Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/11511
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 3-Mar-2011
metadata.dc.creator: FERREIRA, Ana Tayla Rodrigues
metadata.dc.contributor.advisor1: LAMARÃO, Claudio Nery
Title: Geologia, petrografia e geoquímica das rochas vulcânicas da área Sul de São Félix do Xingu (PA), Província Carajás
metadata.dc.description.sponsorship: CNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
Citation: FERREIRA, Ana Tayla Rodrigues. Geologia, petrografia e geoquímica das rochas vulcânicas da área Sul de São Félix do Xingu (PA), Província Carajás. Orientador: Claudio Nery Lamarão. 2011. 82 f. Dissertação (Mestrado em Geologia e Geoquímica) – Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Belém, 2011. Disponível em: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/11511. Acesso em: .
metadata.dc.description.resumo: As rochas vulcânicas da área sul de São Félix do Xingu, centro-sul do Estado do Pará, estão inseridas no contexto geológico da Província Geocronológica Amazônia Central, sudeste do Cráton Amazônico. Estas rochas são dominantemente relacionadas à Formação Sobreiro, e muito subordinadamente à Formação Santa Rosa, ambas pertencentes ao Paleoproterozóico Grupo Uatumã. A Formação Sobreiro é encontrada em áreas de relevo arrasado levemente colinoso de cotas inferiores a 300m. Na área em questão, as poucas ocorrências da Formação Santa Rosa também não ultrapassam altitudes de 300m. Três fácies distintas da Formação Sobreiro foram identificadas: 1-Fácies de fluxo de lavas subaérea de composição subalcalina, constitui a fácies dominante da área estudada; 2-Fácies de fluxo de lavas subaérea de composição cálcio-alcalina a shoshonítica; 3-Fácies vulcanoclástica subaérea. Todas as ocorrências da Formação Santa Rosa foram enquadradas em uma única fácies denominada, fácies de fluxo de lavas subaérea. As rochas vulcânicas da Formação Sobreiro são individualizadas em um amplo espectro de litotipos petrográficos: 1-plagioclásio-anfibólio andesito basáltico microporfirítico; 2-plagioclásio-clinopiroxênio-anfibólio andesito microporfirítico a porfirítico e 3-plagioclásio-anfibólio andesito microporfirítico; 4-feldspato potássico-plagioclásio-clinopiroxênio traquiandesito porfirítico, 5-feldspato potássicoplagioclásio-anfibólio traquiandesito microporfirítico a porfirítico, 6-plagioclásio-anfibólio traquiandesito microporfirítico, 7-anfibólio-feldspato potássico-plagioclásio traquiandesito porfirítico, 8-plagioclásio-feldspato potássico-anfibólio traquiandesito microporfirítico a porfirítico, 9-anfibólio-feldspato potássico-palgioclásio traquito porfirítico e 10-plagioclásiofeldspato potássico traquito porfirítico (Fácies 1); 11-plagioclásio-anfibólio-clinopiroxênio traquiandesito cálcio-alcalino a shoshonítico porfirítico, 12-anfibólio-feldspato potássicoplagioclásio traquiandesito cálcio-alcalino a shoshonítico microporfirítico a porfirítico, 13-feldspato potássico-plagioclásio-anfibólio traquiandesito cálcio-alcalino a shoshonítico porfirítico e 14-anfibólio-feldspato potássico-plagioclásio traquito cálcio-alcalino a shoshonítico (Fácies 2); 15-tufos de cristais félsicos, 16-lapili-tufos de cristais máficos e, 17-brechas polimíticas (Fácies 3). Os litotipos da Formação Santa Rosa variam de plagioclásiofeldspato potássico-quartzo riolitos a feldspato potássico-quartzo riolitos. Os dados geoquímicos dessas rochas mostram que a Formação Sobreiro variam com conteúdos de SiO2 entre 52,14 e 69,21% e razões K2O/Na2O entre 0,16 e 1,62. Enquanto os vulcanitos da Formação São Rosa formam uma série evoluída com teores de SiO2 entre 72,27 e 77,14% e razões K2O/Na2O entre 1,50 e 2,12. A Formação Sobreiro tem caráter essencialmente cálcio-alcalino discretamente transicional cálcio-alcalino a shoshonítico, tem composição metaluminosa a fracamente peraluminosa e assinatura tectônica de ambiente de arco vulcânico. A Formação Santa Rosa tem composição peraluminosa a fracamente metaluminosa e assinatura tipo A, com afinidade tectônica intraplaca. Estudos comparativos das rochas vulcânicas da área sul, margem leste da segunda grande volta do Rio Xingu, com as rochas vulcânicas da área oeste/sudoeste, margem oeste, mostram perfeitas correlações das Formações Sobreiro e Santa Rosa em ambas as áreas e indicam continuidade lateral dessas unidades.
Abstract: The volcanic rocks of south area of São Félix do Xingu, center-south of the Pará State, are inserted in the geologic context of the geocronologic Amazonia Central Province, southeastern of the Amazonian craton. These rocks are dominantly related to the Sobreiro Formation, and subordinate to the Santa Rosa Formation, both belonging to the paleoproterozoico Uatumã group. The Sobreiro Formation is found in lightly hilly and broken topography, with lower levels of 300m. In the study area, the few occurrences of the Santa Rosa Formation also do not exceed levels of 300m. Three distinct facies of the Sobreiro Formation had been identified: 1- Subaerial Lava flow of subalcalina composition facies, this it constitutes the dominant facies of the studied area; 2- Subaerial lava flow of calc-alkaline to shoshonitic composition facies; and, 3- Subaerial volcaniclastic facies. All described samples of the Santa Rosa Formation had been fit in simple facies called, Subaerial lava flow facies. The volcanic rocks of the Sobreiro Formation are individualizaded in wide specter of petrographic lithotype: 1-plagioclase-amphibole microporphyritic-basaltic andesite, 2-plagioclase-clinopyroxene-amphibole-microporphyritic to porphyritic andesite, 3-plagioclase-amphibole-microporphyritic andesite, 4-K-feldspar-plagioclase-clinopyroxeneporphyritic traquiandesite, 5-K-feldspar-plagioclase-amphibole-microporphyritic to porphyritic traquiandesite, 6-plagioclase-amphibole-microporphyritic traquiandesite, 7-amphibole-porphyritic traquiandesite, 8-plagioclase-K-feldspar-amphibole-microporphyritic to porphyritic traquiandesite, 9-amphibole-K-feldspar-plagioclase-porphyritic traquite, and 10-plagioclase-K-feldspar-porphyritic traquite (Facies 1); 11-calc-alkaline to shoshonitic plagioclase-amphibole-clinopyroxene-porphyritic traquiandesite, 12-calc-alkaline to shoshonitic amphibole-K-feldspar-plagioclase-microporphyritic to porphyritic traquiandesite, 13-calc-alkaline to shoshonitic K-feldspar-plagioclase-amphibole-porphyritic traquiandesite, and 14-calc-alkaline to shoshonitic amphibole-K-feldspar-plagioclase-porphyritic traquite (Facies 2); Felsic crystal tuffs, Mafic crystal lapili-tufos and polymictic breccias (Facies 3). The lithotypes of the Santa Rosa Formation vary of plagioclase-K-feldspart-quartz rhyolites to K-feldspart-quartz rhyolites. The geochemical data of these rocks show that the Sobreiro Formation have contents of SiO2 between 52,14 and 69,21% (wt) and K2O/Na2O ration between 0,16 and 1,62. On the other hand, the volcanites of the Santa Rosa Formation form a evolved series with contents of SiO2 between 72,27 and 77,14% (wt) and K2O/Na2O ratios between 1,50 and 2,12. The Sobreiro Formation is main calc-alkaline weakly transitional calcalkaline to shoshonitic magmatic serie, has metaluminous to weakly peraluminous composition and tectonic signature of volcanic arc environment. The Santa Rosa Formation has peraluminous to weakly metaluminous composition and A-type signature with intraplate tectonic affinity. Comparative studies of the volcanic rocks of the south area, edge east of the second great curve of the Xingu River, with the volcanic rocks of the west/southwestern area, edge west, shows to perfect correlations of the Sobreiro and Santa Rosa Formations in both the areas and indicates lateral continuity of these units.
Keywords: Rochas vulcânicas
Geoquímica
Petrologia
Fácies (Geologia)
Serra dos Carajás - PA
São Félix do Xingu - PA
metadata.dc.subject.areadeconcentracao: GEOQUÍMICA E PETROLOGIA
metadata.dc.subject.linhadepesquisa: PETROLOGIA E EVOLUÇÃO CRUSTAL
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Geociências
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Geologia e Geoquímica
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Dissertações em Geologia e Geoquímica (Mestrado) - PPGG/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_GeologiaPetrografiaGeoquimicaRochas.pdf11,33 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons