Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/11473
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 30-Jan-2019
metadata.dc.creator: BORGES, Kleiton de Sousa
metadata.dc.description.affiliation: UFPA - Universidade Federal do Pará
metadata.dc.contributor.advisor1: SILVA, Walkyria Alydia Grahl Passos Magno e
Title: Aprendizagem de Língua Inglesa mediada por sítios: uma atividade promovida em um centro de autoacesso
Citation: BORGES, Kleiton de Souza. Aprendizagem de língua inglesa mediada por sítios: uma atividade promovida em um centro de autoacesso. Orientadora: Walkyria Magno e Silva. 2018. 137 f. Dissertação (Mestrado) - Programa de Pós-Graduação em Letras, Instituto de Letras e Comunicação, Universidade Federal do Pará, Belém, 2018. Disponível em: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/11473. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: Os estudos da Linguística Aplicada (LA) na área de ensino e aprendizagem de línguas têm sido conduzidos de forma interdisciplinar. Uma das vertentes desses estudos está na investigação sobre a autonomia na aprendizagem de línguas com o intuito de compreender como este processo é instigado em aprendentes a partir de situações de aprendizagem diversas. As novas tecnologias, como a Aprendizagem de Língua Mediada por Computador (CALL) e as Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) são ferramentas que podem estimular o desenvolvimento desta autonomia. Essas ferramentas estão presentes em instituições de ensino e no cotidiano de professores e alunos, possibilitando, assim, uma aprendizagem de língua estrangeira (LE) de forma eficaz (LEFFA, 2006; OLIVEIRA, 2012; ANDRADE, 2014; ARAÚJO, 2017). As TIC são também utilizadas em centros de autoacesso (CAA) para o fomento da autonomia de aprendentes de línguas nestes espaços (GARDNER; MILLER, 1999; BARRS, 2010; MAGNO E SILVA, 2014; MYNARD, 2016). Este trabalho teve como objetivo geral compreender de que maneiras as atividades mediadas por computadores, por meio de sítios, poderiam influenciar a aprendizagem de língua inglesa de alunos que frequentam e participam das atividades da Base de Apoio à Aprendizagem Autônoma (BA3), um CAA situado na Faculdade de Letras Estrangeiras Modernas (FALEM) da Universidade Federal do Pará (UFPA). Foi realizado um estudo de caso de abordagem quanti-qualitativa com observação e aplicação de questionários on-line. Os resultados evidenciaram que sítios de aprendizagem de língua inglesa influenciaram positivamente no desenvolvimento de autonomia dos participantes, pois eles passaram a utilizar esses sítios por conta própria para a prática das habilidades linguísticas de escuta, de leitura e da fala do inglês. Verificou-se ainda que a boa apresentação do layout e os tipos de atividades desses sítios eram itens importantes para que os aprendentes os utilizassem.
Abstract: The Applied Linguistics (AL) studies in the area of teaching and learning languages have been conducted in an interdisciplinary way. One of the themes of these studies is the research on autonomy in language learning in order to understand how this process is instigated in learners from diverse learning situations. New technologies, as Computer Assisted Language Learning (CALL) and Information and Communication Technologies (ICT) are tools that can stimulate the development of this autonomy. These tools are present in educational institutions and in the daily life of teachers and students, enabling learning of a foreign language (FL) in an effective way (LEFFA, 2006; OLIVEIRA, 2012; ANDRADE, 2014; ARAÚJO, 2017). ICT is also used in self-access centers (SAC) in order to foster the autonomous studies of language learners in these spaces (GARDNER; MILLER, 1999; BARRS, 2010; MAGNO E SILVA, 2014; MYNARD, 2016). This work aimed to understand in what ways the activities mediated by computers, through sites, could influence the English language learning of students who attend and participate in activities at Base de Apoio à Aprendizagem Autônoma (BA3), a self-access center located at the Faculdade de Letras Estrangeiras Modernas (FALEM) of the Federal University of Pará (UFPA). A case study was conducted employing a quanti-qualitative approach with observation and application of on-line questionnaires. The results showed that English language learning sites influenced positively the development of participants' autonomy, since they began to use these sites on their own to practice by listening, reading and speaking English. It was also found that the good layout and the types of activities of these sites were important items which led learners to use them.
Keywords: Autonomia
Centros de autoacesso
metadata.dc.subject.areadeconcentracao: ESTUDOS LINGUÍSTICOS
metadata.dc.subject.linhadepesquisa: ENSINO-APRENDIZAGEM DE LÍNGUAS E CULTURAS: MODELOS E AÇÕES
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS::LINGUAS CLASSICAS
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Letras e Comunicação
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Letras
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Dissertações em Letras (Mestrado) - PPGL/ILC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_AprendizagemLinguaInglesa.pdf1,11 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons