Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/11024
Compartilhar:
Type: Dissertação
Issue Date: 5-Feb-2016
Authors: VADO ESPINOZA, Julio Cesar
First Advisor: ROCHA, Edson Paulino da
First Co-Advisor: PIMENTEL, Márcia Aparecida da Silva
Title: Produção da cana-de-açúcar nos municípios de Abaetetuba e Ulianópolis: aspectos climáticos, socioeconômicos e ambientais
Citation: VADO ESPINOZA, Julio Cesar. Produção da cana-de-açúcar nos municípios de Abaetetuba e Ulianópolis: aspectos climáticos, socioeconômicos e ambientais. Orientador: Edson Paulino da Rocha. 2016. 88 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Ambientais) – Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Museu Paraense Emílio Goeldi, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Belém, 2016. Disponível em: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/11024. Acesso em:.
Resumo: Na última década, o aumento mundial na demanda por açúcar para produção de alimentos e fontes de energia renováveis tem impactado a cadeia produtiva e pressionando as áreas com potencial agrícola para plantio de cana de açúcar. O governo Brasileiro por meio do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento elaborou o Zoneamento Agroecológico da Cana de açúcar – ZAE (EMBRAPA, 2009) para a produção de etanol e açúcar, excluindo entre outras áreas ao estado do Pará por se encontrar no Bioma Amazônia. Atrelado a este contexto existe a polêmica de se tratar de monocultivo que pressupõe práticas de desmatamento, das quais também derivam impactos sobre a atmosfera, recursos hídricos e solo. Diante do contraste de produzir e proteger o meio ambiente se faz relevante o aprofundamento de estudos científicos para suporte técnico e fundamentação de alternativas para implantação ou expansão do cultivo associadas ao mapeamento de áreas já consolidadas. O presente estudo teve como objetivo analisar a produção de cana de açúcar nos município de Abaetetuba e Ulianópolis, levando em consideração aspectos climáticos; socioeconômicos e ambientais. Para os aspectos climáticos foram usados (para ambos municípios) os dados climatológicos fornecidos pelo INMET de um período de trinta anos (1984-2013). Os resultados apontaram que ambos os municípios apresentam aptidão climática para o cultivo da cana de açúcar, com a ressalva de que para o município de Ulianópolis esse cultivo é dependente de irrigação, que eleva os custos de produção e causa maior pressão sobre as águas subterrâneas.No que se referem aos aspectos socioeconômicos e ambientais foram utilizados métodos distintos para os municípios estudados. Para o município de Abaetetuba, os aspectos socioeconômicos foram avaliados à luz da conjuntura da época do auge do cultivo nesse município (1970). Os resultados apontaram que atividade representou importante vetor de geração de emprego e renda para a população local. Ambientalmente, os indicadores avaliados mostraram a baixa vulnerabilidade aos contaminantes derivados do cultivo da cana, que pode ser explicada pelas características intrínsecas dos aqüíferos e propriedades do solo da região. Quanto ao uso do solo, os resultados evidenciaram existência de áreas degradadas para o ano de 2012 associadas à atividade pecuária em sua maior parte. Para o município de Ulianópolis foi aplicada a ferramenta Barômetro da Sustentabilidade, definindo-se desenvolvimento sustentável como aquele que satisfaz as necessidades do presente sem comprometer a capacidade das gerações futuras satisfazerem as suas próprias necessidades (WCED, 1987). Constatou-se que este município situa-se em uma faixa intermediária de sustentabilidade, sendo os indicadores de maior vulnerabilidade o desflorestamento, exploração das águas subterrâneas e focos de calor/km2. Embora o presente estudo tenha proposto uma série de indicadores ambientais e socioeconômicos de relevância, outras pesquisas devem ser realizadas, dada a importância da cana de açúcar para o desenvolvimento de energias alternativas na região.Cabe mencionar também que sob a ótica do ambiente institucional vigente (de crédito, regulação, ambiental, etc.) norteado pelo ZAE, novos empreendimentos canavieiros poderiam ser incentivados em áreas degradadas no Bioma Amazônia.
Abstract: In the last decade, the global increase in demand for sugar for food production and renewable energy sources has impacted the production chain and pressing areas with agricultural potential for sugarcane plantation. The Brazilian government through the Ministry of Agriculture Livestock and Supply developed the Agro-Ecological Zoning of Sugar Cane - ZAE (EMBRAPA, 2009) for the production of ethanol and sugar, excluding among other areas the state of Para for been located in the Amazon Biome. Coupled to this context there is the controversy of whether monoculture which requires deforestation practices, which also derive impacts on the atmosphere, water and soil. Before the contrast to produce and protect the environment is relevant deepening of scientific studies for technical support and justification of alternatives for deployment or expansion of cultivation associated with the mapping of areas already consolidated. This study aimed to analyze the production of sugar cane in the city of Abaetetuba and Ulianópolis, taking into account climatic aspects; socioeconomic and environmental. For climate aspects were used (for both municipalities) climatological data provided by INMET a period of thirty years (1984-2013). The results showed that both municipalities have climatic suitability for the cultivation of sugar cane, with the proviso that for the city of Ulianópolis this crop is dependent on irrigation, which increases production costs and causes increased pressure on groundwater. As refer to socioeconomic and environmental aspects were used different methods for the studied municipalities. For the city of Abaetetuba, the socioeconomic aspects were evaluated in light of the situation on the time of cultivation of height in this city (1970). The results showed that activity represented an important vector to generate employment and income for the local population. Environmentally, the assessed indicators showed low vulnerability to contaminants derived from sugarcane cultivation, which can be explained by the intrinsic characteristics of the aquifer and soil properties in the area. As for the land use, the results showed the existence of degraded areas for the year 2012 related to livestock activity mostly. To the municipality of Ulianópolis was applied to Barometer tool of sustainability, defining sustainable development as that which meets the needs of the present without compromising the ability of future generations to meet their own needs (WCED, 1987). It was found that this city is located in an intermediate range of sustainability, and the increased vulnerability indicators deforestation, exploitation of groundwater and hotspots per km2. Although this study has proposed a number of environmental and socio-economic indicators of relevance, further research should be carried out, given the importance of sugar cane for the development of alternative energy in the region. It is also worth mentioning that from the perspective of the institutional environment (credit, regulatory, environmental, etc.) guided by ZAE, new sugarcane enterprises could be encouraged in degraded areas in the Amazon Biome.
Keywords: Cana-de-açúcar
Produção
Indicadores de sustentabilidade
Clima
Abaetetuba (PA)
Ulianópolis - PA
Concentration Area: CLIMA E DINÂMICA SOCIOAMBIENTAL NA AMAZÔNIA
Research Line: INTERAÇÃO CLIMA, SOCIEDADE E AMBIENTE
CNPq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária
Museu Paraense Emílio Goeldi
Institution Acronym: UFPA
EMBRAPA
MPEG
Department: Instituto de Geociências
Program: Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Dissertações em Ciências Ambientais (Mestrado) - PPGCA/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_ProducaoCanaAcucar.pdf2,73 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons