Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/11089
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 13-Dec-2013
metadata.dc.creator: FERREIRA, Laiana Soeiro
metadata.dc.contributor.advisor1: PONTES, Fernando Augusto Ramos
Title: Redes de apoio social e qualidade de vida de estudantes migrantes moradores de casa de estudantes
Other Titles: Networks of Social Support and Quality of Life of Migrant Students Residents of house Estudantes
metadata.dc.description.sponsorship: CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Citation: FERREIRA, Laiana Soeiro. Redes de apoio social e qualidade de vida de estudantes migrantes moradores de casa de estudantes. 2013. 158 f. Orientador: Fernando Augusto Ramos Pontes. Dissertação (Mestrado em Teoria e Pesquisa do Comportamento) - Núcleo de Teoria e Pesquisa do Comportamento, Universidade Federal do Pará, Belém, 2013. Disponível em: . Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: O objeto de estudo desta pesquisa encontra-se na rede de apoio social e na qualidade de vida de estudantes migrantes moradores de Casas de Estudantes em Belém – PA. O presente trabalho constitui-se em uma pesquisa do tipo exploratória, descritiva, correlacional, de corte transversal, com abordagem quantitativa, contendo revisão bibliográfica narrativa e pesquisa de campo. Objetivando investigar a correlação das redes de apoio social com a qualidade de vida de estudantes migrantes moradores de casas de estudantes, para se alcançar este objetivo foi investigado o perfil sócio demográfico dos estudantes migrantes moradores de casas de estudantes; a constituição de suas redes sociais no que tange a parente e amigos significantes; a qualidade do apoio social percebido e da qualidade de vida dos mesmos. A pesquisa foi realizada em seis Casas de Estudantes existentes na cidade de Belém, que acolhem estudantes do ensino médio e superior procedentes de cidades do interior do estado do Pará, de outros estados brasileiros e de outros países. Os instrumentos utilizados foram o Inventário Sócio Demográfico - ISD; o Questionário de Redes Sociais; a Escala de Apoio Social - EAS e; o Questionário da Visão de Saúde Mental – QSDM, com enfoque no KIDSCREEN 27. No que tange aos resultados, o perfil sócio demográfico é composto por uma maioria de homens; jovens, com idade média de 24,12 anos; os estudantes em sua maioria são da religião católica; moradores da Casa do Estudante Universitário – CEUP; que cursam graduação; os cursos mais frequentes foram Direito e Enfermagem; cerca da metade dos estudantes se encontra nos quatro primeiros semestres de graduação; são provenientes de áreas urbanas do interior do estado do Pará; pertencentes as classes econômicas C e B. Em relação às questões de Rede Social, esta é formada por um ou dois familiares e por dois a três amigos, constituindo assim uma rede social pequena. Ao se analisar as perguntas relacionadas à funcionalidade da rede, no que tange as atividades esportivas em grupo; a participação em reuniões de associações de moradores ou funcionários, sindicatos ou partidos, investigadas em relação aos últimos 12 meses tem-se que a maioria dos estudantes migrantes participa destas atividades, no entanto frequentam apenas algumas vezes ao ano; em relação a participação em trabalho voluntário não remunerado, como as organizações não governamentais (ONGs) a maioria dos estudantes não participaram de atividades com este cunho nos últimos 12 meses, e dentre os que participam estes não possuem uma regularidade frequente.No que tange ao apoio social os dados relativos a amostra deste estudo indicam ótimo Apoio Material; o Apoio Afetivo, o Apoio de Interação Positiva, o Apoio de Informação foram apresentados como bons; na dimensão Apoio Emocional os estudantes mostraram resultado regular; e ao que tange ao Apoio Geral a maioria dos estudantes possuem bom Apoio e apenas a minoria apontam Apoio Geral péssimo. Os resultados da Técnica de Análise de Correspondência mostram completa relação do Apoio Material e do Apoio de Interação Social com o Bem Estar Psicológico. Alguns resultados demonstraram relação parcial, mas ainda muito forte: Apoio de Interação Social, Apoio Emocional e, Apoio de Informação com Bem Estar Físico; Apoio Emocional, Apoio Geral com Bem Estar Psicológico. O Apoio Material e o Bem Estar Físico mostraram relação parcial entre si, porém fraca. As dimensões de Apoio Afetivo e de Apoio Geral não mostram correlação significantes com o Bem Estar Físico; os Apoio Afetivo e Apoio de Informação não mostraram correspondência significativa com o Bem Estar Psicológico. A caracterização do perfil sociodemográfico surge como um dado de base primária, apoiador para formulação de pesquisas fidedignas as condições de estudantes migrantes moradores de casa de estudantes. Os resultados sobre a composição da rede obtidos neste estudo, reforçam a ideia norteadora deste estudo – de que as redes sociais são reduzidas no processo migratório. No entanto, os resultados sobre a qualidade do apoio social percebido, tornam possível a reflexão de que o fator relevante na análise da qualidade do apoio social esta relacionado a qualidade das relações e não a quantidade destas. Destaca-se a importância da qualidade das relações obtidas nas redes sociais e nas redes de apoio social para alcançar bons índices de qualidade de vida.No que tange aos resultados referentes a qualidade de vida destaca-se aqui a influência desta dimensão para uma boa adaptação diante das mudanças causadas pela entrada no nível superior e pelo processo migratório. Quando se analisa os resultados da Técnica de Análise de Correspondência percebeu-se ampla correspondência entre as redes de apoio social e a qualidade de vida, torna-se importante evidenciar aqui que o apoio social é um fator capaz de proteger e promover a qualidade de vida.
Abstract: The object of this research is the social support and quality of life for residents of Migrant Students Student Homes in Bethlehem - PA. This paper presents a survey in the exploratory, descriptive, correlational type, cross-sectional, quantitative approach, containing narrative literature review and field research . Aiming to investigate the correlation of social support networks with quality of life of migrant students living in student houses, to achieve this goal we investigate the socio-demographic profile of migrant students living in student houses, the constitution of their social networks in respect to relative and significant friends, the quality of perceived social support and quality of life for ourselves. The survey was conducted in six existing houses students in Bethlehem, hosting students of secondary and higher education coming from the inner cities of Pará state, from other states and other countries. The instruments used were the Socio Demographic Inventory - ISD, Questionnaire Social Networking, the Social Support Scale - EAS and; Quiz Vision Mental Health - QSDM, focusing on KIDSCREEN 27. Regarding the results, the socio-demographic profile is composed of a majority of men, young with a mean age of 24.12 years; students are mostly Catholic religion; residents of College Student House - CEUP; coursing graduation; courses were the most frequent law and Nursing; approximately half of the students is in the first four semesters of graduation; are from urban areas in the state of Pará; owned economic classes C and B. On questions of social networking, this is formed by one or two families and two or three friends, thus constituting a small social network. When analyzing questions related to network functionality, regarding sports activities group, participation in meetings of neighborhood associations or employees, unions or parties, investigated in relation to the past 12 months has been that most students migrants participating in these activities, however only attend a few times a year, in relation to participation in voluntary unpaid work, such as non -governmental organizations (NGOs ) most students did not participate in activities with this slant in the last 12 months and among those involved have no such regularity frequente. No regard to social support data on the sample of this study indicate great support material, the Affective support, support Positive Interaction, Information support were presented as good, the support dimension emotional students showed a fair result, and when it comes to General Support most students have good support and only a minority point General Support lousy. The results of Correspondence Analysis Technique show full respect of the Support Material Support and Social Interaction, Psychological Welfare. Some results showed partial list, but still very strong: Supporting Social Interaction, Emotional Support and Information to Support Physical Welfare; Emotional Support, General Support to Psychological Welfare. The Support Material and Physical Welfare showed partial link between them, but weak. The dimensions of Affective Support and General Assistance not show significant correlation with the Physical Welfare, the Affective Support Support and Information showed no significant correlation with psychological well-being. Characterization of the sociodemographic profile emerges as a primary source data, supporter for formulation of reliable research conditions of migrant students living in student house. The results on the composition of the network obtained in this study reinforce the idea guiding this study - that social networks are reduced in the migration process. However, the results on the quality of perceived social support , make possible the idea that the relevant factor in assessing the quality of social support is related to the quality of relationships rather than the quantity of these. Highlights the importance of the quality of the relationships obtained in social networks and social support networks to achieve good levels of quality vida. No respect to the results regarding quality of life stands out here the influence of this size for a good fit before the changes caused by the entrance on the upper level and the migration process. When analyzing the results of the correspondence analysis technique was realized extensive correspondence between social support and quality of life, it is important to highlight here that social support is a factor capable of protecting and promoting the quality of life.
Keywords: Redes de Apoio Social
Qualidade de Vida
Migração
Estudante Migrante
Casa de Estudantes
metadata.dc.subject.areadeconcentracao: ECOETOLOGIA
metadata.dc.subject.linhadepesquisa: ECOLOGIA DO DESENVOLVIMENTO HUMANO
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Núcleo de Teoria e Pesquisa do Comportamento
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Teoria e Pesquisa do Comportamento
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Dissertações em Teoria e Pesquisa do Comportamento (Mestrado) - PPGTPC/NTPC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_RedesApoioSocial.pdf1,55 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons