Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/10988
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 2014
metadata.dc.creator: MOURA, Maurício do Nascimento
metadata.dc.contributor.advisor1: VITORINO, Maria Isabel
Title: Padrões climáticos de precipitação e a produção de soja na Amazônia
metadata.dc.description.sponsorship: CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Citation: MOURA, Maurício do Nascimento. Padrões climáticos de precipitação e a produção de soja na Amazônia. Orientadora: Maria Isabel Vitorino. 2014. 94 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Ambientais) – Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Museu Paraense Emílio Goeldi, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Belém, 2014. Disponível em: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/10988. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: Nesta pesquisa estudou-se a modulação da precipitação através de fenômenos oceano-atmosfera de grande escala atuantes nos oceanos adjacentes à região amazônica e que tiveram suas intensidades representadas por indicadores numéricos conhecidos como índices climáticos (IOS, ODP, OAN). A partir de uma série de 32 anos (1979-2010) de dados de precipitação do GPCP em pontos de grade, aplicaram-se Funções Ortogonais Empíricas não rotacionadas para a escala mensal e anual, onde foram obtidos padrões espaciais e temporais da precipitação. A EOF1 mensal (58%) apresentou um padrão meridional de precipitação associado, em maior parte, à atuação de fenômenos de escala sinótica. A EOF2 mensal (21%) também apresenta o mesmo padrão de precipitação, porém ortogonal ao primeiro, refletindo os efeitos da fase fria da Oscilação do Atlântico Norte. No entanto, na EOF3 mensal (5%) o padrão espacial é representado por um padrão zonal de precipitação, refletindo o efeito do ENOS e ODP. Para a escala anual, tanto a EOF1 (36%), EOF2 (16%) e a EOF3 (10%) apresentam padrões espaciais zonais e meridionais, os quais também refletem os efeitos dos Oceanos Atlântico e Pacífico. Os três índices climáticos estudados mostraram-se presentes na modulação da precipitação da região amazônica. Entre os municípios pertencentes ao corredor da soja, Sinop-MT e Sorriso-MT foram as localidades que se mostraram mais sensíveis à variabilidade climática da precipitação, tanto para as médias anuais, como para a média dos períodos chuvosos de cada ano analisado, principalmente por causa das condições de superfície. Itaituba-PA, Santarém-PA e Paragominas-PA mostraram tendência positiva de crescimento das chuvas, sendo que esta última, localizada no leste do Pará, mostrou alta correlação entre a precipitação local e a série do IOS, com defasagem de 1 mês e 2 meses, mediante estudos de caso selecionados.
Abstract: In this research we studied the modulation of precipitation through ocean-atmosphere phenomena of large scale active in the Amazon region adjacent oceans and their intensities were known as represented by climate indices (SOI, PDO, NAO) numerical indicators. From a series of 32 years (1979-2010) of rainfall data in the GPCP grid points, we applied Empirical Orthogonal Function not rotated for monthly and annual scale, where spatial and temporal patterns and rainfall were obtained. The monthly EOF1 (58%) had a southern pattern associated rainfall in most part, to the action of synoptic scale phenomena. The monthly EOF2 (21%) also showed different patterns of precipitation, but orthogonal to the first, reflecting the effects of the cold phase of the North Atlantic Oscillation. However, in the monthly EOF3 (5%) the spatial pattern is represented by a zone precipitation pattern, reflecting the effect of ENOS and ODP. For the annual scale, both EOF1 (36%), EOF2 (16%) and EOF3 (10%) show zonal and meridional spatial patterns, which also reflect the effects of the Atlantic and Pacific Oceans. The three climate indices studied showed were present in the modulation of precipitation in the Amazon region. Among the municipalities belonging to the Hall of soybeans, Sinop-MT and MT-Smile were the locations that were more sensitive to climate variability in precipitation, both annual averages, as for the average rainy seasons each year analyzed, mainly by because of surface conditions. Itaituba-PA, Santarém-PA and PA-Paragominas showed positive growth trend of rainfall, with the latter located in eastern Pará, showed high correlation between local precipitation and the number of IOS, with a lag of 1 month and 2 months, by selected case studies.
Keywords: Clima
Precipitação (Meteorologia)
Soja
Amazônia brasileira
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária
Museu Paraense Emílio Goeldi
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
EMBRAPA
MPEG
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Geociências
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Dissertações em Ciências Ambientais (Mestrado) - PPGCA/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_PadroesClimaticosPrecipitacao.pdf4,04 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons