Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/11480
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 25-Jun-1992
metadata.dc.creator: BATISTA, Ana Maria Nunes
metadata.dc.contributor.advisor1: TRUCKENBRODT, Werner Hermann Walter
Title: Caracterização paleoambiental dos sedimentos Códo-Grajaú, Bacia de São Luis (MA)
metadata.dc.description.sponsorship: CNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
Citation: BATISTA, Ana Maria Nunes. Caracterização paleoambiental dos sedimentos Códo-Grajaú, Bacia de São Luis (MA). Orientador: Werner Truckenbrodt. 1992. 104 f. Dissertação (Mestrado em Geologia e Geoquímica) – Centro de Geociências, Universidade Federal do Pará, Belém, 1992. Disponível em: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/11480. Acesso em: .
metadata.dc.description.resumo: Os sedimentos Codó-Grajaú, de idade neo-aptiana, integram um sistema deposicional do tipo flúvio-deltaico-lacustre com breves invasões marinhas. Este pacote sedimentar, constituído principalmente por folhelhos betuminosos, carbonatos, arenitos e conglomerados, se acumulou na Bacia de São Luis (Norte do Estado do Maranhão) durante sua formação inicial. A partir da análise de testemunhos, efetuada em quatro poços, dez litofácies foram individualizadas e assim denominadas: conglomerado polimítico (Cgp), conglomerado intraformacional com estratificação cruzada (Cgx), brecha intraformacional maciça (Bm), arenito com estratificação cruzada (Ax), arenito com climbing-ripples (Ac), siltito argiloso bioturbado (Sb), folhelho e siltito intercalados (FS), folhelho negro (Fn), folhelho com laminação ondulada-rugosa (Fo) e folhelhos com cores diferenciadas (Fd). Estas litofácies, agrupadas em cinco associações genéticas, indicam a presença dos seguintes paleoambientes: (1) leque aluvial, (2) planície-deltalca, (3) lobo de suspensão, (4) lacustre e (5) lagunar. O sistema Codó-Grajaú se desenvolveu, provavelmente, não muito longe da linha costeira marinha, sendo sugerida esta situação paleogeográfica pela presença de polens do gênero Classopollis sp., associados a cistos de dinoflagelados e carapaças quitinosas de foraminíferos na parte inferior da Formação Codó. A influência marinha, na parte inferior da formação Codó, é também confirmada pelo aparecimento de holotúrios e equinoídes. A assembléia polínica (classopollis sp., Araucariacites sp. e Afropollis sp.), a presença de esmectita nos folhelhos e de calcrete sugerem que o clima predominante durante a deposição dos sedimentos Codó-Grajaú tenha sido do tipo semi-árido.
Keywords: Sedimentologia
Geologia estratigráfica
Bacia de São Luís (Grajaú, MA)
metadata.dc.subject.areadeconcentracao: GEOLOGIA
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Geociências
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Geologia e Geoquímica
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Dissertações em Geologia e Geoquímica (Mestrado) - PPGG/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_CaracterizacaoPaleoambientalSedimentos.pdf249,35 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons