Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/11525
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 4-Aug-1987
metadata.dc.creator: CORDEIRO, Cleise Alves
metadata.dc.contributor.advisor1: FENZL, Norbert
Title: Estudo da salinização no Estuário do Rio Pará no trecho Belém-Mosqueiro
metadata.dc.description.sponsorship: CNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
Citation: CORDEIRO, Cleise Alves. Estudo da salinização no Estuário do Rio Pará no trecho Belém-Mosqueiro. Orientador: Norbert Fenzl. 1987. 109 f. Dissertação (Mestrado em Geologia e Geoquímica) – Centro de Geociências, Universidade Federal do Pará, Belém, 1987. Disponível em: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/11525. Acesso em: .
metadata.dc.description.resumo: Este trabalho, primeiro levantamento hidrogeoquímico sistemático das águas que compõs o estuário do Rio Pará, foi realizado num trecho de aproximadamente 40 Km ao longo do canal Sul do estuário do rio Pará em três pontos e amostragem periódica (Mosqueiro-Icoaraci-Belém). As amostragens foram realizadas durante um ciclo hidrológico completo (março, maio, agosto e novembro de 1985 e janeiro de 1986). na área de estudo, oram realizadas determinações físico-químicas, coletas de amostras de água para análises químicas, análise quantitativa e qualitativa dos sedimentos em suspensão e determinação da matéria orgânica nestes. Além disso foram levantados os dados da precipitação pluviométrica regional e as medidas de vazão do rio Guamá, um dos principais aportes de água doce na área estudada. Os resultados analíticos mostram que as concentrações elevadas, sobretudo de cl-, Na+ e Mg++ na época da estiagem, provenientes de águas oceânicas modificam temporariamente as características físico-químicas e hidrogeoquímicas das águas. O comportamento da condutividade nas três estações estudadas mostra que o processo de intrusão marinha avança preferencialmente em canais nas camadas inferiores da massa de água fluvial. Os argilominerais detectados: caulinita, ilita, montmorilonita e clorita, refletem a composição mineralógica dos solos amazônicos, e sua capacidade de troca iônica não afeta diretamente as características químicas das águas estuarinas. Foi observada uma modificação da composição mineralógica dos sedimentos em suspensão e sua capacidade de troca em função do ciclo de salinização.
Keywords: Geoquímica
Química da água
Rio Pará - PA
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Geociências
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Geologia e Geoquímica
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Dissertações em Geologia e Geoquímica (Mestrado) - PPGG/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_EstudoSalinizacaoEstuario.pdf214,77 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons