Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/11162
metadata.dc.type: Tese
Issue Date: 2012
metadata.dc.creator: SOARES FILHO, José do Egypto Vieira
metadata.dc.contributor.advisor1: PONTE, Marcos Ximenes
Title: A reestruturação produtiva e a evolução industrial no Pará (1980-2010)
Citation: SOARES FILHO, José do Egypto Vieira. A reestruturação produtiva e a evolução industrial no Pará (1980-2010). Orientador: Marcos Ximenes Ponte. 2012. 333 f. Tese (Doutorado em Ciências do Desenvolvimento Socioambiental) - Núcleo de Altos Estudos Amazônicos, Universidade Federal do Pará, Belém, 2012. Disponível em:http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/11162. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: Esta tese trata da evolução industrial no Estado do Pará, aliada ao fenômeno da reestruturação produtiva no período de 1980 à 2010. A investigação dessa temática, com a averiguação das suas contradições, foi amparada por consistente referencial teórico que explica como uma economia industrial primária exportadora e periférica pode evoluir e se consolidar em uma economia industrializada produtora de bens manufaturados com robustos encadeamentos locais. Configura-se como uma pesquisa de história econômica, cujo instrumento metodológico adotado foi o histórico, o comparativo e o estatístico, com utilização de amplo levantamento bibliográfico, documental e quantitativo, junto às instituições públicas e privadas, e ainda, a obtenção de dados secundários que embasaram as análises e conclusões sobre a evolução das atividades industriais paraenses. Delineou-se uma função evolutiva composta de variáveis e indicadores, que possibilitou descrever e explicar as contradições existentes na trajetória da economia industrial no período proposto. Os resultados evidenciaram uma frustrante endogenia na sócio-economia local, pela ausência de possíveis efeitos á montante e a jusante que possibilitassem encadeamentos dinâmicos num processo verticalizado de produção com elevado valor agregado e de expressivo conteúdo tecnológico, indutores do desenvolvimento local. Constatou-se ainda, que o sistema produtivo paraense ocupa um ranking histórico pífio frente ao PIB brasileiro de magnitude relativa abaixo de 2%, sendo fortemente gerado pelo setor terciário da economia – comércio e serviços-, tendo pelo aspecto industrial a influência marcante do setor exportador, paradoxalmente de base primária mineral, cujos produtos (insumos) revelam-se de baixíssimo nível de agregação de valor, desprovidos da devida e necessária transformação industrial. As evidências, quer de indústrias motrizes, pólos econômicos, cadeias produtivas, clusters ou arranjos produtivos locais, não foram reveladas ao longo deste estudo, demonstrando que a base produtiva paraense é eminentemente geradora e exportadora de commodities.
Abstract: This thesis deals with the industrial evolution in the State of Pará, allied to the phenomenon of the productive reorganization in the period of 1980 to the 2010. The inquiry of this thematic one, with the ascertainment of its contradictions, was supported by consistent theoretical referencial that discloses as an industrial economy primary exporter and peripheral it can evolve and if to consolidate in a producing industrialized economy of goods manufactured with robust local chainings. It is configured as a research of economic history, whose adopted methodology instrument was the description, the comparative degree and the statistician, with use of ample of ample bibliographical, documentary and quantitative survey, next to the public and private institutions, and still the attainment of secondary data that had based the analyses and conclusions on the evolution of the paraenses industrial activities. One delineated a composed evolutionary function of 0 variable and pointers, that it made possible to describe and to explain the existing contradictions in the trajectory of the industrial economy in the considered period. The results had evidenced a frustrating endogenia in the local partner-economy, for the absence of possible effect the sum and that they made possible dynamic chainings in a verticalizado process of production with raised aggregate value and expressive technological content, downstream inductive of the local development. It was still evidenced, that the paraense productive system occupies one ranking history negligible front to the Brazilian GIP of relative magnitude below of 2%, being strong generated for the tertiary sector of the economy - commerce and services, having for the industrial aspect the outstanding influence of the exporting sector, paradoxicalally of mineral primary base, whose products (insumos) show of baixíssimo level of value aggregation, unprovided of the due and necessary industrial transformation. The evidences, want of motor industries, economic polar regions, productive chains, clusters or place productive arrangements, had not been disclosed throughout this study, demonstrating that the paraense productive base is eminently generating and exporting of commodities.
Keywords: Industrialização - Pará
Produtividade industrial - Pará
Desenvolvimento sustentável - Pará
Pará - Condições econômicas
Pará - Indústria
Reestruturação produtiva
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::PLANEJAMENTO URBANO E REGIONAL
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Núcleo de Altos Estudos Amazônicos
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Sustentável do Trópico Úmido
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Teses em Desenvolvimento Sustentável do Trópico Úmido (Doutorado) - PPGDSTU/NAEA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_ReestruturacaoProdutivaEvolucao.pdf3,88 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons