population may have some protection from drug-related adverse effects and drug failure that are metabolized by CYP2D6.
Keywords: Farmacogenética
CYP2D6
Ameríndios
Metabolização
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::GENETICA::FARMACOGENETICA
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Núcleo de Pesquisas em Oncologia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Oncologia e Ciências Médicas
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Dissertações em Oncologia e Ciências Médicas (Mestrado) - PPGOCM/NPO

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_VariabilidadeGenePopulacoes.pdf1,65 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons