Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/11536
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 31-Aug-2018
metadata.dc.creator: BARROS, Jeanne Barros de
metadata.dc.description.affiliation: PARFOR - Plano Nacional de Formação de Professor
metadata.dc.contributor.advisor1: FACUNDES, Sidney da Silva
Title: Para a língua voltar: o papel da política e cultura linguística no processo de fortalecimento da Língua Apurinã (Aruák)
Citation: BARROS, Jeanne Barros de. Para a língua voltar: o papel da política e cultura linguística no processo de fortalecimento da língua apurinã. Orientador: Sidney da Silva Facundes. 2018. 154 f. Dissertação (Mestrado) - Programa de Pós-Graduação em Letras, Instituto de Letras e Comunicação, Universidade Federal do Pará, Belém, 2018. Disponível em: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/11536. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: Esta pesquisa tem o objetivo de fazer um levantamento da situação atual de ensino na língua Apurinã (Aruák) e analisar e descrever aspectos da política e cultura linguística Apurinã em seu processo de fortalecimento. Há quase 30 anos a língua Apurinã vem sendo documentada e descrita, desses trabalhos foi possível iniciar ações para o fortalecimento da língua nas comunidades. Tais iniciativas envolveram a produção de materiais didáticos produzidos em coautoria com falantes da língua Apurinã. O presente trabalho tem os professores indígenas Apurinã como principais participantes. Busca atualizar informações acerca do ensino da língua no contexto escolar, uma vez que a escola e a escrita na língua são consideradas, pelos professores e representantes das comunidades indígenas Apurinã, instrumentos importantes no processo de fortalecimento e manutenção linguística. Investigamos, também, no contexto escolar, aspectos da política linguística (usos e escolhas linguísticas) e da cultura linguística (ideologias e crenças) determinantes ao processo de fortalecimento linguístico por estarem associadas a concepções e atitudes em relação aos processos de mudança linguística, manutenção e ensino ou não ensino de línguas. Os procedimentos metodológicos utilizados compreendem o levantamento bibliográfico sobre estudos da Política Linguística e da Cultura Linguística e suas relações com o fortalecimento linguístico. Consideramos ainda estudos a respeito das Políticas Linguísticas voltadas aos povos indígenas brasileiros, assim como os sentidos e representações da escrita nos processos de escolarização indígena, e, finalmente, análise dos dados coletados em viagem de campo nos meses de março e setembro de 2017. Este trabalho reúne, portanto, informações relativas às iniciativas de fortalecimento da língua em contexto escolar, reflexões sobre as escolhas linguísticas e ideológicas do povo Apurinã e como tudo isso pode beneficiar as iniciativas de fortalecimento e manutenção da língua Apurinã reivindicadas por seu povo.
Abstract: This research aims to survey the current state of the art of language teaching in Apurinã (Arawak), and to describe and analyze the main aspects of the Apurinã language policy and culture in its strengthening process. For almost 30 years the Apurinã language has been documented and described, a work which made possible some actions for the strengthening of the language in the communities. These initiatives involved the production of pedagogical materials co-authored with speakers of the Apurinã language and linguists. The present work has the Apurinã indigenous teachers as main sources of information. It seeks to update information about language teaching in the school context, since the school and writing in the language are considered by these teachers, as well as but representatives of the Apurinã Indigenous communities, as important tools in the process of language strengthening and maintenance. We also investigate, in the school context, aspects of language policy (uses, linguistic choices) and linguistic culture (ideologies and beliefs) that are determinant to the process of linguistic strengthening as they correlate with conceptions and attitudes towards the processes of language change, teaching or non-teaching of languages. The methodological procedures used include the literature review on studies of Linguistic Policy and Linguistic Culture and its relations with language strengthening. We also consider studies on Linguistic Policies directed at Brazilian Indigenous peoples, the meanings and representations of writing in the processes of Indigenous schooling and analysis of data collected in field trips in the months of March and September of 2017. This work therefore brings together information on initiatives to strengthen the language in a school context, reflections on the linguistic and ideological choices that the Apurinã people make and how they can benefit the initiatives of strengthening and maintenance of the Apurinã language by its people.
Keywords: Linguística
Língua apurinã
metadata.dc.subject.areadeconcentracao: ESTUDOS LINGUÍSTICOS
metadata.dc.subject.linhadepesquisa: ANÁLISE, DESCRIÇÃO E DOCUMENTAÇÃO DAS LÍNGUAS NATURAIS
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA::LINGUISTICA APLICADA
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Letras e Comunicação
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Letras
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Dissertações em Letras (Mestrado) - PPGL/ILC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_ParaLinguaVoltar.pdf2,01 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons