Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/11449
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorAFONSO, João Batista Rodrigues-
dc.date.accessioned2019-08-16T13:29:39Z-
dc.date.available2019-08-16T13:29:39Z-
dc.date.issued2013-
dc.identifier.citationAFONSO, João Batista Rodrigues. NIP-tomografia usando método CRS e dados sísmicos marinhos. Orientador: Lourenildo Williame Barbosa Leite. 2013. 162 f. Dissertação (Mestrado em Geofísica) - Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Belém, 2013. Disponível em: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/11449. Acesso em:.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/11449-
dc.description.abstractThis work consisted on the application of techniques for processing, inversion and imaging of the Marmousoft synthetic data, and of the Jequitinhonha real data obtained on the eastern Atlantic continental shelf of the State of Bahia. The convencional NMO and CRS stack methods, and NIP-tomographic inversion were applied to the mentioned data. The NMO stack served to produce RMS and interval velocity distribution maps on the semblance domain. The CRS stack of both data we used for picking of re ection events to obtain the wave eld parameters that served to constrain the model as input for the NIP-tomographic inversion. The inversion characterizes as resulting in a smooth velocity model. Kirchhoff depth migration was used for verifying the obtained velocity models. We critically analyzed the applied techniques, and compared the CRS and the NMO stacks. The evolution of the visual quality of the obtained CRS and NMO sections were analyzed as measured by event continuity trace-by-trace and the signal/noise ratio. The di erences and improvements on the velocity model obtained by NIP-tomographic were also analyzed. The Kirchhoff prestack depth migration was applied aiming at geological interpretations, and to point out for better conditions of processing and imaging.en
dc.description.sponsorshipCAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superiorpt_BR
dc.description.sponsorshipPETROBRAS - Petróleo Brasileiro S.A.pt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Parápt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.source1 CD-ROMpt_BR
dc.subjectTomografia sísmicapt_BR
dc.subjectSistemas de imageamento em sismologiapt_BR
dc.subjectOndas sísmicas - Velocidadept_BR
dc.subjectEmpilhamento CRSpt_BR
dc.subjectEmpilhamento NMO convencionalpt_BR
dc.subjectModelo de velocidadept_BR
dc.subjectImageamentopt_BR
dc.subjectMigraçãopt_BR
dc.subjectSeismic tomographyen
dc.subjectCRS stacken
dc.subjectConventional NMO stacken
dc.subjectVelocity modelen
dc.subjectImagingen
dc.subjectMigrationen
dc.titleNIP-tomografia usando método CRS e dados sísmicos marinhospt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentInstituto de Geociênciaspt_BR
dc.publisher.initialsUFPApt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIASpt_BR
dc.contributor.advisor1LEITE, Lourenildo Williame Barbosa-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/8588738536047617pt_BR
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/8864508659333709pt_BR
dc.description.resumoEste trabalho constou da aplicação das técnicas de processamento, inversão e imageamento em profundidade de dado sintético Marmousoft e do real Jequitinhonha obtido na plataforma continental oriental atlântica brasileira do Estado da Bahia. Foram aplicados os métodos de empilhamento NMO convencional e CRS, e a técnica de inversão NIP-tomográfica aos dadoscitados. Com o empilhamento NMO foram obtidos os mapas de distribuição de velocidades RMS e intervalar através da análise de velocidade no mapa de coerência semblance. Com os resultados obtidos do empilhamento CRS de ambos os dados foi realizada a marcação dos eventos de reflexão para a obtenção dos parâmetros do campo de onda, através de análise de medida de coerência nos dados sísmicos de multicobertura, que serviram de entrada para a inversão NIP-tomográfica para se obter um modelo suavizado de velocidade. Posteriormente foi obtido uma seção migrada em profundidade pelo método Kirchhoff. Os resultados aqui apresentados foram utilizados para analizar criticamente as técnicas estudadas, comparando o empilhamento CRS com o empilhamento NMO convencional. Além disso, avaliar a evolução da qualidade visual das seções resultantes CRS e NMO através da continuidade dos eventos traço-a-traço e da relação sinal/ruído, analisar diferenças e melhoras no modelo de velocidade obtido pela NIP-tomografia A migração Kirchhoff em profundidade pré-empilhamento foi aplicada para realizar interpretações geológicas e promover melhores condições de processamento e imageamento.pt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Geofísicapt_BR
dc.subject.areadeconcentracaoMÉTODOS SÍSMICOSpt_BR
dc.description.affiliationSEDUC/PA - Secretaria de Estado de Educaçãopt_BR
Appears in Collections:Dissertações em Geofísica (Mestrado) - CPGF/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_NIPTomografiaMetodoCRS.pdf57,32 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons